5 coisas que sabemos sobre o QB Julian Edelman

Hoje os Patriots encaram os Texans no Gillette Stadium pela semana 3 da NFL. Mesmo o jogo tendo início em menos de 24 horas, uma situação ainda não foi definida. Quem será o reserva de Jacoby Brissett?

Jimmy Garoppolo, lesionou o ombro direito na última partida, e saber se ele estará disponível, pelo menos para reserva, é mais difícil do que acertar na loteria. Bill Belichick disse em entrevista ontem (21), que sua situação só será definida minutos antes do anúncio dos inativos para o confronto.

Caso Jimmy G não possa jogar, como os Patriots não trouxeram nenhum outro quarterback durante a semana, em uma situação emergencial, Julian Edelman assumirá o posto de QB. Inclusive, os Pats treinaram ao longo da semana o ataque comandado por Jules em algumas ocasiões.

Além do belíssimo passe nos playoffs de 2014, e que foi draftado no 7° round como quarterback, pouco conhecemos de Edelman lançando a bola. Por isso, preparamos 5 coisas que nós já sabemos e você precisa sobre o QB Julian Edelman.

5 coisas que sabemos sobre o QB Julian Edelman

1 – Ele era um quarterback estilo wildcat, já antes dessa formação ser conhecida:

O vídeo abaixo mostra Edelman treinando vários tipos de situações enquanto servia a Universidade de Kent State. O vídeo pode te dar uma noção do que os Patriots, provavelmente, trabalharam com ele durante a semana, para caso, por algum motivo, ele precise assumir o ataque.

2 – Quando ele teve que lançar na Universidade, não foi tão preciso:

Uma das coisas que os Patriots mais priorizam para um quarterback é sua precisão (60% geralmente é a média para “satisfazer”). Em três temporadas em Kent State, Julian teve uma porcentagem de passes completos de 55%, 52% e 56%. Porém, não há como negar sua resistência e capacidade de ganhar jardas pelo chão. Então, caso Edelman tenha que entrar hoje, não espere que o jogo aéreo predomine nas jogadas.

3 – Ele jogou muitas vezes de quarterback nos treinos dos Patriots até sua primeira aparição:

Em entrevista coletiva na última terça-feira (20), o head coach dos Texans, e ex-coordenador ofensivo de New England, Bill O’Brien, disse que tiveram várias ocasiões no passado que os Pats utilizaram Edelman de QB no training camp, quando estavam se preparando para enfrentar um time com um quarterback móvel. Isso não significa que ele vai estar totalmente preparado caso tenha que atuar, só sugere que pelo menos não vai começar “do zero”.

4 – Tirá-lo da função de recebedor irá criar um efeito dominó no ataque:

Antes de analisarmos este tópico, é importante lembrar que Edelman não vai passar o jogo na sideline para que se algo ocorra com Brissett, ele entre. Julian vai estar jogando como WR normalmente, e caso Jacoby se machuque, ele passará para quarterback. Uma analogia futebolística para isso é um zagueiro virar goleiro, quando o mesmo é expulso e o time já gastou todas substituições. Voltando agora ao tópico, é visível quanto piora o ataque do time sem Jules (15-10 sem ele em campo), e num jogo que a chave ofensiva são os passes rápidos e com slot players, a falta dele será mais sentida ainda.

5 – Lembra do passe para Amendola nos playoffs? Aquilo foi brilhante!

Está certo que foi apenas um passe, mas amigo, foi lindo de se ver! Jogo complicadíssimo contra os Ravens, perdendo por 7 pontos, e a jogada simplesmente deu uma moral gigante para equipe. Ao lado da interceptação de Malcolm Butler, o passe de Edelman para Dola foi um momento inesquecível da postseason. Sua presença em momentos decisivos também tem que ser destacada.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.