Texans

3 destaques e 3 desastres contra os Texans

Jogo dois da pré-temporada já é passado e portanto é hora de apontarmos quem foi destaque e quem foi desastre, nesta partida contra o Texans.

3 destaques e 3 desastres contra os Texans

Destaque: Running Backs

Como a ideia é só indicar 3 destaques, vou ter que apelar e mencionar o grupo de running backs com Burkhead, Lewis e Foster.

Rex Burkhead estreou com a camisa Patriota e provou ser verdade o que todos já falavam, sua versatilidade é muito boa. Rex atuou bem tanto correndo com a bola, quanto recebendo passes. Esta segunda função, aliás, vem sendo seu principal trunfo nos treinos, sendo que quando marcado por um linebacker (como foi no touchdown) é quase impossível de anulá-lo.

Dion Lewis novamente foi utilizado com o segundo grupo de jogadores e mostrou que está pronto para a temporada. Dion está cortando e explodindo sem nenhum problemas e fez isso e muito mais na partida.

DJ Foster vem fazendo com que sua presença seja cada vez mais solicitada no grupo final. Com dois jogos e dois touchdowns, Foster vem tendo uma preseason muito boa e se ficar de fora do elenco, não deve passar pelo waivers.

Destaque: Stephen Gostkowski – K

Grande jogo do nosso kicker que parece ter voltado aos trilhos. Gostkowski acertou todos os chutes que tentou, sendo 1 de +50 jardas.
Juntando essa apresentação com outras boas que estão sendo informadas dos treinos, Stephen parece ter deixado os meses assombrados para trás e voltado ao normal.
Fora os field goals, Gost manteve a boa atuação nos kickoffs, o que é de praxe.

Destaque: Stephon Gilmore – CB

Gilmore foi sólido em sua estreia e não deu nem oportunidades para Tom Savage procurar o receiver marcado por ele. Tanto que a maioria dos passes saiu para os recebedores que foram marcados por Butler.

Além de anular o seu recebedor, Gilmore foi presenteado com um fumble recuperado após o ótimo tackle de Chung, mas a jogada foi revertida.

Desastre: Malcolm Butler – CB

Noite para se esquecer de Butler em Houston. O jogador parecia estar enferrujado e reagindo lentamente aos cortes dos recebedores que tentou marcar.

Sofreu um passe de 37 jardas quando marcava Ellington e cedeu o touchdown para Jaelen Strong.

Desastre: Linha Ofensiva

Jimmy Garoppolo não teve sua melhor noite, mas novamente vimos o QB sofrer com as constantes pressões cedidas pelo back up da linha ofensiva. Tirando Ted Karras (que teve seu segundo bom jogo), o resto dos homens de bloqueio tiveram bastante problemas em identificar e bloquear o sempre forte front 7 de Houston.

Desastre: Justin Coleman – CB

Justin teve um jogo bem desatento. O jogador que possui chances, mesmo que pequenas, de conseguir uma vaga, não fez nada ao seu favor no sábado à noite.

De trombadas com o próprio companheiro Travis, que deram 33 jardas para os Texans, a não olhar para o punt que veio curto e atingiu sua mão gerando o fumble na jogada. Justin Coleman parecia sonolento no jogo.

Siga o Patriotas no Twitter para notícias em tempo real vindas dos Estados Unidos.

3 thoughts on “3 destaques e 3 desastres contra os Texans

  1. Eu fico impressionado é o quanto o Brissett é inferior ao Brady e ao Garopollo. Ja é possivel fazer uma analise sobre ele? Sera q ele realmente valeu a escolha de terceira rodada?

    Continuem com o belo trabalho NEPATRIOTAS! Estao de parabens!!!

  2. Eu gosto do Garopollo, mas ele as vezes segura demais o passe e toma o sack.
    Muitas vezes os números da nossa OL são inflados pelo Brady, que tem um sensor aranha e joga a bola fora pra não tomar pancada.
    Eu também tenho a impressão que o Brisset não está no nível da nfl.

Deixe uma resposta