Análise: Patriots x Jets

Precisamos esperar 11 semanas para o primeiro confronto da temporada dessa grande rivalidade entre Patriots x Jets.

Como de costume quando essas duas equipes se enfrentam, vimos um jogo bastante disputado, duro, e decidido apenas nas últimas campanhas.

Mais uma vez Brady foi imbatível no final, e os Patriots venceram por 22 x 17.

Análise: Patriots x Jets

Ataque

Quem achava que a fonte dos problemas que os Jets causavam a Tom Brady e os Patriots era Rex Ryan se enganou. Na segunda temporada após a saída do polêmico técnico, a equipe de New York continua atrapalhando a vida do ataque dos Patriots.

Quando se enfrenta os Jets e essa espetacular linha defensiva, é necessário encarar uma dura verdade: não se pode correr com a bola contra essa equipe.

Sheldon Richardson, Muhammad Wilkerson e o jovem e espetacular Leonard Williams dominaram completamente o confronto na linha de scrimmage. Com isso, os Patriots totalizaram apenas 91 jardas terrestres.

Então, como é usual contra os Jets, vimos Brady no shotgun na maior parte do confronto.

O quarterback dos Patriots espalhou bem a bola, acertando passes para 8 recebedores diferentes. Foram 30 passes certos de 50 (!!!) tentados para 286 jardas e 2 touchdowns.

O desempenho de Brady poderia ter sido melhor se não fossem dois fatores a atrapalhar o seu jogo.

O primeiro deles, o joelho. Sem treinar por parte da semana, Brady não conseguiu esconder que o joelho incomodava na hora do jogo. Com isso, sua mecânica de lançamento foi afetada, assim como sua mobilidade no pocket.

Sem conseguir plantar o pé de forma satisfatória, vimos vários “overthrows”. Por vezes os recebedores conseguiam pular e segurar, mas em outras oportunidades era impossível completar a recepção.

O segundo fator que limitou Brady foi a proteção. A linha ofensiva dos Patriots foi dominada pela DL dos Jets. Por vezes a pressão chegava em Brady em menos de dois segundos após o snap.

Mesmo com esses problemas, Brady manteve os Patriots no jogo e, como é sua marca, conseguiu orquestrar o drive da virada no final da partida. Não há melhor quarterback na NFL quando o jogo depende de um drive para ser decidido.

Malcolm Mitchell foi o destaque entre os wide receivers. Apesar de ter conseguido menos jardas recebidas que Edelman e Hogan, Mitchell foi fundamental na redzone, conseguindo bater Darrelle Revis em duas oportunidades para anotar seus touchdowns.

A evolução de Mitchell enche os torcedores de esperança.

Nossos running backs também se envolveram bastante no jogo aéreo. Dion Lewis mostrou que está em forma, e em várias ocasiões fez os defensores dos Jets terem problemas para acompanhar sua agilidade.

Por fim, os tight ends. Dúvida para o jogo, Rob Gronkowski foi escalado, mas em uma de suas primeiras participações na partida sentiu uma lesão nas costas, deixando o jogo para não mais retornar.

Com isso, Bennett passou a ser o único tight end ativado para o jogo. O “Martelão” foi discreto, apenas 3 recepções para 22 jardas.

Patriots x Jets
Não é todo dia que vemos Brady bloqueando para corridas de Blount.

Defesa

A cada semana procuramos motivos para animar os torcedores com a defesa. As raras boas jogadas acabam servindo como fio de esperança, e vamos adiando o encontro com a realidade de que a defesa dos Patriots de 2016 não é boa o suficiente.

Alguns dos piores quarterbacks da NFL têm dias de “hall of famer” quando enfrentam nossa defesa. Foi assim com Colin Kaepernick em boa parte do confronto da semana passada, foi assim com Ryan Fitzpatrick no domingo.

O líder da NFL em interceptações marchou à vontade rumo à endzone dos Patriots. Sem pressão alguma do pass rush, Fitz terminou a partida com 22/32 para 269 jardas e 2 touchdowns.

Sempre há a alegação de que “os Patriots continuam sofrendo poucos pontos”. Sim, é verdade. Após a semana 12, a defesa é a terceira da liga em pontos cedidos.

O fato é que, em 11 jogos, a defesa de New England ainda não se apresentou como digna de fazer do time candidato ao Super Bowl. Se Kaepernick e Fitz tiveram jogos excelentes contra nossa defesa, como seguraremos Big Ben e o ataque dos Steelers, por exemplo?

Malcolm Butler teve talvez seu pior jogo com a camisa dos Patriots. O cornerback permitiu recepções em todos os 6 passes lançados para jogadores sob sua marcação, cedendo 106 jardas e 2 touchdowns.

O pass rush regrediu depois da tímida evolução demonstrada no jogo contra os 49ers. Se naquela ocasião vimos um pouco de criatividade, com blitz de safeties e corners, contra os Jets testemunhamos a equipe abusar de mandar 3 jogadores para o pass rush que não chegavam nem perto de Fitzpatrick.

A exceção foi a boa jogada de Chris Long, conseguindo o strip sack que sacramentou a vitória.

Pensando nos playoffs, os Patriots têm a necessidade de encontrar formas de pressionar os quarterbacks adversários.

A boa notícia em relação à defesa foi a volta dos turnovers. Foram dois fumbles forçados, um por Malcolm Butler e o outro, que definiu a partida, por Chris Long.

Defesa que cede muitas jardas precisa forçar turnovers para ter qualquer chance de vitória contra as melhores equipes da liga.

Patriots x Jets
Butler e Hightower comemoram um dos raros turnovers forçados pela defesa em 2016.

Patriots x Jets: Destaques

Malcolm Mitchell: 5 recepções para 42 jardas e 2 TDs.

Julian Edelman: 8 recepções para 83 jardas.

Tom Brady: 30/50, 286 jardas e 2 TDs.

Patriots x Jets
Em seus dois touchdowns, Malcolm Mitchell bateu a marcação de Darrelle Revis.

O fato de sempre termos um Patriots x Jets duro de jogar não pode mascarar as deficiências do nosso time, principalmente defensivas.

A temporada regular se aproxima do fim e, ao contrário da maioria dos anos de Belichick/Brady nesta altura do campeonato, não percebemos o time no nível necessário para obter sucesso na pós-temporada.

Na próxima semana, os Patriots voltarão ao Gillette Stadium para receber o Los Angeles Rams. O time de LA tem apenas 4 vitórias na temporada e está em situação complicada, o que faz com que os Patriots tenham obrigação de vencer para manter as boas chances de conseguir a folga na primeira rodada dos playoffs.

Não percam o Podcast Patriotas desta quarta, onde detalharemos mais a partida entre Patriots x Jets.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.