Brady, Harry e Meyers se desencontram e Os Patriots sofrem derrota contra os Texans

Os Patriots foram a Houston e enfrentaram os Texans no SNF; Meyers e Harry, que foram peças importantes contra os Cowboys, não conseguiram manter o bom desempenho e os Patriots conheceram a sua segunda derrota na temporada por 28 a 22.

Brady, Harry e Meyers se desencontram e Os Patriots sofrem derrota contra os Texans

Quando o ataque entra em campo, parece que estamos revendo o mesmo filme de algumas semanas atrás: o ataque aéreo não engrena!

Com tantos desfalques no ataque, grande parte da responsabilidade recaiu sobre os ombros dos dois novatos N’Keal Harry e Jakobi Meyers.

Mas infelizmente, diferente do que aconteceu no jogo contra os Cowboys, os calouros demonstraram que ainda precisam ajustar a sintonia com Brady. Eles não conseguiram ser o grande alívio em situações onde Edelman e Dorsett (ambos bem marcados) não puderam ser primeiras opções e o ataque aéreo não fluiu.

Meyers participou de 60 snaps, enquanto Harry apenas 22; pareceu proposital por parte da equipe técnica dos Patriots envolver mais Meyers do que Harry no ataque. Afinal, Harry ficou oito jogos sem jogar por conta da sua lesão na mão ocorrida durante o Training Camp, enquanto Meyers não perdeu nenhum treino e não sofreu com lesão.

Mas o ponto importante a ser levado em consideração aqui é a qualidade dos jogadores; ambos WR’s apresentam características e “pedigrees” diferentes, então não podemos esperar que Meyers tenha um rendimento similar ao teto do Harry, embora que o primeiro tenha algum potencial. Também não podemos esperar que após três semanas Harry tenha o mesmo rendimento que tinha no College.

Ok, o mínimo que se espera é alguma sintonia com Brady, uma vez que Meyers (comparado a Harry) teve bem mais repetições durante os treinos.

O que se viu ontem em Houston, foi uma completa confusão entre QB e WR’s.

Quando ficou visível a frustação do Brady a todos que acompanharam a partida, os calouros não puderam fugir das perguntas pós-jogo.

Harry quando perguntando o que aconteceu na jogada da interceptação, respondeu duas vezes que precisaria rever o tape do jogo para entender o seu erro. Quando perguntado sobre o que sentia pensando na jogada, o calouro respondeu:

“Eu ainda não assisti o tape, precisaria vê-lo primeiro, mas quero dizer, acho que poderia ter usado o corpo mais um pouco”.

Quando perguntado sobre a quantidade de snaps serem inferiores à Meyers, o jogador foi claro:

“Sim, isso não é uma pergunta para mim, eu realmente não tenho certeza de nada. Isso não é pergunta para mim”.

Interceptação sofrida por Brady quando o QB tentou conexão com Harry

Meyers por sua vez, foi perguntado sobre o que aconteceu durante um dos snaps em que claramente não entendeu a instrução do QB:

“Ele (Brady) estava tentando me dizer para aparecer e ir embora. Sinceramente, eu não sei o que pensei no momento. Tentei avançar e voltar para dar-lhe um alvo… Estávamos apenas em páginas diferentes”.

Meyers terminou o jogo com três recepções, em sete vezes em que foi alvo, somando 46 jardas. Ele teve outras 54 jardas, mas as jogadas voltaram por conta de penalidades do ataque.

Meyers disse entender a sua responsabilidade, afinal, ele é o único novato não draftado que ainda está no time e admite que tem muita sorte por isso:

“Só tenho essas chances… Então, eu tenho que agarrar, me recompor e garantir que não teremos mais situações como essa”.

“Você tem várias chances antes de sair daqui… Se ele (Brady) quiser que eu suba, da próxima vez eu sei que é melhor eu subir antes de ser chamado atenção”.

Meyers deixou a entrevista assegurando que prestará mais atenção às comunicações não verbais de Brady.

Brady por outro lado, tratou de não ser tão duro com os calouros, em várias oportunidades durante a partida, procurou animar os calouros na sideline.

Durante a entrevista pós-jogo, o QB não “pegou pesado” com os jovens e deu sua opinião sobre o ocorrido:

“Acho que todos estamos tentando fazer um bom trabalho por aqui… Eu dou crédito a eles, jogaram bem, nós é que não fizemos muitas jogadas, simplesmente não foi um grande jogo”.

Até o capitão Matthew Slate saiu em defesa dos WR’s:

“Acho que você precisa aprender a viver o momento, controlar o que pode controlar. Não podemos ter uma produção ruim, então quando uma jogada ruim acontece, você tem que ser capaz de não pensar mais no assunto e tentar passar para a próxima.”

“Um treinador me disse uma vez que toda jogada é uma experiência, você quer pegar essas experiências, colocá-las no seu banco de memória, tentar passar para a próxima e tentar aproveitar elas. É preciso muita dureza mental e muita maturidade”.

O experiente WR finalizou:

“Você é muito sortudo, enquanto jogador jovem, ter caras mais velhos que andam do seu lado e ensinam lições. Quando eles colocam o braço em volta de você, mostrando o caminho das pedras, se espera que com o tempo, se você tiver a bagagem e as pessoas certas em sua vida, você aprenda a lidar com essas situações um pouco melhor”.

Meyers e Harry terão mais uma nova oportunidade no próximo domingo contra os Chiefs em Foxborough às 18:25, nossa esperança é que da próxima vez, os calouros entendam os sinais do Brady.

Deixe sua opinião nos comentários abaixo e continuem acompanhando a equipe Patriota nas redes sociais TwitterFacebook e Instagram para mais informações.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.