Análise: Patriots x 49ers

Na volta de Tom Brady à sua terra natal, os Patriots visitaram os 49ers e, com sua torcida praticamente dividindo o estádio, alcançaram a 8ª vitória na temporada 2016.

O primeiro tempo contrariou as expectativas, e o jogo, muito também por conta da forte chuva, foi mais equilibrado do que o esperado. Após o intervalo, a equipe de New England encontrou seu ritmo e impôs sua superioridade.

Patriots x 49ers
A torcida dos Patriots foi numerosa e se fez ouvir no Levi’s Stadium.

Análise: Patriots x 49ers

Patriots x 49ers: Defesa

Hoje começaremos pela defesa, o principal foco de críticas e preocupações entre os torcedores nas últimas semanas.
O desempenho da unidade contra os 49ers não foi espetacular, mas pode-se dizer que a defesa evoluiu em relação às péssimas atuações das últimas semanas.

Inicialmente, cabe destacar que a defesa apresentou problemas mesmo quando conseguiu ser efetiva no pass rush, uma das principais deficiências da equipe em 2016.

Foram 5 sacks e várias jogadas em que Colin Kaepernick foi forçado a sair do pocket. Mesmo assim, com a pressão chegando no destino, vimos as falhas na cobertura que vinham se repetindo nos últimos jogos.

No primeiro tempo, Kaepernick, que comanda um dos piores ataques da NFL este ano, teve um passer rating perfeito. Foram 8-9, 116 jardas e 1 TD (rating de 158,3) no primeiro tempo. Isso diz muito sobre a má atuação da defesa antes do intervalo.

No segundo tempo a equipe conseguiu se encontrar. Continuou havendo pressão no pass rush, mas a cobertura voltou melhor do vestiário.

Resultado? Em todo o segundo tempo os Patriots cederam apenas 7 pontos, já no chamado “garbage time”, com o jogo já definido. Os números de Kaepernick no segundo tempo atestam a melhora: 8-21, 90 jardas e 1 TD (rating de 67,6).

Se não foi perfeita, a defesa pelo menos mostrou a capacidade de ajustes no intervalo que caracterizou o time de 2014, campeão do Super Bowl XLIX.

Na avaliação do Pro Football Focus, os três jogadores melhor avaliados dos Patriots foram da defesa: Logan Ryan (não, não foi erro de digitação), Alan Branch e Eric Rowe.

Ryan fez uma partida de recuperação, melhorando consideravelmente em relação às más atuações de ultimamente. Rowe tomou o lugar de Justin Coleman e, pela atuação do último domingo, mostrou que merece a terceira vaga de titular entre os corners.

Elandon Roberts, o queridinho das últimas semanas, foi mal contra os 49ers. Perdido na marcação, Roberts mostrou que não sabe fazer muito além de atacar o jogo terrestre. Para continuar no campo nas 3 descidas, o jogador precisa evoluir muito no jogo aéreo.

Como ainda é calouro, não há motivos para decretar que Roberts não conseguirá chegar em um bom nível.

Se Roberts foi mal, um linebacker estreante se destacou: Kyle Van Noy. Recém chegado, Van Noy foi bastante produtivo principalmetne pressionando Kaepernick, e se mostrou uma peça interessante para o futuro da defesa.

Finalmente, a defesa dos Patriots continua com uma dificuldade absurda de forçar turnovers. No domingo, os 49ers sofreram nada menos que 5 fumbles, nenhum deles recuperado pelos Patriots!

Se a defesa demorar a conseguir diminuir as jardas cedidas, terá que começar a roubar a bola, caso contrário teremos problemas para a pós-temporada.

Patriots x 49ers
A defesa está longe do ideal, mas mostrou evolução.

Patriots x 49ers: Ataque

O ataque dos Patriots teve um ótimo primeiro drive, que culminou com o touchdown de Julian Edelman. Depois dessa primeira pontuação, a equipe sofreu para avançar no restante do primeiro tempo.

