OL dos Patriots não deverá passar por mudanças na offseasonOL dos Patriots não deverá passar por mudanças na offseason linha ofensiva

Análise do Elenco: Linha Ofensiva

No último texto desta série que analisou todo elenco dos Patriots, posição por posição, Adam Bogdan analisou a linha ofensiva. Veja:

Análise do Elenco: Linha Ofensiva

Offensive Tackle

Assinar com Marcus Cannon, a fênix que renasceu com Dante Scarnecchia durante a temporada passada, mostrou ser uma grande jogada, já que ele demandaria um grande contrato na free agency. Ter feito isto deixa a posição de RT tranquila por enquanto. O problema está no left tackle, Nate Solder entra no último ano de seu contrato e poucos rumores vieram sobre uma extensão. Sem substituto no elenco, a posição de LT deve receber atenção, seja estendendo com Solder ou “draftando” um futuro substituto.

Nate Solder

Solder tem sido um sólido protetor do blind side de Tom Brady. Depois de superar seu câncer e o de seu filho, ele voltou a ter boas atuações ano passado. Uma possibilidade com ele, que foi divulgada nas mídias sociais, seria ele acertar uma extensão em que baixasse seu cap hit e ficasse em New England. Mesmo não tendo ocorrido até o momento, faria sentido pensando na situação da posição.

Marcus Cannon

Que história, Cannon foi de bode expiatório ao melhor protetor do GOAT. Marcus mudou sua carreira na última temporada, finalmente saudável, perdendo peso, e com a volta de Scarnecchia, ele se tornou sua melhor versão. Para muitos, o melhor OL Patriota na última temporada, Cannon pode manter isso com desenvolvimento contínuo.

Cameron Fleming

Fleming ou me impressiona ou me faz balançar a cabeça negativamente. De tempos em tempos ele tem grandes jogos, abrindo espaços como um sexto homem ou substituindo Solder e Cannon. Outras vezes ele é humilhado por um defensive end. Sem a adição de outro tackle, Fleming deve continuar neste papel, desde que mantenha seu bom jogo.

LaAdrian Waddle

Waddle esteve ativo para apenas dois jogos na última temporada, está é a parte ruim. A parte otimista é que ele terá apenas 26 anos quando a temporada começar, com experiência como titular e saudável. Ele pode não parecer grande coisa visto a mostra que tivemos, mas ele pode ter boa ação nesta pré-temporada e ganhar o papel de reserva.

Offensive Guard

Os Patriots possuem o mesmo número de guards que de receivers no elenco, isto significa algo. Belichick parece amar desenvolver OLs interiores versáteis, que podem jogar nos dois lados. A idade da posição também é única, com Mason com 23 anos e Baker, o mais velho aos 26 anos. Thuney e Mason são duas estrelas em crescimento e com um segundo ano inteiro juntos de Scarnecchia, devem fazer um excelente papel.

Joe Thuney

Após começar o ano com certa desconfiança, Thuney fez ótimo trabalho de início, e com o passar da temporada, seu grande trabalho foi um pouco ofuscado, seja por as defesas aprenderem a atacá-lo ou por seu condicionamento. Muitas penalidades de holding baixaram o nível de uma excelente temporada feita pelo rookie. Uma offseason inteira deve o ajudar a arrumar estas falhas e manter seu desenvolvimento.

Shaq Mason

Outro jogador que tem melhorado com o passar de sua carreira. Ainda mal no bloqueio do passe, não há bloqueador de corrida no elenco melhor que Mason. Sua força, jogo de pés e agilidade, o ajudam a jogar os defensores no chão. Com mais um ano junto de Scar, ele deve melhorar seus bloqueios para o passe, depois de passar o college inteiro jogando em função da corrida.

Ted Karras

Os Patriots amam jogadores de linha versáteis e eles mantiveram Karras justamente por isso. Tendo treinado como center e como guard nos dois lados, ele parece ser o OL de interior versátil mais capacitado entrando na temporada.

Chris Barker

Um jogador que esteve no practice squad e elenco ativo Patriota constantemente desde 2013. É claro que o que ele traz ao time é valorizado, porém ele teve apenas 6 partidas no elenco ativo. Ele como algo diferente de um jogador de emergência é difícil de se imaginar.

Jamil Douglas

Escolhido no 4º round pelos Dolphins, mesmo sem uma posição clara, Douglas foi cortado depois de um ano em Miami e chegou ao practice squad dos Pats. Como um guard largo, ele pode chegar a um papel de reserva com Scarnecchia, mas projetar ele em um papel importante, não parece possível no momento.

Chase Farris

Outro lineman versátil, que jogou como tackle no college, mas se encaixa no que os Patriots procuram em seus guards. Levando em conta que ele tem apenas 24 anos e custa quase nada, manter ele no practice squad faria muito sentido.

Center

Andrews terá 25 anos nesta temporada, entrando no ano final de seu contrato. Ele é RFA, o que significa que os Patriots terão uma válvula de escape se quiserem mantê-lo. Com Karras sendo o center reserva no momento, draftar um dos versáteis centers deste draft para competir por posição faria sentido.

David Andrews

O único center de verdade do time, Andrews recebeu grandes elogios de Brady. David ganhou a confiança do maior de todos e comandou a linha na última temporada. Após se tornar titular como UDFA, Andrews surpreendeu muitos e fez uma sólida segunda temporada. Ano que vem David será RFA, o que dá controle aos Patriots em relação ao seu futuro, porém a comissão pode procurar por alguém no draft para competir.


Termino assim a série de análises dos jogadores do elenco atual. Para conferir todas, só escolher a posição abaixo:
• Tight Ends e Fullbacks
• Linebackers
• Quarterbacks e Special Teams
• Secundária
• Linha de Defesa
• Running Backs
• Wide Receivers

Você pode me seguir no twitter no @patriotsinform e ver mais matérias minhas, em inglês aqui.

Deixe uma resposta