Belattini: No apagar das lâmpadas, uma pitada de tudo que deu errado

Belattini

Não existiria uma melhor forma de ver a temporada encerrar do que em um jogo que  trouxe um exemplo de cada motivo para o New England Patriots ficar de fora dos playoffs pela primeira vez desde 2008, quebrando ainda uma sequência de 11 títulos da AFC Leste. 

Belattini: No apagar das lâmpadas, uma pitada de tudo que deu errado

Quem consegue escapar mais ou menos ileso é o time de especialistas, que teve um tropeço ou outro na temporada, mas fechou como ponto alto da equipe, seja com Folk chutando, Olszewski retornando, ou com Slater fazendo sua magia. 

Se o ST é o menos culpado, logo em seguida vem a defesa. Por mais que o setor não tenha passado aquela confiança do ano passado, sofrendo para derrubar os adversários e cedendo muitas e muitas jardas, ainda é possível dar uma boa nota para nosso setor defensivo. 

JC Jackson teve oito interceptações, Chase Winovich alternou muito e entendo que termina numa crescente, merecendo um novo voto de confiança, e outros jogadores que se não impressionaram, ao menos não comprometeram com o outro setor que vamos tratar.

Ah, e aqui vale destacar a nota triste do final de semana com a lesão de Gilmore e os pontos de interrogação que ela coloca no futuro. 

Enfim, problemática ou não, é inegável que a defesa sempre trabalhou o suficiente para dar chances do ataque vencer os jogos. Foi assim contra Seattle, Kansas City, Denver, Buffalo e também contra Miami. Ou seja, nossa campanha poderia ser muito melhor. 

Contra os Dolphins, no domingo, passamos o segundo jogo completo sem conseguir anotar um touchdown e isso é inadmissível para um time que buscava uma vaga na pós-temporada, ainda mais contra o time de Miami que tinha muitos desfalques. 

Cam Newton conseguiu me tirar do sério ao aparecer na sideline, após um dos field goals que chutamos, cortando as unhas. Como se não houvesse o que observar nas fotos das jogadas e aquele fosse o único momento da semana possível de se fazer as unhas. 

Novamente o roteiro se repetiu, com passes descalibrados, péssima presença no pocket, fraca leitura pré-snap, demora para lançar tomar decisões, e o repertório curto, variando basicamente entre corridas e passes curtos (com uma ou duas exceções de tentativas mais longas).

O quarterback, que tanto nos encantou nas primeiras semanas, já disse que vai usar os próximos dois jogos como uma entrevista de emprego, tentando que ainda merece uma chance de seguir em Foxboro. Pois vai ter que mostrar muita coisa para conseguir. 

Não é um absurdo ter o #1 no elenco – ainda mais para quem há tanto tempo tem Bryan Hoyer por lá – só que ele certamente não pode ser a primeira aposta de Bill Belichick para termos um 2021 melhor. 

Com um salário compatível (até porque não acho que venha alguma outra franquia oferecer um caminhão de dinheiro para ele), Cam pode colaborar na evolução de um outro QB, ou então ser a opção no caso de um novo desastre no draft e free agency. 

Fã Clube Oficial Patriotas reconhecido nos Estados Unidos pela New England Patriots

Se eu errei feio minha previsão feita no começo da temporada, sonhando até com final de conferência, também não posso dizer que fui surpreendido com um mês livre em janeiro. 

Todos esperávamos que as coisas fossem mais difíceis quando Tom Brady fosse embora, e poderíamos até ter um destino mais cruel do que o que tivemos. 

“Tankar” nunca foi uma opção e Trevor Lawrence é um sonho (quase) impossível, mas ele não é o único quaterback capaz de levar uma franquia adiante. Se conseguimos chegar onde chegamos com uma escolha de sexta rodada, temos que acreditar. 

Além de tentar encerrar a temporada com dignidade, é hora de avaliarmos bem quem merece seguir por lá.

Se Belichick outrora lamentava começar o planejamento para o próximo ano cinco semanas depois dos demais, desta vez ele poderá pensar em 2021 por sete semanas antes dos finalistas. 

Que pense muito bem.


Rafael Belattini é jornalista com passagem pela ESPN e cobertura de dois Super Bowls. No Patriotas, Belattini escreve sua coluna semanalmente para falar sobre o seu time do coração, o New England Patriots. Siga Rafael Belattini no twitter.

Acompanhe o Patriotas no Instagram clicando aqui.

Imagem de capa de Jasen Vinlove-USA TODAY Sports.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.