Como um artista internacional, Brady deu um show no México

Raiders Tom Brady México Patriots

Assim como todo artista internacional de música, que quando vai se apresentar em outro país, garante o ingresso de quem pagou para vê-lo, Tom Brady fez o seu show acontecer ontem na Cidade do México e garantiu a alegria de quem esteve no estádio.

Show do início ao fim no México

Brady teve uma de suas melhores performances na carreira no jogo contra Oakland, do início ao fim da partida.

Logo no começo, Tom igualou sua melhor marca em passes completos seguidos em um início de jogo. Foram 12 passes tentados e 12 passes acertados, um após o outro. Essa marca havia acontecido apenas 1 vez na carreira de TB12, em 2004.

Dentro desses 12 passes, o primeiro drive do jogo terminou em touchdown com Tom encontrando Dion Lewis, que fez sua parte chegando até a endzone.

No total, Brady errou somente 7 passes na partida toda, tendo terminado o confronto com 30 passes completos de 37 tentados (81%).
Por um momento do jogo no segundo quarto, Brady tinha 3 passes incompletos e 2 touchdowns lançados. Inacreditável!

Tom terminou o jogo com 339 jardas lançadas (mais um jogo de 300 ou mais jardas na temporada), 3 TDs e nenhuma interceptação.

Brady entregou o que a plateia queria

Jogos em outros países, atraem em sua maioria, torcedores que nunca viram uma partida de NFL antes. E se existe algo que o torcedor adora ver, são passes longos.

Brandin Cooks já era o recebedor com mais jardas no ataque Patriota e depois deste jogo, passou a ser o quarto melhor na liga.

Cooks e Brady, que treinaram juntos intensivamente na offseason e training camp, começam a afinar o entrosamento e o perigo de um passe longo acontecer para Brandin está se tornando cada vez mais um pesadelo para as defesas.

No México, Brady lançou para 52 jardas no primeiro tempo e encontrou Cooks novamente no início do segundo tempo para 64 jardas. Passe que virou um dos três touchdowns lançados por Tom.

Os mexicanos amaram, já Del Rio…

Nem todos presentes no Estádio Azteca gostaram do show apresentado por TB12.
Brady se torna a cada confronto, um pesadelo maior para Jack Del Rio, head coach de Oakland.

A partida no México foi o encontro número 10 do quarterback com o treinador na história. E Tom venceu nada menos do que 9 dos 10 jogos que fizeram.

O número fica ainda maior quando vemos que foram 25 touchdowns anotados e apenas 1 interceptação nestas 10 partidas.

Garantia de espetáculo em solo internacional

Esta foi a terceira partida de Tom em solo fora dos Estados Unidos e os números comprovam que o ingresso vale cada centavo para ver o GOAT atuar.

São agora 76 de 104 passes completos (73.1%), com 950 jardas lançadas e 10 touchdowns anotados.

Seu passer rating é de 125.1 em gramados internacionais e a torcida estrangeira viu somente 2 interceptações acontecer até hoje.

Os placares sempre foram favoráveis para New England com vitórias tranquilas: 33×8 na Cidade do México (2017), 45×7 em Londres (2012) e 35×7 também em Londres (2009).


Não é à toa que o lotado Estádio Azteca se rendeu a Tom Brady e fez o que a torcida nos Estados Unidos já está acostumada a fazer, gritou Brady! Brady! Brady! entusiasmada o jogo todo.

Entenda o que acontece nas jogadas dos Patriots assistindo os vídeos do De Dentro do Campo.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.