Análise: Patriots x Panthers

O terceiro jogo da pré-temporada é o mais aguardado, já que é o amistoso em que os jogadores titulares ficam em campo por mais tempo. Este ano, o New England Patriots enfrentou o atual vice-campeão da NFL, o Carolina Panthers.

Os Patriots fizeram um belo jogo e venceram os Panthers por 19 x 17. Apesar de alguns pontos negativos, o jogo deixou os torcedores Patriotas com boas expectativas para a temporada que se aproxima.

Análise: Patriots x Panthers

ATAQUE

Tom Brady finalmente fez sua estreia nesta pré-temporada. O dono da camisa 12 entrou em campo após poucos snaps de Jimmy Garoppolo e mostrou que chega em 2016 querendo descontar nos adversários as injustiças que lhe foram impostas pelo comissário da liga.

Brady não acertou muitos passes, foram apenas 3/9. NO entanto, foram 3 passes que renderam 76 jardas, incluindo um lindo touchdown em um passe perfeito para Chris Hogan.

Apesar de ter sido bom ver Brady fazendo o que faz de melhor, não posso deixar de criticar a maneira como Bill Belichick administrou a situação dos quarterbacks na partida contra os Panthers.

Ainda no primeiro quatro, Belichick sacou Garoppolo e colocou Brady em campo, deixando com ele o comando do ataque por um bom tempo. Posteriormente, Jimmy voltou a campo.

A razão da discordância é que, se é urgente dar ritmo de jogo e entrosamento com os recebedores a Garoppolo, não há nenhuma necessidade de colocar Brady em campo agora. Qual a razão de dar ritmo de jogo a Brady se ele vai ficar as quatro primeiras semanas da temporada regular impossibilitado até de entrar nas dependências dos Patriots? De que adiantaram seus snaps nesse jogo se Tom apenas voltará a campo no dia 09 de outubro?

Cada snap confiado a Brady neste pré-temporada é uma oportunidade a menos para Garoppolo entrar em sintonia com seus recebedores.

Falando em Garoppolo, o quarterback fez seu pior jogo nesta offseason, conseguindo apenas 9/15 para 57 jardas. Jimmy G. lançou alguns passes bem ruins que por pouco não foram interceptados.

Por fim, o terceiro na linha sucessória, por assim dizer, Jacoby Brissett fez uma partida literalmente perfeita. Brissett acertou todos os 9 passes que tentou, somando 85 jardas e um touchdown.

Olhando agora para os recebedores, o jogo deixou mais uma vez a impressão de que Chris Hogan ajudará bastante os Patriots este ano. O wide receiver, que havia tido boas conexões com Garoppolo nos dois primeiros jogos, foi responsável pela jogada da partida ao receber um lindo passe para touchdown de Brady.

Outro que se destacou foi Aaron Dobson. Após duas apresentações ruins, Dobson finalmente conseguiu demonstrar em campo o bom desempenho que vinha tendo nos treinos.

Os running backs não conseguiram manter o rimo dos jogos contra Saints e Bears. LeGarrette Blount e Tyler Gaffney combinaram para apenas 61 jardas.

Sobre a linha ofensiva, a principal preocupação tem sido o fraco desempenho do left tackle Nate Solder nesses amistosos. Mais uma vez Solder sofreu, cedendo mais um sack. Foram 3 até agora nesta pré-temporada.

Talvez a má fase se deva a Solder não estar 100% recuperado da séria lesão que o tirou da temporada 2015, mas o fato é que o left tackle precisa melhorar bastante nessas duas semanas até a partida de estreia.

Para finalizar o ataque, um problema recorrente nesse início de 2016: as conversões de terceiras descidas.

Os Patriots foram bastante incompetentes nesse aspecto, e conseguiram converter apenas 1/13 tentativas, ou seja, 7%. Trata-se de uma taxa de conversão inadmissível, que torna quase impossível que a equipe saia de campo vencedora quando enfrentar os melhores times da liga.

Patriots x Panthers
Jimmy Garoppolo fez seu pior jogo nesta pré-temporada.

