O verdadeiro teste da defesa dos Patriots?

Durante a temporada toda, um grande ponto de interrogação ficou na cabeça dos torcedores sobre a defesa dos Patriots. Somos bons mesmo? Melhoramos mesmo? Ou os ataques que enfrentamos é que não foram explosivos o suficiente?

O verdadeiro teste da defesa dos Patriots?

Se olharmos para a reta final da temporada regular, vemos que os ataques que enfrentamos foram 32º, 11º, 29º, 25º, 19º, 11º e 27º na liga em pontos marcados.

Os QBs que jogaram do outro lado foram Kaepernick, Fitzpatrick, Goff, Flacco, Siemian, Petty e Moore.

Agora o buraco é mais embaixo, agora é final da AFC, e do outro lado, teremos o forte ataque de Pittsburgh que foi o quarto melhor na liga em pontos marcados na temporada regular.

E claro que falar desse ataque é falar do trio formado por Big Ben, Antonio Brown e Le’Veon Bell. Só esses 3 são problemas suficientes para qualquer defesa.

The Killer B’s

Bell e Brown são os melhores da NFL em suas posições, Big Ben, bom não é muito preciso falar de Roethlisberger, um quarterback incrível com 5 escolhas para o Pro Bowl e 2 Super Bowls em sua carreira.

Antonio e Le’Veon estão saudáveis e prontos para a guerra em New England, Big Ben apareceu após os jogos de playoffs com proteções no pé, mas quem conhece o quarterback, sabe que ele estará pronto.

Nossa defesa é muito boa parando o jogo corrido e vai precisar encontrar formas de anular as corridas vagarosas e potentes do RB.

No jogo de passes, precisaremos de um dia inspirado de Butler, que normalmente anula grandes recebedores mas sofre contra Antonio Brown.

A defesa dos Patriots deve ter bastante ajuda de um safety na marcação dupla com Malcolm, mas para isso teremos que ser incríveis protegendo o resto do campo.

Difícil mas não impossível

A defesa dos Patriots chega para esse jogo com números de gente grande, tendo em sua grande força os poucos pontos levados até aqui.

O grande problema que era ceder muitas jardas, também diminuiu, principalmente após a semana 10, os números ficaram muito bons.

Vimos também que contra o Chiefs, os Steelers sofreram para finalizar seus drives, tendo vencido o jogo sem anotar nenhum touchdown (foram 18 pontos vindos de field goals).

Esse é o ponto chave para a nossa defesa. Já somos fortes em ceder poucos pontos e se conseguirmos travar o ataque deles como aconteceu no último domingo, temos ótimas chances de pontuarmos com o nosso ataque, algo que sabemos fazer e muito bem e faltou para Kansas City.

Deixe uma resposta