Coletivas pós-jogo: Buffalo Bills

Enfim veio a semana 8 para os Patriots terem a revanche que queriam contra os Bills! Além disso, tivemos o recorde de touchdowns de Gronk! Vejamos o que ele e Bill Belichick falaram após a vitoria.

Coletivas pós-jogo: Buffalo Bills

Bill Belichick:

“Foi um grande esforço do time esta semana, conseguimos nos focar bem. Uma boa vitória do time. É bom ver nossos fãs aqui nos apoiando, vir aqui e vencer. Como eu disse, tivemos uma semana sólida de treinamentos e um jogo sólido também.”

Algum comentário sobre o recorde de Gronk?

“Adorei, adoro sua presença.”

Se BB vê na liga alguém que jogue como Gronk, tanto nos bloqueios quanto recebendo:

“Tem muitos jogadores bons na liga, mas Gronk faz um bom trabalho. É um competidor forte, faz o que você pedir, não é egoísta. Ele abraçou sua função de capitão e vem fazendo um bom trabalho.”

O Tom Brady de 39 anos é melhor que o de 29 anos?

“Então, tivemos um bom jogo de todo o time. Claro, Tom fez um ótimo trabalho, mas tivemos vários jogadores em campo. Foi uma boa vitória do time.”

No TD de Hogan que voltou pela falta, Brady tomou uma pancada forte. O que você pensa do quão Brady é forte no jogo?

“Tom é um jogador duro. Vimos isso desde o dia que ele chegou aqui e nunca tivemos problemas com isso. Mental e fisicamente, ele é durão desde que chegou.”

Sobre o desempenho de Gostkowski:

“Steve é um dos melhores kickers da NFL, temos muita confiança nele. Quando precisamos de um chute, não tem ninguém melhor que Steve para mandar ao campo.”

Sobre o desempenho sólido de Butler:

“Malcom tem treinando muito bem nas últimas 3 semanas, e tem tido ótimas performances. Foi um bom teste para nossos CBs  e esse é um bom grupo. Boa cobertura nas bolas longas, lutaram contra receivers altos, conseguimos boas jogadas.”

Gronk

gronk

Sobre seu recorde de 69 touchdowns:

“Uma honra conquistar isso na minha cidade natal, e é inacreditável. Dou todo crédito aos meus companheiros e coaches. O WR Stanley Morgan (detentor do recorde anterior) me ligou para me parabenizar, e ele é um cara muito legal. De um modo geral, é uma honra, mas tenho que continuar trabalhando.”

Você consegue sentir as pessoas que não gostam de você quando está em campo?

“Claro, da pra sentir. Quando você tem 50 dedos do meio apontados direto da arquibancada, da pra sentir.”

Talvez queiram dizer que você é o número 1 te apontando tantos dedos do meio:

“Não, não estão, da pra sentir na expressão facial deles!”

Algum momento se imaginou quebrando recordes assim?

“Nunca imaginei. Claro que sonhamos com coisas grandes, mas nada nessa escala. E voltar a minha cidade natal, onde cresci vendo jogos dos Bills x Patriots, tenho que dar o credito para esta organização, por me dar a oportunidade e me ajudar a chegar onde estou.”

Você bateu esse recorde com a metade dos jogos, como é possível?

“Fazendo o que eu sempre faço. Vindo todos os dias, trabalhando duro, e estando na melhor posição em campo. Toda vez que você tem uma oportunidade, tem que tirar vantagem dela, e tem que estar preparado pra isso. É sobre trabalho duro e dedicação.”

Como você se sentiu com Brady torturando os Bills?

“Foi demais. Amo ser parte desta organização, parte da era Brady. Não poderia pedir por uma situação melhor quando fui draftado e fiquei muito feliz. São os Patriots! Então é demais estar aqui.”

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.