Análise: Patriots x Dolphins

No último jogo da temporada regular, os Patriots viajaram até Miami para enfrentar os Dolphins, tentando mudar o mau retrospecto recente na Flórida e garantir a melhor campanha da AFC.

Em uma partida quase perfeita do ataque e de altos e baixos da defesa, New England conseguiu a vitória e consequentemente a seed #1 da AFC.

Análise: Patriots x Dolphins

Ataque

O ataque dos Patriots confirmou a evolução que vem demonstrando neste final de temporada. Não podemos negar que os Dolphins estavam desfalcados na defesa, mas o que se viu no ataque dos Pats foi uma verdadeira máquina operando.

Tudo começa com Tom Brady.

Mais uma vez o quarterback dos Patriots beirou a perfeição, fatiando a defesa de Miami e marchando quase sem oposição rumo à endzone adversária.

Com os 3 touchdowns da partida, Brady chegou a 28 na temporada (em apenas 12 jogos) e termina sua participação na temporada regular com uma razão touchdowns/interceptações de 28/2, a melhor da história da NFL.

Mais uma vez a bola alcançou um grande número de recebedores diferentes. Contra Miami, Brady completou passes para 7 jogadores, reforçando o ponto de que é quase impossível marcar com atenção todos os jogadores desse ataque.

Seu principal alvo, como de costume, foi Julian Edelman.

A partida de Edelman foi excepcional. O wide receiver bateu seu recorde pessoal de jardas em uma partida com 151, passando das 1000 jardas na temporada.

O segundo recebedor com mais jardas na partida foi o recém-chegado Michael Floyd.

As 36 jardas conseguidas por Floyd na partida não enchem os olhos, mas o jogador vem aumentando sua participação, mostrando que está cada vez mais confortável nesse ataque.

Floyd se destacou por duas jogadas.

A primeira, seu touchdown. Encostado bem antes da endzone, Floyd arrastou 4 jogadores dos Dolphins para cruzar o plano de gol. Que força!

A segunda não foi uma recepção, mas um bloqueio espetacular que permitiu a Edelman correr 77 jardas para anotar seu touchdown.

No jogo terrestre, Blount e Lewis mais uma vez dividiram a responsabilidade por carregar a bola. Com 51 e 48 jardas respectivamente, esse “monstro de 2 cabeças” tem sido responsável por deixar o ataque dos Patriots mais dinâmico, estabelecendo o jogo terrestre e aliviando a pressão sobre Brady.

Por fim, a despedida da temporada regular foi mais uma prova da evolução da linha ofensiva dos Patriots em 2016. A unidade é realmente sólida, tendo sucesso tanto no jogo terrestre quanto na proteção ao passe.

Com esse quarterback e esses recebedores, se a OL conseguir segurar a pressão, vai ser difícil acompanhar os Patriots no placar.

Patriots x Dolphins
Tom Brady terminou a temporada regular com 28 TDs e apenas 2 INTs.

Defesa

A defesa dos Patriots teve seu trabalho facilitado pela contusão de Ryan Tannehill. Assim, o quarterback adversário foi Matt Moore.

Foi uma boa apresentação da defesa por quase toda a partida.

Após um primeiro quarto quase perfeito, a defesa teve problemas no fim do segundo quarto e início do terceiro. Nesse período, Miami encontrou sucesso principalmente em rotas cruzadas e conseguiu anotar dois touchdowns que os deixaram a apenas uma posse de bola dos Patriots.

Após o 14º ponto de Miami, a defesa dos Patriots se reencontrou e não deu mais chances aos Dolphins.

Os turnovers continuaram aparecendo, desta vez com uma interceptação de Logan Ryan e um fumble forçado por Devin McCourty e recuperado por Shea McClellin.

Malcom Brown mais uma vez começou o jogo na reserva, dando lugar a Vincent Valentine nos primeiros drives defensivos. Aparentemente a punição de Bill Belichick ainda não acabou.

Brown ajudou a linha defensiva dos Patriots a limitar consideravelmente o jogo terrestre dos Dolphins.

Se a chave do jogo para os Patriots era parar o jogo terrestre com Jay Ajayi, a tarefa foi executada com sucesso. O time de Miami combinou para apenas 75 jardas terrestres, o que deslocou a responsabilidade pela vitória para as costas de Matt Moore.

Patriots x Dolphins
A defesa dos Patriots fez um ótimo trabalho limitando o jogo terrestre dos Dolphins.

Destaques

Tom Brady: 25/33, 276 jardas, 3 TDs.

Julian Edelman: 8 recepções, 151 jardas e 1 TD.

Trey Flowers: 5 tackles, 2 QB hits.

Devin McCourty: 7 tackles, 1 fumble forçado.

Patriots x Dolphins
Julian Edelman terminou a partida com 151 jardas, melhor marca de sua carreira.

First Downs: 22 (8 corridas / 12 passes / 2 faltas) | Terceira Descida: 7/12 (58%) | Total de Jardas de Scrimmage: 396 (120 correndo / 276 passando) | Faltas: 7 (64 jardas) | Touchdowns: 4 (1 correndo / 3 passando / 0 retorno) | Field Goal: 2-3 (66%) | RedZone: 3/4 (75%) | Pontuação Final: 35 pontos | Tempo de Posse: 31:22 min.

Patriots x Dolphins
We’re on to the playoffs!

A temporada regular chegou ao fim. Com a vitória, os Patriots garantiram a melhor campanha da AFC, assegurando o mando de campo nos Playoffs. O caminho da AFC para o Super Bowl passa pelo Gillette Stadium.

Com a folga no Wild-card Weekend, os Patriots terão duas semanas de preparo para o Divisional Round.

O adversário será Dolphins, Raiders ou Texans. Aguardemos o Wild-card neste fim de semana.

Chegou a hora da verdade, não há mais espaços para erros.

Esperamos que o bom nível mostrado pelos Patriots no final da temporada regular seja um indicativo do que está por vir.

Que venham os playoffs!

Deixe uma resposta