5 impressões sobre o Pittsburgh Steelers

Está se aproximando o dia do jogo! Domingo, os Pats receberão o Pittsburgh Steelers, e disputarão sua sexta final seguida da AFC. Neste ano, esperamos um resultado melhor do que o do ano passado.

5 impressões sobre o Pittsburgh Steelers

1 – Como disse Belichick: “muita água passou por debaixo da ponte” desde o jogo da semana 7

Para começar, o quarterback titular do Pittsburgh Steelers foi Landry Jones, já que Ben Roethlisberger estava lesionado. Além deste enorme fator, o OT Marcus Gilbert também não jogou. Jogadores como Bud Dupree, James Harrison e Sean Davis assumiram um papel muito maior do que aquele na semana 7.

No lado dos Patriots, a partida marcou a estreia do CB Eric Rowe como titular. Logan Ryan, que vinha em má fase, teve participação reduzida. O LB Jamie Collins foi titular, enquanto o DE Trey Flowers foi o que menos jogou da posição. LB Kyle Van Noy ainda nem estava no time e o TE Rob Gronkowski ainda estava saudável.

2 – Os Patriots precisarão de muita ajuda para parar o RB Le’Veon Bell

Na semana 7, Bell correu para 81 jardas, além de conseguir 68 pelo ar. Como percebido, New England não fez um bom trabalho contra ele, cedendo 149 jardas de scrimmage. Porém, apenas dois times limitaram Bell a menos de 130 jardas no ano, os Dolphins e os Ravens.

A defesa dos Patriots é muito melhor do que a da semana 7, contudo, a qualidade do oponente não vem importando muito para Le’Veon. Por exemplo, ele correu bem contra os Giants, um dos melhores times contra o jogo terrestre.

3 – New England também precisará parar Antonio Brown

Contra os Chiefs, Big Ben lançou para 224 jardas, sendo que 108 foram para Brown. O TE Jesse James também foi bem, recebendo 83 jardas. Todavia, tirando Brown e Bell, os Steelers não têm recebedores muito confiáveis. Então, se New England conseguir, pelo menos, diminuir a produção do WR, dificultará muito a vida de Pittsburgh.

Antonio conseguiu 119 jardas de scrimmage contra os Pats na semana 7, o que foi seu quinto melhor jogo da temporada. Os Pats, geralmente, colocam Butler para cobrir Brown, só que isso não vem dando muito certo, vide jogo de abertura da temporada passada. Esperamos que dessa vez, Malcolm se saia melhor.

4 – Tom Brady domina as defesas de Pittsburgh

Em 11 jogos contra os Steelers na sua carreira, Tom Brady detém o recorde 9-2. Ele completou 69.3% dos passes para 3,418 jardas (média de 8.2 por passe completo), 26 touchdowns e 3 interceptações. Seu passer rating de 113.7 é o melhor de sua carreira contra uma franquia.

A defesa dos Steelers é a pior contra o WR #1 do time adversário e apenas a 19ª contra running backs. Portanto, tudo indica que Julian Edelman e os RBs terão um bom domingo.

5 – Patriots ou Steelers são figurinhas carimbadas na final da AFC

Das últimas 16 temporadas, 14 tiveram os Patriots ou Steelers na final da conferência americana. Destas 14 vezes, 11 os Pats estiveram. As únicas exceções que não tiveram New England ou Pittsburgh foi em 2002 e 2009.

Confira a lista:

2001: Patriots at Steelers
2002: Titans at Raiders
2003: Colts at Patriots
2004: Patriots at Steelers
2005: Steelers at Broncos
2006: Patriots at Colts
2007: Chargers at Patriots
2008: Ravens at Steelers
2009: Jets at Colts
2010: Jets at Steelers
2011: Ravens at Patriots
2012: Ravens at Patriots
2013: Patriots at Broncos
2014: Colts at Patriots
2015: Patriots at Broncos
2016: Steelers at Patriots

Acompanhe o Patriotas no twitter!

Deixe uma resposta