Ataque dos Patriots parece ter se encontrado

Patriots

Quem acompanha os Patriots na última década sabe: não importam as peças, o ataque é sempre um dos melhores e mais competentes da NFL.

O início da temporada 2018, entretanto, deu margem a especular que essa escrita seria quebrada, já que o time não se encontrou ofensivamente nas primeiras rodadas.

Apesar do mau início, o ataque de New England parece ter se encontrado na temporada após receber dois importantes reforços.

Ataque dos Patriots parece ter se encontrado

No mundo esportivo, os números nem sempre bastam para se entender algumas nuances. Algumas mudanças ou evoluções, porém, são facilmente percebidas com uma simples olhada nas estatísticas.

Parece ser o caso do ataque dos Patriots, que começou tropeçando, mas começou a mostrar sinais de vida após a semana 4.

Vejamos o que dizem os números:

Semanas 1 a 4 Semanas 5 a 7
Vitórias-derrotas 2-2 3-0
Pontos por jogo 23,8 39,7
Total de jardas por jogo 337,3 439,7
Jardas passadas por jogo 220,3 313,7
Jardas corridas por jogo 117 126

É fato: o ataque dos Patriots melhorou como um todo após a semana 4.

O que, então, teria acontecido para que essa evolução ocorresse? Quais seriam os fatores decisivos que transformaram o ataque dos Pats na máquina de destruição que sempre conhecemos?

A principal resposta, a meu ver, é a chegada de dois reforços: Josh Gordon e Julian Edelman.

Gordon estreou na semana 4 contra os Dolphins. O wide receiver foi preservado, tendo participado de poucos snaps.

Por isso, consideramos que a semana 5 foi o marco da mudança, quando Gordon passou a ser mais utilizado e Edelman voltou ao ataque após cumprir suspensão.

O “Incredelman” tem sido uma peça fundamental há anos. Não há como negar que se trata de um dos recebedores que gozam da maior confiança de Tom Brady (ao lado de Rob Gronkowski).

A volta de Edelman significa ter em campo um recebedor que conhece como poucos o playbook e que tem uma das características mais prezadas por Brady: correr rotas com perfeição. Para o ataque comandado por Tom, não adianta ser o mais rápido ou o mais forte se você não está no lugar certo na hora certa.

Já Josh não tem a expertise de Edelman em relação ao sistema dos Patriots, mas tem características físicas indiscutíveis.

Gordon é um dos mais rápidos e mais fortes wide receivers da liga, com velocidade e força para disputar com o corners mais fortes, escapar de press coverage, agarrar jump balls, etc.

Ainda falta o entrosamento ideal entre Brady e Gordon, mas o wide receiver vem melhorando a cada semana. Contra os Bears, no último domingo, Josh conseguiu seu primeiro jogo de 100 jardas com a camisa dos Patriots.

Edelman falou sobre a velocidade com que Gordon tem melhorado nos Pats:

“Ele realmente aprende rápido…ele pega as coisas rapidamente. Ele é surreal. Obrigado Cleveland!”

Veja o desempenho de Edelman e Gordon a partir da semana 5:

Recepções Jardas TDs
Julian Edelman 16 147 2
Josh Gordon 20 192 1

O fato de os Patriots terem Edelman e Gordon em campo tirou espaço de jogadores que foram titulares durante o primeiro mês da temporada. É o caso de Phillip Dorsett, por exemplo.

Dorsett viu seu número de snaps cair drasticamente nas últimas semanas. Foram apenas 11 nos últimos 2 jogos.

Para a equipe, entretanto, isso não é problema. Se não há como fazer com que todos participem igualmente, o mais importante é fazer com que o ataque cause problemas para as defesas adversárias e pontue.

E isso, sem dúvidas, é muito mais real com Edelman e Gordon em campo.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem um comentário

  1. Obrigado Cleveland!!! Edelman mito!! Kkkkk

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.