Coletivas pós-jogo: Los Angeles Rams

Os Patriots conquistaram mais uma vitória em casa e, com a vitória dos Raiders, estão com a seed 2 da AFC. Confira o que Belichick e Brady falaram sobre a partida contra os Rams.

Coletivas pós-jogo: Los Angeles Rams

Bill Belichick

“Este foi um fim de semana diferente para nós, vimos os jogadores de 2001 e, juntando isso com uma boa performance contra os Rams em casa, foi bom. Tom bateu outro recorde hoje, e tudo é sobre vencer jogos. Lembrando agora daquela partida contra os Colts em 2001, muita coisa boa aconteceu. Tivemos um bom desempenho hoje, jogamos o tempo todo na frente do placar. Cuidamos bem da bola. Foi um bom matchup. É bom termos dez vitórias, e agora temos um grande desafio contra os Ravens. Tivemos uma boa semana de preparação e fomos competitivos durante o jogo todo.”

Sobre Brady manter o nível com 39 anos e após 201 vitórias:

“Tom faz o que sempre faz, se prepara muito dentro e fora de campo, física e mentalmente. Ele estuda bastante, sabe como planejar, conhece os oponentes e tem muita experiência. As vezes tem jogadores voando pra cima e ele consegue manter os olhos no fundo do campo, além de sentir bem o pocket. Não acho que você vence mais de 200 jogos somente fazendo algumas coisas direito. E ele faz muitas.”

Sobre a agressividade da defesa dos Rams:

“Eles têm uma boa defesa, principalmente pass rush, linebackers rápidos. Tem safeties grandes e bons cornerbacks. Conseguimos 27 pontos, não é terrível, mas deixamos alguns pontos no campo.”

Sobre o TD dos Rams no fim do jogo:

“Poderíamos ter jogado melhor, Kenny Britt fez uma boa jogada. Foi um bom passe, e fomos batidos por um double move.”

Sobre Gostkowski:

“Bom, até nos kickoffs. Ele nos deu boa chance de cobrir o campo com os retornadores.”

Tom Brady

Sobre ser o QB mais vencedor da história:

“Agradeço por todos os companheiros de time e coaches, minha família e amigos. Houve muito football durante estes anos, e isso tudo é sobre vencer jogos, tive a sorte de estar em grandes times.”

Sobre ser o único membro do time de 2001 ainda jogando:

“Vi alguns jogadores ontem a noite durante o jantar. Sou muito agradecido por essa oportunidade de jogar por tanto tempo. E sempre tenho algo aprender, mesmo com Jimmy ou Jacoby.”

Como foi adaptar o jogo sem Gronk:

“É uma grande perda não o ter em campo, mas continuaremos lutando. Temos vários outros jogadores que contribuem, e continuaremos jogando.”

Sobre o fraco desempenho em terceiras descidas:

“Não estávamos na mesma página, eu e os receivers precisamos estar. Algumas jogadas podemos executar melhor, então é frustrante quando você espera um desempenho melhor do que o executado. Temos que fazer melhor nosso trabalho.”

Deixe uma resposta