Análise: Patriots x Broncos

Na reedição da última final da AFC, o New England Patriots visitou os Broncos em Denver, lugar que não traz as melhores memórias para os torcedores dos Patriotas.

Desta vez, no entanto, os Patriots conseguiram se vingar pelas derrotas da última temporada, em uma partida em que as defesas ditaram o ritmo.

Análise: Patriots x Broncos

Ataque

O ataque dos Patriots começou muito mal a partida contra os Broncos. No centro de tudo, o péssimo início de jogo de Tom Brady.

Brady errou os 6 primeiros passes tentados, terminando o primeiro tempo com apenas 50% de acerto de passes. Trata-se de marca muito abaixo do que costuma apresentar.

Devemos reconhecer os méritos da defesa dos Broncos pelos problemas apresentados pelo nosso ataque. Trata-se de uma das melhores defesas da liga, a melhor contra o passe.

Mesmo com dificuldades, os Patriots conseguiram incorporar um objetivo muito valorizado por Bill Belichick, o “complementary football”.

O equilíbrio foi marcante, e os Patriots praticamente dividiram seus snaps ofensivos entre passes e corridas. Se em 2015 não conseguimos nada correndo com a bola, em 2016 a história foi diferente.

Liderados por Dion Lewis e uma ótima partida da linha ofensiva, os Patriots totalizaram 136 jardas terrestres. Lewis bateu o recorde de sua carreira em jardas em um jogo, alcançando 95 em 18 corridas.

O jogo aéreo sofreu, mas em alguns momentos decisivos Brady conseguiu completar passes difíceis que garantiram first downs importantes. Seu alvo preferido foi Julian Edelman, que entrou em campo mostrando que os Broncos estavam engasgados em sua garganta.

Com exceção de Edelman, os wide receivers foram praticamente invisíveis, e Hogan e Mitchell tiveram apenas 1 recepção cada.

Além de ter conseguido ditar o ritmo no jogo terrestre, a linha ofensiva dos Patriots fez uma excelente partida protegendo Tom Brady, diferentemente do pesadelo que foi a última visita a Denver.

Se em 2015 Von Miller destruiu o plano ofensivo de New England, no último domingo ele foi completamente dominado por Marcus Cannon, que faz de longe sua melhor temporada nos Patriots.

Miller conseguiu apenas 4 tackles, não obtendo nenhum sack ou quarterback hit.

Patriots x Broncos
Dion Lewis liderou o ataque terrestre dos Patriots.

Defesa

Após a boa partida contra o Baltimore Ravens, a questão que se colocava sobre a defesa era se ela manteria a evolução ou se voltaria a sofrer para conseguir parar os adversários.

Pela segunda semana seguida a defesa foi dominante. Os Broncos foram limitados a míseros 3 pontos, não pontuando após o 1º quarto.

Em algumas oportunidades, principalmente no primeiro tempo, a defesa cedeu drives longos. No entanto, como é a tônica dessa temporada, ergueu o muro na redzone e não permitiu que a equipe de Denver anotasse touchdowns.

Tudo começou no front 7. Os Broncos tentaram correr com a bola mas não encontraram espaços, tendo sido limitados a 58 jardas terrestres na partida.

Além de parar corridas, o front dos Patriots mostrou grande qualidade no pass rush, principalmente com Malcom Brown, Jabaal Sheard e Trey Flowers.

Sheard mostrou que continua evoluindo, não merecendo mais as críticas sofridas até a metade da temporada. Já Flowers foi responsável por 2 sacks, chegando a 7 na temporada, líder dos Patriots nesse quesito.

A secundária fez mais uma partida sólida, limitando a dupla Demaryius Thomas e Emmanuel Sanders.

Malcolm Butler cedeu apenas 1 recepção em bolas lançadas em sua direção, fazendo de Sanders quase um fator nulo na partida.

Logan Ryan também fez um bom papel contra Thomas, sendo o responsável pela interceptação dos Patriots no primeiro tempo.

Patriots x Broncos
Logan Ryan se antecipa a Emmanuel Sanders para interceptar Trevor Siemian.

Times especiais

A dupla Stephen Gostkowski e Ryan Allen contribuiu bastante para o triunfo contra os Broncos.

Gostkowski acertou os 3 field goals que tentou. Já Allen facilitou bastante o trabalho da defesa, garantindo com seus punts que os Patriots dominassem por boa parte do jogo a posição de campo.

Destaques

Marcus Cannon: dominou completamente Von Miller.

Dion Lewis: 18 corridas para 95 jardas.

Trey Flowers: 2 sacks.

Julian Edelman: 6 recepções para 75 jardas

Patriots x Broncos
Marcus Cannon foi um monstro, dominando completamente Von Miller.

First Downs: 20 (6 corridas / 11 passes / 3 faltas) | Terceira Descida: 5/17 (29%) | Total de Jardas de Scrimmage: 313 (136 correndo / 177 passando) | Faltas: 4 (30 jardas) | Touchdowns: 1 (1 correndo / 0 passando / 0 retorno) | Field Goal: 3-3 (100%) | RedZone: 1/2 (50%) | Pontuação Final: 16 pontos | Tempo de Posse: 33:36 min.

Patriots x Broncos
Trey Flowers conseguiu seu 7º sack na temporada.

Com a vitória, os Patriots garantiram o título da AFC Leste pelo 8º ano consecutivo, um recorde na NFL. Além disso, o 2º lugar geral da AFC já está garantido, juntamente com a folga na primeira rodada dos playoffs.

Na reta final da temporada regular, os Patriots encaram dois rivais de divisão: Jets e Dolphins.

No próximo domingo, no último jogo da temporada regular no Gillette Stadium, os Pats recebem os já eliminados Jets para tentar garantir a melhor campanha da AFC.

Tratemos mais detalhes da vitória contra os Broncos no Podcast Patriotas, aguardem!

Deixe uma resposta