Coletivas pós-jogo: Baltimore Ravens

Após o jogão da segunda contra o Baltimore Ravens, tivemos como de costume o técnico dos Patriots, Bill Belichick e o QB Tom Brady para as coletivas com a imprensa. Veja o que eles falaram.

Coletivas pós-jogo: Baltimore Ravens

Bill Belichick

BB falando após a vitória contra o Baltimore Ravens

Bom, o jogo foi praticamente da forma que esperávamos que acontecesse. Algumas jogadas foram decisivas, principalmente no último quarto, nos últimos minutos.

Acho que nossos jogadores conseguiram segurar bem. Não foi perfeito, tivemos 3 turnovers, que obviamente nos atrapalhou, mas continuamos lutando e fizemos algumas grandes jogadas nas 3 áreas que nos deram a vitória.

É importante conseguir vencer contra um bom time como eles. Quando olhamos nos 60 minutos, fizemos um bom jogo.

Agora teremos uma semana curta, viajaremos para Denver, teremos que virar a página com um pouco de pressa e enfrentá-los, mas foi bom vencer hoje.

O quão importante foi o sack do Ninkovich e a continuação com o touchdown do Hogan?

Muito, muito! As duas defesas jogaram em alguns momentos em zona. Nós conseguimos fazer com que Joe (Flacco) segurasse a bola e chegássemos nele.

No touchdown pareceu que foi um play-action. E havíamos lançado algumas vezes para Edelman, que fez com que os safeties deles se preocupasse e abrissem mais.

Chris (Hogan) conseguiu tirar vantagem disso, mas o nosso play-action foi tão bom durante o jogo. Nós acertamos Marty (Bennett), Chris, Julian, conseguimos grandes jogadas com o play-action que, claro, só funciona quando se tem um jogo corrido produtivo.

Sobre o bloqueio de McClellin no field goal:

Shea (McClellin) é muito atlético. Ele acertou o tempo perfeitamente e fez a jogada de forma correta conseguindo bloquear. Nós trabalhamos essa jogada a semana toda e conseguimos executá-la, Shea executou muito bem, junto com o pessoal da linha de frente. Malcom (Brown) e Alan (Branch) conseguiram a pressão de forma com que o bloqueio deles ficasse por baixo, então conseguimos entrar e bloquear.

Como é o balanço da decisão de mostrar confiança em Cyrus Jones, o colocando no jogo após o fumble e ao mesmo tempo tendo que fazer o que é melhor para o time?

Bom, nós fizemos 3 turnovers na partida. Três situações que eu digo que são fáceis de previnir. Nós temos que fazer um trabalho melhor cuidando da bola, e não fizemos isso hoje. Nós trabalharemos com todos, é uma responsabilidade de todos proteger a bola e temos que melhorar nisso. Nós temos que treiná-los melhor e executarmos melhor.

Tom Brady

Brady falando após a vitória contra o Baltimore Ravens

Sobre o touchdown com o passe para Chris Hogan:

Nós fizemos uma ótima jogada. Foi uma falsa corrida, Hogs (Hogan) não era o receiver principal na jogada, mas ele viu o que eu vi e ajustou a rota dele. Eu tentei colocar a bola para ele. Foi uma grande jogada, nós precisávamos disso.

Como foi a escolha das jogadas dentro do 2 minute warning?

Bom, o Coach (Belichick) decidiu tentarmos ganhar algumas jardas lançando a bola e acho que Jules (Edelman) fez um ótimo catch na segunda para 2. Esses caras jogaram muito duro essa noite contra a melhor defesa no rank da liga.

Qual a importância de conseguir estabelecer o jogo corrido e fazer play-action para passes como o de Hogan em uma defesa ranqueada como melhor contra a corrida?

É, foi bom fazer as duas coisas. Você não pode desistir da corrida. Nós temos ótimos jogadores na posição e tentamos encontrar espaço para eles correrem e garantirem que nosso ataque não fosse unidimensional.

Sobre o crescimento de Mitchell durante a temporada:

Ele tem feito um ótimo trabalho para nós. Mostra muito de um jogador novato quando ele está jogando o seu melhor em dezembro. Mostra do que ele é feito, sua determinação, seu caráter. Ele está trabalhando forte desde que chegou aqui e está se colocando em uma ótima posição. Com o Danny (Amendola) se machucando ele está tendo mais oportunidades e nós precisamos disso.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 6 comentários

  1. Cyrus Jones é o nosso maior burst em drafts….ele é muito ruim… Já draftamos jogadores ruins que não fizeram nada, mas o Cyrus é pior pois é uma máquina de turnovers. A propósito, achei muito esquisito o fumble do Slater, ele soltou a bola como se nunca tivesse tomado um tackle na vida.

    1. Eu não sei, mas acho que o BB vê alguma coisa nele, afinal não assistimos os treinamentos, além disso, o Jones é novato e para alguns demora mais tempo se adaptar a NFL. Deixar claro que durante o jogo, eu mesmo, gostaria que alguém o trancasse no vestiário… Mas confio no BB. O tempol dirá.

      1. Sim, mas convenhamos que o BB também viu algo em várias bombas do passado e que não deram em nada. O CJ tem um magnetismo para fazer merda, no primeiro tempo ele quase raspou na bola em outra punt que não ia retornar. Na jogada mais longa dos Ravens ele foi torrado pelo Breshad Perriman. É o momento de preservar o moleque para 2017, pois esse ano deu, esses erros na pós temporada pode nos custar muito. Ano passado o fumble no retorno de punt do Chris Harper no jogo contra o Broncos que estava controlado nos custou a partida e o Seed 1.

        1. Da mesma forma que BB vê algo no Freeney! rs Tem hora que só podemos sentar e chorar! rs

          1. Freeney é outro que acho horroroso. Com o Kyle Van Noy se encaixando bem no time e com o Shea McClellin começando a mostrar serviço, acho que deu pro Freeney

  2. o erro do CJ foi um erro primário e esses erros não podem acontecer eu confesso que quase cai do sofá quando ele deu aquele pulinho tosco e tocou na bola, mas BB sabe das coisas como ninguém e como já foi dito se ele o mantiver é o q vê o que não vemos, mas certamente esse novato vai passar pelo esmeril do titio.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.