Linebackers dos Steelers: o sucesso através da mescla de idades

Os Steelers têm um elenco excelente, com bons jogadores em todos setores do campo, porém na defesa se destacam os linebackers.

Linebackers dos Steelers: o sucesso através da mescla de idades

Os Steelers têm um dos melhores grupos de linebackers de toda liga, com um esquema 3-4, Timmons, Harrison, Shazier e Dupree formam um setor fortíssimo.

Esses jogadores combinaram perfeitamente, sendo dois extremamente jovens e os outros mais velhos. Porém, com alguma rotação durante a temporada regular e com o bom preparo físico dos mais velhos, o setor chega fresco aos offs.

Como exemplo desta rotação na temporada regular, temos o jogo contra os Pats na semana 7 em que os snaps foram divididos por 7 linebackers. Lawrence Timmons jogou 95% dos snaps, Anthony Chickillo (58%), Jarvis Jones (58%), Ryan Shazier (56%), Vince Williams (44%), Arthur Moats (42%) e James Harrison (42%).

Já no divisional round contra os Chiefs, quase não houve rotação. Três dos quatro jogadores do setor jogaram todos snaps, sendo James Harrison o único com 95% de participação, Jarvis Jones entrou nestes 5% restantes.

Timmons é constantemente um dos melhores, Harrison também, Shazier melhorou muito nos últimos tempos e Dupree conseguiu se manter saudável pela primeira vez desde que foi draftado.

McDaniels falou sobre:

Esta mistura do grupo foi algo que o coordenador destacou, segundo ele, os mais velhos auxiliam demais na evolução de Shazier e Dupree.

“O grupo inteiro parece melhorar ao decorrer deste ano. Eles sempre possuíram este elemento dos mais experientes ajudarem os mais jovens a evoluírem, aprender o sistema e o sentido de se jogar naquele esquema montado lá. Eu acho que [Harrison e Dupree] são dois exemplos de caras de idades e experiências diferentes, mas que são físicos e muito bons contra a corrida, fazendo com que o jogo de passes seja mais utilizado. Assim eles assumem uma função de pressionar o QB, seja com força, velocidade ou os dois. Eles são ótimos para aquele esquema, a comissão de Pittsburgh sempre foi boa integrando jogadores velhos e novos, pois eles sabem o que procurar nos mais novos. Estes dois são baita exemplos do que os Steelers têm faz muito tempo e como eles desenvolvem estes garotos para caber perfeitamente no esquema.

Quem são?

Harrison já foi 1st team All Pro por duas vezes, além de possuir estrondosos 79.5 sacks na carreira como Steeler. Assim como grande linebacker, Harrison é um dos jogadores mais fortes da liga, o que o ajuda a manter a performance aos 38 anos.

Dupree é um segundoanista, mas perdeu 10 semanas desta temporada de 2016 com uma lesão no abdômen.

Shazier está em seu 3° ano com 39 partidas disputadas, já Timmons tem 10 temporadas e 171 partidas. Os Steelers encontraram o equilíbrio perfeito entre estrelas em ascensão e atletas consagrados.

A capacidade de gerar pressão pelo meio de Shazier e Timmons preocupa McDaniels, visto que os Pats sofreram com este tipo de pressão contra os Texans, outro grupo de linebackers forte.

Para chegar ao Super Bowl segurar estes homens é essencial, tudo sobre esta partida você acompanha aqui e em nossas redes sociais Facebook e Twitter.

Deixe uma resposta