Ataque é principal culpado na derrota para os Steelers

Steelers

Confira quais foram os destaques positivos e negativos da partida contra o Pittsburgh Steelers, válida pela semana 15 da temporada regular.

Ataque é principal culpado na derrota para os Steelers

Destaques negativos

Chuva de flags

Pittsburgh Steelers outside linebacker T.J. Watt (90) calls the crowd to action as New England Patriots quarterback Tom Brady (12) huddles his team during the second half of an NFL football game in Pittsburgh, Sunday, Dec. 16, 2018. The Steelers won 17-10. (AP Photo/Don Wright)

Os Patriots cometeram um festival de infrações na derrota de ontem, perdendo 106 jardas em 14 faltas confirmadas. Essa foi de longe a partida mais indisciplinada da equipe na temporada, superando as 11 flags contra os Jets.

Grande parte das faltas cometidas pelos Pats vieram da unidade ofensiva, principalmente da OL. Foram 4 false starts e 3 holdings, sendo o último determinante para o time não conseguir entrar na endzone e empatar o jogo.

É bem verdade que New England possui diversos problemas para resolver, mas certamente conter o número de flags deve ser uma prioridade.

Trio de recebedores em baixa

New England Patriots tight end Rob Gronkowski (87) is tackled by Pittsburgh Steelers free safety Sean Davis (21) and Coty Sensabaugh (24) during the second half of an NFL football game in Pittsburgh, Sunday, Dec. 16, 2018. (AP Photo/Don Wright)

Os três principais recebedores dos Patriots, Julian Edelman, Rob Gronkowski e Josh Gordon, tiveram uma noite sem muito brilho no Heinz Field.

O primeiro, embora tenha liderado o time em recepções (7) e jardas aéreas (90), cometeu duas faltas e ainda dropou dois passes. Já Gronkowski só foi conseguir sua primeira recepção no último quarto. Por fim, o confiável Gordon também dropou um first down e terminou a partida com apenas 19 jardas.

Defesa contra o jogo corrido

D2SP9656-watermarked

Novamente, Belichick optou por ir com uma linha defensiva mais leve para o jogo, deixando o DT Danny Shelton na lista de inativos pela terceira vez seguida. Com isso, mais uma vez, a defesa contra o jogo terrestre foi facilmente superada pelo running back adversário.

Jaylen Samuels, substituindo James Conner (lesionado), fez o que quis na partida, totalizando 142 jardas e uma média absurda de 7,5 jardas por carregada.

A comissão técnica dos Patriots gosta de insistir no erro.

Destaques positivos

Special Teams

A jogada mais bonita dos Patriots no duelo contra os Steelers não veio da defesa e nem do ataque, e sim, dos special teams.

A dupla Jonathan Jones e Rex Burkhead se esforçou ao máximo e conseguiu evitar que o punt de Pittsburgh entrasse na endzone, fazendo Big Ben começar o drive na linha de 1.

J.C. Jackson

New England Patriots defensive back J.C. Jackson (27) breaks up a pass intended for Pittsburgh Steelers wide receiver JuJu Smith-Schuster (19) during the second half of an NFL football game in Pittsburgh, Sunday, Dec. 16, 2018. (AP Photo/Don Wright)

O calouro teve um dificílimo duelo no Pote de Mostarda: marcar Juju Smith-Schuster. Mas levou a melhor.

O ótimo wide receiver dos Steelers só agarrou 4 de 10 passes lançados em sua direção para 40 jardas, e sofreu com a cobertura cerrada de Jackson.


Siga o Patriotas no Twitter e fique por dentro das últimas informações sobre o melhor time do século XXI da NFL!

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.