Na volta do intervalo, assim como ocorreu com a defesa, os ajustes funcionaram e a equipe conseguiu ser efetiva tanto passando quanto correndo com a bola.

Brady continua voando. Foram 4 touchdowns lançados, dois deles em jogadas espetaculares. No primeiro, Brady conseguiu milagrosamente se livrar da pressão para achar Amendola no fundo da endzone. No outro, um verdadeiro míssil em uma janela de passe muito pequena que achou Malcom Mitchell.

Por falar em Mitchell, o calouro, que já vinha fazendo parte do ataque em termos de número de snaps, conseguiu pela primeira vez ser produtivo. Foram 4 recepções para 98 jardas e 1 touchdown, o primeiro de sua carreira.

Mitchell foi bastante elogiado por Brady depois do jogo, o que mostra que o rookie está no caminho certo para se tornar uma bela arma para o ataque dos Patriots.

Outro wide receiver de destaque foi Julian Edelman, que esteve fazendo jogadas por todas as partes do campo. Edelman somou 77 jardas e 1 touchdown em 8 recepções, e continua um dos alvos favoritos de Brady.

Sem Gronk, impossibilitado de viajar de avião por conta de um problema no peito/pulmões, Martellus Bennett foi o único tight end dos Patriots a participar do jogo.

Bennett foi discreto no jogo aéreo. Muito bem marcado pelos 49ers, o tight end anotou apenas 1 recepção para 14 jardas.

Por outro lado, “Martelão” ajudou bastante no jogo terrestre, com bloqueios essenciais para algumas das melhores corridas dos Patriots.

Falando em corridas, finalmente tivemos a estréia de Dion Lewis!

O running back não teve uma carga excessiva de snaps, mas quando tocou na bola vimos um Lewis muito ágil, driblando defensores como nos bons tempos da temporada 2015.

Imaginem esse ataque com Edelman, Hogan, Mitchell, Gronk, Bennett, Lewis, Blount…

LeGarrette Blount fez mais um ótimo jogo. Suas 124 jardas em 19 corridas serviram para engrossar uma estatística absurda dos Patriots: na era Bill Belichick, os Pats agora estão 45-1 quando possuem um corredor com pelo menos 100 jardas.

Se a linha ofensiva funcionou para as corridas, podemos dizer que não foi seu melhor dia na proteção para o passe. Mesmo com apenas 1 sack dos 49ers, Brady foi mais pressionado do que de costume.

Além disso, Nate Solder cometeu mais duas faltas de holding, o que está virando rotina nos jogos dos Patriots.

Patriots x 49ers
Julian Edelman, também natural da Califórnia, em ação.

Destaques Patriots x 49ers

Tom Brady: 24-40, 280 jardas e 4 TDs.

Malcom Mitchell: 4 recepções para 98 jardas e 1 TD.

Julian Edelman: 8 recepções para 77 jardas e 1 TD.

Patriots x 49ers
Malcom Mitchell conseguiu seu primeiro TD como profissional.

First Downs: 28 (9 corridas / 14 passes / 5 faltas) | Terceira Descida: 8/16 (50%) | Total de Jardas de Scrimmage: 444 (171 correndo / 273 passando) | Faltas: 5 (40 jardas) | Touchdowns: 4 (0 correndo / 4 passando / 0 retorno) | Field Goal: 1-1 (100%) | RedZone: 3/5 (60%) | Pontuação Final: 30 pontos | Tempo de Posse: 29:12 min.

Patriots x 49ers
Tom Brady: vitória em seu primeiro jogo na terra natal.

Na próxima semana, os Patriots visitarão o New York Jets. Nossos rivais estão passando por mais um ano turbulento, mas sabemos como jogos de divisão podem ser complicados independentemente da classificação das duas equipes.

A AFC Leste continua na mão dos Patriots. São 2 jogos de vantagem sobre o agora vice-líder Miami Dolphins.
Nesta quarta, no Podcast Patriotas, traremos mais análises e detalhes de Patriots x 49ers, não percam!

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.