Butler e Cooks são exceções no triunfo sobre Tennessee

butler

Os Patriots promoveram uma atuação de gala na vitória sobre o Tennessee Titans, no último sábado. No entanto, dois jogadores foram um ponto fora da curva: Malcolm Butler e Brandin Cooks.

Butler e Cooks são exceções no triunfo sobre Tennessee

Sem dúvidas, Butler e Cooks são dois jogadores talentosíssimos e com muito caminho para percorrer na carreira. O primeiro já “deu” um título de Super Bowl aos Patriots com sua interceptação mágica, enquanto o segundo ultrapassou a marca de mil jardas nesta temporada.

Contudo, seus desempenhos no triunfo sobre os Titans fugiram do que costumamos ver. Abaixo, veja uma análise de suas atuações:

Butler foi o alvo favorito de Mariota

Não há como negar: Malcolm teve uma noite para se esquecer. De 9 bolas lançadas em sua direção, 7 foram recebidas pelo oponente, totalizando 83 jardas e 2 touchdowns. Ou seja, todos os pontos dos Titans vieram em cima de Butler.

Esses números foram os piores dele em uma única partida nesta temporada. Além disso, o camisa 21, apenas no último sábado, cedeu mais recepções, jardas e touchdowns que em todas suas atuações somadas nos playoffs do ano passado. Impressionante.

Como comparação, seu companheiro Stephon Gilmore não foi queimado sequer uma vez, ainda desviando dois passes. Uma atuação de gala do jogador eleito como Maior Decepção no Patriotas Awards.

É notório que Butler está longe de repetir os desempenhos de 2016. Ele é recorrentemente batido na velocidade pelo recebedor adversário e não mostra a mesma vontade de antes. Com seu contrato se encerrando ao fim da temporada, a passagem do herói do SB XLIX pelos Pats pode estar chegando ao fim.

Conexão Brady-Cooks não fluiu

Muito por conta do desempenho absurdo de Danny Amendola e das sempre marcantes jogadas de Gronkowski, a pouca produção de Brandin Cooks passou batida pelos torcedores.

Dos 9 passes lançados por Brady em sua direção, Brandin agarrou apenas 3. Um aproveitamento de 33,3% que é muito baixo para um jogo de playoffs.

Diferentemente das partidas em que ele recebia pouco e acumulava um caminhão de jardas, Cooks só computou 32 contra os Titans.

Novamente, vimos ele ser procurado com frequência em rotas longas, sem ser muito utilizado para as de curta/média distância. A volta de Hogan poderia ser uma explicação para isso, mas o camisa 15 recebeu apenas um passe.

Talento todos sabemos que Cooks tem. Porém, o velocista precisa melhorar a conexão com Brady para o ataque poder furar a potente defesa do Jacksonville Jaguars.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem um comentário

  1. TB não acerta um passe em profundidade faz um bom tempo. Todos os passes tem sido muito curtos, gerando sempre uma aflição e uma possibilidade enorme de interceptação.
    Entendo esse ser um dos motivos que o Cooks não teve um jogo bom.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.