DEFESA

Se o terceiro jogo é o mais importante, o que mais permite medir o desempenho do time, os torcedores dos Patriots estão muito felizes com o que viram de sua defesa.

A defesa Patriota simplesmente anulou o ataque titular do Carolina Panthers. Para se ter uma ideia do quão dominante foi a performance, as primeiras 9 posses de bola de Cam Newton e companhia foram: punt (3 and out) – punt (3 and out) – interceptação – turnover on downs – interceptação – punt (3 and out) – interceptação – punt (3 and out) – punt (3 and out). Não se pode pedir mais que isso.

Coincidentemente as 3 interceptações foram de ex-alunos da Universidade de Rutgers: Logan Ryan, Devin McCourty e Duron Harmon.

Bill Belichick mais uma vez deixou Cyrus Jones como slot cornerback, e o calouro parece se sentir à vontade na posição. Além de ter jogado bem na defesa, Cyrus parece ter garantido a vaga de retornador titular. Contra os Panthers, o cornerback conseguiu um ótimo retorno de punt de 60 jardas.

É muito importante para os Patriots ter encontrado um retornador competente. Assim, a equipe diminui os riscos de lesão de Julian Edelman e Danny Amendola, anteriores responsáveis pelos retornos.

Na linha defensiva, Trey Flowers e Chris Long continuam se destacando, mostrando que podem segurar bem a barra nas ausências de Jabaal Sheard e Rob Ninkovich. Flowers conseguiu mais um sack, enquanto Long chamou uma falta de holding, desviou um passe e foi uma força contra o jogo terrestre.

A surpresa da noite foi a completa ausência de Terrance Knighton. Uma das contratações mais comemoradas pelos torcedores, Knighton ficou de fora após dois jogos ruins contra Saints e Bears.

Não sei se a ausência foi uma forma de puni-lo ou de chamar sua atenção, mas o fato é que, se não mostrar serviço, Knighton corre sim risco de ficar de fora do roster final. Sabemos que o desempenho, não o nome, é o que importa para Bill Belichick.

A linha defensiva não sentiu falta de Knighton, e conseguiu limitar consideravelmente um dos melhores ataques terrestres da NFL.

Patriots x Panthers
Trey Flowers é um dos responsáveis pelo sucesso do front seven dos Patriots.

TIMES ESPECIAIS

Nos times especiais, um destaque negativo. Nosso grande kicker Stephen Gostkowski não teve uma boa apresentação e errou dois field gols, um deles de apenas 30 jardas.

Patriots x Panthers
Cyrus Jones incendiou a equipe com seu retorno de punt de 60 jardas.

DESTAQUES

Cyrus Jones: retorno de punt de 60 jardas.

Chris Long: competente em todas as funções na DL.

Trey Flowers: uma força no pass rush.

Chris Hogan: 5 recepções, 62 jardas e 1 TD.

Jacoby Brissett: 9/9, 85 jardas e 1 TD.

Patriots x Panthers
Tom Brady esteve em campo o suficiente para mostrar que está em forma.

First Downs: 14 (3 corridas / 11 passes / 0 faltas) | Terceira Descida: 1/13 (7%) | Total de Jardas: 291 (81 correndo / 210 passando) | Faltas: 7 (56 jardas) | Touchdowns: 2 (0 correndo / 2 passando / 0 retorno) | Field Goal: 2-4 (50%) | RedZone: 1/4 (25%) | Pontuação Final: 19 pontos | Tempo de Posse: 28:43 min.

Patriots x Panthers
Os três quarterbacks dos Patriots participaram da partida.

Para manter a tradição, no quarto e último jogo da pré-temporada os Patriots enfrentarão o New York Giants. Provavelmente veremos poucos snaps dos titulares, então o jogo torna-se fundamental para aqueles jogadores que lutam para escapar dos cortes no elenco.

No Podcast Patriotas desta quarta-feira falaremos mais dos destaques do confronto contra os Panthers e já traremos o resultado do primeiro corte que acontece nesta terça-feira, reduzindo os elencos para 75 jogadores. Até lá!

https://www.youtube.com/watch?v=1xBXJSe5Cro

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.