Análise: Patriots x Steelers

A final da AFC da temporada 2016 da NFL reuniu indiscutivelmente os dois melhores times da conferência, Patriots x Steelers. Duas franquias de peso duelando em busca da vaga no Super Bowl LI.

O equilíbrio esperado não se concretizou e os Patriots dominaram os Steelers no Gillette Stadium, vencendo por 36 x 17 e alcançando o 9º Super Bowl da história da franquia.

Análise: Patriots x Steelers

Ataque

O ataque dos Patriots foi simplesmente avassalador. Com raras exceções, os donos da casa não encontraram resistência por parte da defesa dos Steelers, como tem sido a tônica quando essas equipes se enfrentam.

O jogo terrestre dos Patriots não funcionou. Blount e Lewis não conseguiram produzir confira o front dos Steelers.

Mesmo assim, Blount merece destaque por uma corrida que levantou o Gillette. O running back dos Patriots foi encostado na linha de 10 jardas do campo dos Steelers e, com ajuda da linha ofensiva, conseguiu arrastar um grupo de defensores até a linha de 1 jarda.

Com a baixa produção do ataque terrestre, coube ao ataque aéreo de New England a responsabilidade de pontuar.

Tom Brady fez simplesmente sua melhor partida de final de conferência. Fatiando a defesa de Pittsburgh com maestria, Brady passou para 384 (recorde da franquia nos playoffs) jardas e 3 touchdowns.

A defesa dos Steelers simplesmente não tinha como parar o ataque dos Patriots.

Foram nada menos que 9 recebedores diferentes, o que mostra que quem quer que os Steelers marcassem, alguém conseguia liberdade para receber os passes.

Todos os recebedores contribuíram, mas Julian Edelman e Chris Hogan tiveram uma atuação estrelar.

Edelman conseguiu mais um jogo de playoff com mais de 100 jardas recebidas (118). Já Hogan foi um monstro, com 9 recepções para 180 (!!!) jardas e 2 touchdowns.

Pode-se dizer que Chris Hogan é a maior “deep threat” dos Patriots na posição de wide receiver desde Randy Moss.

A linha ofensiva não conseguiu ajudar Blount e Lewis no jogo terrestre. Porém, a proteção ao passe foi praticamente perfeita, e Brady quase não foi perturbado no pocket.

Nate Solder e Marcus Cannon tiveram atuações irretocáveis.

Patriots x Steelers
Tom Brady teve seu melhor desempenho da carreira em finais de conferência.

Defesa

Muito se falou, inclusive por nós do Patriotas, que a defesa dos Patriots enfrentaria seu maior teste da temporada, que ainda não havia medido forças contra um ataque poderoso como o dos Steelers.

Assim, no maior desafio até aqui, a defesa Patriota mostrou que tem condições de lutar contra os melhores.

O trabalho dos Patriots foi facilitado pela saída de Le’Veon Bell. O melhor jogador dos Steelers nestes playoffs saiu de campo ainda no 1º quarto com uma lesão na virilha, tornando o trabalho da nossa defesa menos difícil.

Sem Bell, DeAngelo Williams conseguiu algumas boas corridas, mas o time dos Steelers totalizou apenas 54 jardas terrestres.

Sem Bell, Antonio Brown era o principal problema para os Patriots.

Brown é espetacular, o que ajuda a entender o quão bom é Malcolm Butler. Foram apenas 77 jardas para Brown, e muitas delas em jogadas em que não estava sendo marcado por Butler.

Os outros cornerbacks também foram muito bem. Eric Rowe, que foi competente marcando Sammie Coates, chegou a desviar um passe na endzone para evitar o touchdown.

Em algumas campanhas os Patriots cederam muitas jardas aos Steelers (o que é absolutamente normal), mas levantaram o muro na redzone para forçar field gols ao invés de touchdowns.

Foram dois “stops” na linha do gol que levantaram o Gillette e demoliram os ânimos da equipe de Pittsburgh.

Além de anular o jogo terrestre, limitar Antonio Brown e levantar o muro na redzone, a defesa dos Patriots forçou dois turnovers, uma interceptação e um fumble recuperado.

Chamou a atenção o fato de Dont’a Hightower ter ficado fora do time em vários snaps defensivos. Não se sabe ao certo se Bill Belichick está preservando o linebacker por conta de alguma lesão. O fato é que se esperava que Hightower participasse mais do jogo.

Patriots x Steelers
A defesa dos Patriots levantou o muro na redzone.

Destaques

Tom Brady: 32/42, 384 jardas e 3 TDs.

Chris Hogan: 9 recepções para 180 jardas e 2 TDs.

Julian Edelman: 8 recepções para 118 jardas e 1 TD.

Defesa: bom jogo contra um dos melhores ataques da NFL.

Patriots x Steelers
Chris Hogan estava “on fire” na final da AFC.

First Downs: 26 (8 corridas / 17 passes / 1 faltas) | Terceira Descida: 11/17 (64%) | Total de Jardas de Scrimmage: 431 (57 correndo / 374 passando) | Faltas: 2 (10 jardas) | Touchdowns: 4 (1 correndo / 3 passando / 0 retorno) | Field Goal: 3-3 (100%) | RedZone: 3/5 (60%) | Pontuação Final: 36 pontos | Tempo de Posse: 31:26 min.

Patriots x Steelers
We’re on to the Super Bowl!

Com a vitória, o New England Patriots será o representante da AFC no Super Bowl LI, o 9º da história da franquia!

Pela frente, o poderosíssimo ataque do Atlanta Falcons. Matt Ryan, o provável MVP da temporada 2016 está voando, e sua sintonia com o excepcional Julio Jones está melhor que nunca.

O desafio será imenso, mas se tem alguém que pode desenhar um plano para limitar a máquina que é o ataque dos Falcons é Bill Belichick.

Deveremos presenciar um Super Bowl histórico.

Torcedor Patriota, chegamos à grande final. Apenas duas semanas nos separam do Super Bowl LI.

Que os Patriots consigam jogar no dia 05 de fevereiro tudo o que sabem. Seja qual for o resultado, sabemos que esse time jamais desiste e fará os Falcons suarem como nunca.

Nossa cobertura estará a pleno vapor e contamos com todos vocês nessa reta final!

We’re on to the Super Bowl!!!


Todas as imagens foram retiradas do site oficial dos Patriots.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.