Análise: Patriots x Jets

Na despedida da temporada regular no Gillette Stadium, os Patriots receberam o já eliminado time dos Jets em busca da vitória que colocaria o time no rumo de garantir a seed #1 da AFC.

O equilíbrio normalmente visto quando essas equipes se enfrentam não deu as caras, e o jogo foi um verdadeiro massacre de New England, que venceu por 41 x 3.

Análise: Patriots x Jets

Ataque

Pela segunda semana consecutiva, o ataque de New England se mostrou quase impossível de ser parado. A combinação de passes e corridas foi demais para a defesa dos Jets.

Esse fato é impressionante ao se tratar do time de New York, já que nos acostumamos com confrontos em que era quase impossível correr contra eles.

Foram 211 jardas passadas e 114 terrestres, uma combinação que mostra que nosso ataque está se afinando no momento certo, às vésperas da pós-temporada.

Tom Brady teve mais um ótimo jogo. Se as jardas aéreas não foram espetaculares, Brady foi muito preciso, principalmente nos 3 touchdowns que lançou. O passe para o TD de James White foi uma pintura.

Nada menos que 9 jogadores diferentes de New England receberam passes. Isso mostra que onde quer que a defesa adversária concentre suas atenções, os Patriots possuem outros jogadores capazes de causar problemas.

Julian Edelman foi mais uma vez o principal recebedor dos Pats.

Interessante notar que em 2016 os Patriots estão conseguindo preservar mais Edelman, já que o elenco possui outros recebedores capazes de produzir. Assim, Minitron deve chegar nos playoffs mais descansado que em anos anteriores.

Michael Floyd fez sua estreia. Limitado nos snaps, o wide receiver conseguiu sua primeira recepção com a camisa dos Patriots em um passe lançado por Jimmy Garoppolo, que substituiu Brady no 4º período.

Não são apenas os wide receivers que estão se beneficiando de termos um elenco recheado. Quem também está sendo preservado com sucesso para os playoffs é o running back LeGarrette Blount.

Com a recuperação de Dion Lewis e a boa fase de James White, Blount tem tido seus snaps limitados. Nos dois últimos jogos, o running back foi mais utilizado no segundo tempo, enfrentando uma defesa já cansada.

Patriots x Jets
Tom Brady teve mais uma atuação que o credencia para o título de MVP da temporada.

Defesa

A defesa dos Patriots pela segunda semana consecutiva teve uma atuação que beirou a perfeição.

Para se ter uma ideia, os Jets completaram apenas 8 passes, foram 1/11 em 3ªs descidas e totalizaram 128 jardas aéreas e 3 pontos.

Mais uma vez foram apenas 3 pontos do adversário, solidificando a defesa dos Patriots como a melhor da NFL em termos de pontos cedidos.

Obviamente, devemos levar em consideração que não enfrentamos um ataque espetacular. Mesmo assim, por pior que seja um ataque na NFL, dificilmente ele é completamente anulado como ocorreu nas duas últimas semanas.

Finalmente, a nossa defesa parece ter reencontrado o caminho dos turnovers. Se na primeira metade da temporada era raro conseguirmos recuperar fumbles ou forçar interceptações, nos últimos jogos os turnovers têm sido frequentes, fato que anima diante da proximidade dos playoffs.

Malcolm Butler teve uma atuação que comprovou a injustiça de não ter sido selecionado para o Pro Bowl.

Foram 2 interceptações e um fumble recuperado, mostrando que Butler é um dos melhore corners da NFL em 2016.

Eric Rowe e Logan Ryan também foram muito bem, com Rowe sendo responsável por uma das três interceptações dos Patriots no jogo.

Com Dont’a Hightower fora por lesão, coube a Kyle Van Noy e Elandon Roberts o miolo da defesa.

Roberts ressurgiu após algumas partidas ruins, sendo responsável por 11 tackles e 1 fumble forçado.

Além dos turnovers, a defesa reaprendeu nas últimas semanas a pressionar os quarterbacks adversários.

Os 2 sacks contra os Jets não são suficientes para ilustrar a real pressão que nosso pass rush exerceu sobre Bryce Petty e Ryan Fitzpatrick neste último domingo. O front seven em nenhum momento deixou os quarterbacks dos Jets se sentirem confortáveis.

Patriots x Jets
Chris Long ajudou o pass rush dos Patriots a complicar a vida dos Jets.

Destaques

Tom Brady: 17/27, 214 jardas, 3 TDs.

Malcom Butler: 2 INTs, 1 fumble recuperado.

Elandon Roberts: 11 tackles, 1 fumble forçado.

Patriots x Jets
Malcom Butler não foi selecionado para o Pro-Bowl. Azar do Pro-Bowl.

First Downs: 21 (6 corridas / 12 passes / 3 faltas) | Terceira Descida: 11/18 (61%) | Total de Jardas de Scrimmage: 325 (114 correndo / 211 passando) | Faltas: 3 (20 jardas) | Touchdowns: 5 (2 correndo / 3 passando / 0 retorno) | Field Goal: 2-2 (100%) | RedZone: 4/6 (66%) | Pontuação Final: 41 pontos | Tempo de Posse: 34:43 min.

Patriots x Jets
LeGarrett Blount chegou ao 17º TD na temporada!

Mesmo a vitória não foi suficiente para garantir antecipadamente a seed #1 da AFC, uma vez que os Raiders venceram os Colts. Assim, os Patriots dependem apenas de si para conseguir o feito, basta vencerem os Dolphins na última rodada.

A equipe de Miami já está classificada para os playoffs, o que nos deixa a dúvida sobre com que seriedade eles irão encarar o jogo contra os Patriots.

Caso os Raiders não vençam os Broncos, os Patriots terão a melhor campanha da AFC mesmo que percam para os Dolphins.

A última partida da temporada regular é tudo que nos separa dos playoffs, a temporada está chegando no seu momento mais decisivo.

Que os Patriots mantenham essa ascensão e cheguem fortes na pós-temporada.

Go Pats!

Deixe uma resposta