Os números da vitória contra os Ravens

Em um jogo mais sofrido do que deveria ser, os Patriots venceram os Ravens por 30-23. Confira alguns números por trás desta grande vitória.

Os números da vitória contra os Ravens

3

3 é o número de safeties forçados pelos Pats na temporada, 2 de Hightower e 1 de Malcom Brown. Brown tackleou Dixon na endzone conseguindo a primeira pontuação da partida.

Ravens

14

Blount anotou mais um touchdown no jogo de segunda-feira e agora tem 14 na temporada. Ele empatou o recorde de TDs corridos dos Patriots em uma única temporada, que era de Curtis Martin, em 1995 e 1996.

1,029

Antes do MNF, Blount estava a 51 jardas de seu recorde de jardas corridas na carreira, foram 1,007 jardas em 2007 com os Bucs. Após o jogo, LG chegou a 1,029 jardas. Foram 72 jardas em 18 tentativas na partida.

Ravens

4

Foram apenas 4 tentativas de corrida por parte do ataque dos Ravens durante todo primeiro tempo, nestas 4 tentativas eles conseguiram 7 jardas e um safety sofrido.

35

Tucker havia chutado 35 field goals seguidos sem errar  antes do jogo de ontem. Esta sequência foi quebrada após McClellin pular a linha dos Ravens e bloquear o chute.

Ravens

442

Era dia 27 de Setembro de 2015, quando Devin McCourty interceptou seu último passe. Faziam 442 dias que McCourty não interceptava um passe, foi a 19ª interceptação de sua carreira na temporada regular.

6

No jogo de segunda, Edelman chegou a 406 recepções como patriota. São 6 a mais que Gronk e o 6° maior da história dos Patriots.

18

Demoraram 18 segundos para os Patriots transformarem uma vantagem de 20 pontos em 6 pontos. Foram 2 turnovers que deixaram Baltimore na redzone.

Ravens

496

Baltimore era a defesa que menos cedia jardas totais em toda NFL, com uma média de 296.1 por jogo. O oposto aconteceu contra os Pats, o ataque expôs a defesa dos Ravens para 496 jardas totais.

52

Brady entrou na partida 51-10 em dezembro. Com a vitória de segunda-feira, empatou com Brett Favre como os dois com mais vitória em dezembro.

Ravens

Deixe uma resposta