Austin Carr jogadores mais utilizados na pré-temporada 2017

Jogadores mais utilizados até aqui na pré-temporada

Participar de muitos snaps na pré-temporada, significa normalmente que o jogador não é titular da equipe (para evitar lesões em jogos que não valem nada). Porém, significa também que dentre os não titulares, o jogador está sendo muito observado pela comissão técnica.

Jogadores mais utilizados até aqui na pré-temporada

Mais snaps no geral

O recebedor que abriu os olhos da torcida no jogo 1, Austin Carr, foi o jogador que mais participou de snaps nestas duas primeiras partidas. Carr esteve em 129 snaps, simplesmente 81% do total das jogadas do ataque dos Patriots.

Sua produção foi de 75 jardas em 8 recepções, fora o lindo pulo na endzone para anotar o touchdown contra o Jaguars. Obviamente, Austin foi também o jogador que mais atuou no ataque Patriota.

Mais snaps na defesa

A amostra de que a indecisão do corte na secundária é grande, vem quando olhamos os jogadores que mais tiveram snaps na defesa.

Cyrus Jones lidera a lista com 94 snaps, seguido de Coleman com vinte a menos (74)! Em terceiro, aparece o LB Harvey Langi com 73 e logo atrás com 72, o safety Jordan Richards. Sendo portanto, 3 jogadores da secundária entre os 4 que mais atuaram.

Mais snaps no Special Teams

Que este setor é importantíssimo para Belichick e que muitas vezes é o fator decisivo para BB, todos já sabemos.

Vamos então, olhar quem Bill mais colocou em campo, visando ter uma análise mais profunda de o quanto o jogador pode cooperar além de suas posições originais.

Harvey Langi é o líder de snaps no ST com 44. Aqui deixa mais do que claro que a comissão técnica está usando Harvey em tudo quanto é função para ter certeza do quanto o novato pode entregar.

O segundo é Kenny Moore com 41 snaps nos times especiais. Ele atuou em 33 da defesa.

Em terceiro, aparece um nome que já sabemos que Bill está de olho, Jordan Richards teve 40 snaps junto com os special teams.

Melhor aproveitamento no ataque

Com esses números em mãos, me bateu a curiosidade de saber quem no ataque, conseguiu melhor transformar cada momento em campo, em jardas para o time.

Austin Carr, que como vimos é quem mais ficou em campo, teve uma média de 0.58 jardas por snap jogado.

Porém, quando aplicamos a fórmula nos números do TE Jacob Hollister, temos uma média de 1.57 jardas produzidas por cada vez que alinhou com o ataque!

Destaque aqui também para James O’Shaughnessy, que apenas participando de 1 jogo, soube usar o momento e tem 1.2 jardas por snap participado.


Saber o que se passa na cabeça de Belichick é quase impossível, mas comparando a forma que ele está utilizando os jogadores com as performances produzidas por esses atletas, dá para se ter uma boa noção de quem BB está de olho ou não nesta pré-temporada.

Junte-se a mais de 13 mil Patriotas em nossa página do facebook.

Deixe uma resposta