Antonio Garcia OT Patriots Draft 2017

Antonio Garcia, o OT vindo do Draft

Em um draft onde parecia que Bill Belichick não queria selecionar ninguém, BB fez uma trade up no terceiro round para selecionar o Ofensive Tackle Antonio Garcia, da universidade de Troy.

Antonio Garcia, o OT vindo do Draft

Foi uma troca com o Detroit Lions, onde demos as nossas escolhas #96 e #200 para subir até a #85 e trazer o jogador para o elenco.

Informações gerais

Nome: Antonio Geovanni Garcia
Posição: Offensive Tackle
Universidade: Troy
Idade: 23 anos
Altura: 2 metros e 4 centímetros
Peso: 137 kgs

Resultados no Combine

40 jardas: 5.15 segundos
Supino: 24 repetições
Pulo Vertical: 31 polegadas
Shuttle: 4.94 segundos
3 Cones: 7.98 segundos

Primeiras impressões

Antonio Garcia estava projetado para o round 2 do draft 2017. Em uma classe considerada fraca de OLs pelos analistas, Garcia foi um dos poucos jogadores considerados como um bom prospecto.

Com braços longos, boa movimentação dos pés e agressividade nos bloqueios, o left tackle enfrentou bons DEs durante sua carreira universitária. Somente em 2016, Antonio não cedeu nenhum sack em 506 snaps jogados!

Alguns analistas o comparam com o OL David Bakhtiari, do Green Bay Packers, jogador que veio do quarto round em 2013 e conseguiu se tornar titular no primeiro ano, indo ao pro bowl na temporada passada.

Garcia nos Patriots

Como dissemos acima, Antonio estava projetado para o round 2 e termos conseguido trazer o jogador no terceiro round pode ser considerado como um steal. O site PFF o listou como um dos 6 melhores OTs deste ano.

A princípio, o jogador não virá para ser titular. Marcus Cannon e Nate Solder deverão continuar sendo os starters nas pontas da OL, mas Garcia tem tudo para ter uma primeira temporada de aprendizado, principalmente tendo Dante Scarnecchia como seu treinador.

A escolha de Antonio Garcia foi uma ótima decisão ao meu ver. Jogador de talento que veio para o futuro, já que a maioria dos nossos OTs terão que negociar contrato após esta temporada de 2017.

Nos últimos anos, vimos os Patriots trabalharem com OTs de forma parecida no seu ano de chegada na liga. Nate Solder e Cameron Fleming foram utilizados como um terceiro tackle nas formações jumbo, tendo assim uma noção melhor do jogo sem uma pressão de ser um OT que precisa proteger Brady já em seus primeiros jogos.

Essa é uma forma que podemos ver as atuações de Garcia nesta sua primeira temporada.


Nesta semana teremos o Podcast Patriotas falando sobre Antonio Garcia e todas as outras escolhas dos Patriots neste draft. Contamos com você!

Junte-se a 13 mil torcedores dos Patriots em nossa página do facebook!

One thought on “Antonio Garcia, o OT vindo do Draft

Deixe uma resposta