2016 provou a necessidade de ter um reserva capacitado para Gronk, tight Ends

2016 provou a necessidade de ter um reserva capacitado para Gronk

A temporada de 2016 chegou ao fim. Ao lado dela, aprendemos muitas coisas, sendo uma delas a convicção de que os Patriots necessitam ter um bom reserva para Gronk.

2016 provou a necessidade de ter um reserva capacitado para Gronk

Infelizmente, ninguém pode ter 100% de certeza que Gronkowski jogará uma temporada toda sem se machucar. As lesões fazem parte da carreira dele desde que estava na Universidade.

Em 2013, quando ficou fora de grande parte da temporada, os Patriots não tinham um TE recebedor reserva. Michael Hoomanawanui servia essencialmente para bloqueios. O jogo aéreo, que tinha sua principal arma um tight end, ficou anêmico por completo nessa posição.

Em 2014, um Gronkowski saudável no fim da temporada ajudou os Patriots a conquistarem seu quarto anel.

Na temporada de 2015, Gronk lidou com uma lesão na reta final do ano. Sem ele 100%, os Pats não passaram dos Broncos, mesmo com Rob tentando de tudo um pouco. Seu reserva, Scott Chandler, foi de esperança a decepção total.

Martellus Bennett foi chave para a conquista em 2016

Passadas uma semana do Super Bowl, já conseguimos fazer uma análise mais fria da importância de cada jogador na conquista do quinto anel.

Portanto, podemos afirmar para você que Bennett foi vital. Ele fez os Patriots não sentirem tanta falta de Gronkowski, diferentemente dos últimos anos, como você viu.

Com a presença de Martellus, os Pats conseguiram manter um tight end recebedor no game plan. Mais do que isso, New England conseguiu levar muito perigo aos seus adversários com o TE.

Não é por menos que Bennett liderou o time em recepções para touchdown, conseguindo a melhor marca de sua carreira (7).

Para 2017, não é certeza que teremos Martellus no elenco. Ele é free agent irrestrito, ou seja, poderá se transferir para qualquer outra equipe.

Seria ótimo poder contar com ele. Porém, o jogador se valorizou bastante, e talvez esteja querendo receber mais do que Belichick queira oferecer. Antes da temporada começar, Bennett rejeitou uma oferta de $7 milhões por ano. Passada a temporada, o lado emocional poderá contar, já que Martellus se identificou muito com os Pats.

Torcemos muito para que ele fique. Caso não, precisaremos trazer outro tight end, seja por free agency, troca ou Draft. A certeza é de que um bom reserva para Gronkowski teremos que ter.

Deixe uma resposta