Fique de Olho: Patriots x Texans

É hoje, Patriotas! Após duas semanas de descanso, os Patriots enfrentam o Houston Texans pelo Divisional Round, valendo vaga na final da AFC. Vejamos no que ficar de olho nesse time de Houston, que é diferente do que enfrentamos na semana três!

Fique de Olho: Patriots x Texans

ATAQUE

A principal diferença é a presença de Tom Brady em campo. Além de Brady, aparentemente teremos todos os receivers inteiros para a partida, e será uma briga interessante contra a 8a melhor secundária da NFL de acordo com o site PFF. Liderados pelo CB AJ Bouye, os Texans cedem uma média de 202 jardas aéreas por partida.

Um possível problema é que Blount esteve doente esta semana e perdeu dois treinos. Isso abre mais espaço para vermos Lewis e White em campo, tanto carregando quanto recebendo. O corpo de LBs de Houston é forte, mas não rápido o suficiente para dar conta dos dois RBs e Bennett.

Talvez a briga mais importante seja nas trincheiras, entre OL e DL. JJ Watt não estará em campo, mas JaDaveon Clowney e Whitney Mercilus estão fazendo uma grande temporada, precisaremos de um bom desempenho de Solder e cia.

Com boa parte do staff dos Texans sendo ex-Patriots, acredito que veremos bastante criatividade por parte do ataque, utilizando todas as armas possíveis.

DEFESA

Se eles têm a 8a melhor secundária, nós temos a 2a. Butler vem fazendo um ótimo ano, Rowe se encontrou na posição de CB 2 e Logan Ryan recuperou sua temporada no slot. Na semana três, Ryan cedeu apenas 56 jardas a DeAndre Hopkins e Butler não cedeu nenhuma recepção.

Houston precisará encaixar o jogo corrido se quiser ganhar, é ai que entram Branch, Brown e Valentine. Será uma briga grande contra Lamar Miller e Alfred Blue, que correram para uma média de 117 jardas por partida, 8a melhor marca da NFL. Um fato interessante é que os Patriots não cedem um TD corrido desde a semana oito.

Talvez o ponto crítico seja nossos LBs contra os TEs de Houston. Ryan Griffin e CJ Fiedorowicz têm produzido constantemente nas últimas partidas, e Van Noy, McClellin e Hightower sofrem um pouco na cobertura. Talvez Chung e Harmon consigam melhores resultados.

Outro ponto importante será a pressão em Brock, que vem numa sequência de quatro partidas sem interceptação, contra nossos DEs que resolveram acordar pra vida na segunda metade da temporada.


Fator interessante será o tempo, já que previsão para a partida é -2o Celsius com 60% de chance de nevar. Os Texans jogam num estado quente do sul e num estádio fechado. Então quanto mais frio, neve e vento tivermos, melhor.

Acompanhe nosso Abre o Jogo ao vivo pelo facebook a partir das 22:45!

Deixe uma resposta