Patriots Jogo corrido

Belichick quer um jogo corrido menos previsível

Chegando cada vez mais perto do início da temporada 2017, sabemos que as mudanças ocorridas no elenco durante a offseason, principalmente entre os running backs, fazem com que tenhamos um novo ataque para se ver esse ano, ao menos no jogo corrido.

A troca foi em nosso running back principal. Saiu LeGarrette Blount, entraram Mike Gillislee e Rex Burkhead.

Os dois com Belichick investindo um dinheiro considerável em cada um e claramente optando por uma nova forma de jogar, ao invés de manter o estilo que estávamos tendo com Blount como running back principal.

Belichick quer um jogo corrido menos previsível

Este que era bastante previsível para a defesa adversaria se ajustar no down. Quando tínhamos Blount no backfield, o jogo terrestre era bastante provável. Para se ter ideia, Blount recebeu passes de Brady em apenas 2,5% dos snaps de toda a temporada 2016.

Já quando tínhamos James White e Dion Lewis em campo, as chances do RB receber a bola eram bem maiores. White por exemplo, tem uma media de 23% de passes recebidos por ano quando está em campo por New England.

E é isso que Belichick quer mudar para 2017. A chegada de Gillislee e, principalmente, Burkhead, faz com que essa leitura mude um pouco.

Como vimos no training camp, Gillislee deve ser o RB de primeiro down dos Patriots, devido à sua ótima potência terrestre já apresentada nos drills de goal line.

Mas o jogador também recebe bolas, não tanto como Rex Burkhead, mas sabe fazer o trabalho.

Rex será a maior incógnita para a defesa adversária, já que o RB mostrou boa capacidade em receber passes e também sabe trabalhar com as bolas na mão tentando espaços entre os gaps da OL. Então, com ele lá atrás, qualquer jogada poderá acontecer. Esse é o motivo da grana investida por BB nele.

Entrando nessa história tem Dion Lewis, outro jogador que se não tem tanto a característica de correr tradicionalmente, consegue com passes curtos para a lateral “dançar” e encontrar seus espaços pelo chão.


Sem dúvidas esse grupo de 2017 traz mais versatilidade e opções para Josh McDaniels enganar a defesa adversária em cada snap. Basta agora saber se será produtivo como o de 2016, já que com Blount atrás de Brady, tivemos o quinto melhor jogo corrido da liga, algo que não víamos há um bom tempo em New England.

Receba todas as notícias dos Patriots em tempo real e em português seguindo o nosso twitter.

Deixe uma resposta