Giants

Brissett dá show, mas Giants derrotam os Pats no encerramento da pré-temporada

Sem os principais jogadores em campo, o New England Patriots recebeu o New York Giants pela semana quatro da pré-temporada. Confira nosso resumo da partida.

Brissett dá show, mas Giants derrotam os Pats no encerramento da pré-temporada

1° quarto

Pela escalação inicial da defesa, já pudemos notar que Belichick não arriscaria uma lesão de um jogador importante novamente. Assim, os Pats começaram com os DLs Hamilton, Kilgo, Grissom, Usher; LBs Freeny, Ellis, Bates; CBs Cyrus, David Jones; Ss Moore e Travis.

O ataque também seguiu a linha da defesa, com só reservas em campo: QB Brissett; RB Daniels; WRs Washington, Carr; TEs O’Shaughnessy, Hollsiter; OL McDermott-Croston-Karras-Douglas-Waddle.

Como de praxe no último jogo, Belichick deu oportunidade a seus assistentes chamarem as jogadas. Na defesa, o técnico dos LBs, Brian Flores, foi o encarregado. Enquanto no ataque, Chad O’Shea (WR) foi o responsável.

No primeiro drive ofensivo, após receber a bola de um fumble forçado pelo S Damarius Travis, Jacoby Brissett conectou o WR Cody Hollister, que abriu o placar! 7 a 0 para os Pats.

Logo após o TD de New England, os Giants deram o troco, com o QB Geno Smith acertando um passe de 25 jardas e queimando a secundária. 7 a 7.

O jogo continuou quente, e New York conseguiu uma pick-six em cima de Jacoby Brissett e, assim, virou a partida. 14 a 7.

2° quarto

No início do segundo período, os Giants ampliaram a vantagem para dez pontos com um field goal.

Contudo, após um bom drive com passes de média distância para James O’Shaughnessy e Austin Carr, Brissett achou o WR na endzone, que marcou seu segundo touchdown nesta pré-temporada. 17 a 14.

Na metade do quarto, ao cobrir o wide receiver adversário, Cyrus Jones fixou a perna errado no gramado e desabou. Cyrus não conseguiu colocar peso na perna direita para se levantar, e foi ajudado pelo departamento médico para ser levado ao vestiário. O lance se assemelhou muito com o que tirou Julian Edelman da temporada. Ele não retornou à partida.

Após a lesão de Jones, o DT Woodrow Hamilton também sentiu e foi retirado de campo, mas voltou.

Depois dos timeouts para atender os jogadores machucados, os Giants entraram novamente na endzone dos Pats, desta vez, pelo chão. 24 a 14.

Na reta final do quarto, o FB Gleen Gronkowski cometeu um fumble, que viria a se tornar em mais sete pontos para NY. 31 a 14.

Ainda antes do fim do primeiro tempo, New York estendeu a vantagem com mais um field goal. 34 a 14.

3° quarto

Em trocas de posses na maior parte do quarto, os Pats só conseguiram engatar no fim.

Num bom drive de Jacoby Brissett, o segundoanista fugiu da pressão e achou o recebedor Devin Lucien no canto da endzone para os sete pontos! Pats 21 x 34 Giants.

4° quarto

No começo do último período, os Giants aumentaram a vantagem com outro FG, trazendo a liderança para 16 pontos.

Melhor em campo, Brissett continuou a mostra um ótimo desempenho e, com as pernas, pontuou para os Patriots! Touchdown! 37 a 28 para NY.

Em busca de mais uma virada, Brissett comandou New England a mais um TD. Desta vez, quem agarrou a bola para os sete pontos foi o TE Jacob Hollister! 37 a 35!

A defesa dos Patriots, enfim, apareceu no jogo e forçou o punt de New York. Com menos de dois minutos no relógio, Brissett entrou para tentar uma grande virada.

Jacoby não conseguiu levar o ataque muito longe, mas o suficiente para Stephen Gostkowski acertar o field goal de incríveis 55 jardas! Patriots 38 a 37!

Todavia, ainda tinham 40 segundos no relógio. Os Giants conseguiram avançar bem e posicionar seu kicker, que anotou o FG da vitória no estouro do cronômetro. Final: Patriots 38 x 40 Giants.

Brissett terminou o jogo com estatísticas maravilhosas: 361 jardas totais, 28/39, 5 TDs totais, 1 interceptação e um rating de 122.2.


Os Patriots encerraram a pré-temporada com um recorde de 1-3, sendo a única vitória contra o Detroit Lions.

Agora, o foco é total nos Chiefs, na abertura da temporada 2017, no dia da Independência do Brasil.

2 thoughts on “Brissett dá show, mas Giants derrotam os Pats no encerramento da pré-temporada

  1. Assim como os cornetados Freeny (desastroso como sempre) e Cyrus Jones (lesionado) o Brisset estava na minha lista e adorava fazer uma crítica sobre ele, mas tenho que admitir que ele teve uma bela atuação, sempre calmo, mostrando segurança nas jogadas. Com uma boa linha ofensiva e recebedores poderia ter feito mais.

    Expectativa a mil para ver o time em campo na próxima quinta feira.

Deixe uma resposta