Como foi o primeiro dia de OTAs aberto à imprensa

OTAs

Ainda falta muito tempo para setembro e o início da temporada regular da NFL. A ansiedade está longe de acabar.

Essa saudade, entretanto, começa a diminuir à medida que vemos os jogadores dos Patriots em campo participando de treinamentos.

Nesta quinta, os Organized Team Activities – OTAs tiveram seu primeiro dia aberto à imprensa, e algumas observações puderam ser realizadas.

Como foi o primeiro dia de OTAs aberto à imprensa

Gronk de volta

Para começar, uma ótima notícia: Rob Gronkowski esteve presente no treino.

Após ser submetido a cirurgia para reparar uma lesão nas costas que o tirou de boa parte da temporada 2016, Gronk aparenta estar muito bem.

Ainda estamos na fase de treinos sem contato, mas ver o tight end participativo, correndo rotas, é um alívio.

Presenças e ausências

Além de Gronk, também estiveram presentes nos treinos vários dos jogadores contratados para esta temporada, como Brandin Cooks, Stephon Gilmore, Mike Gillislee, Dwayne Allen e Rex Burkhead.

Para contrastar com essas presenças, vários jogadores estiveram ausentes do primeiro dia de OTAs aberto à imprensa: Dont’a Hightower, Malcolm Mitchell, Stephen Gostkowski, Alan Branch e o long snapper Joe Cardona.

Tempo ruim

A atmosfera no campo de treino parece ter sido preparada por Bill Belichick para dificultar a vida dos jogadores: o campo estava molhado, escorregadio.

Como sabemos, Belichick gosta de dificultar ao máximo a vida dos jogadores nos treinos para que eles estejam preparados para as condições adversas que possam se apresentar nos jogos.

Assim, com a bola e o campo molhados, os jogadores tiveram dificuldades para se equilibrar e para agarrar passes e chutes.

Cyrus Jones, o cornerback e retornador que não teve sucesso em sua temporada de calouro, mostrou que continua sofrendo para agarrar a bola em punts. Veremos se o problema foi causado apenas por conta do mau tempo.

Destaques individuais

Dos recebedores, Julian Edelman e Danny Amendola foram dois dos que mais se destacaram no primeiro dia em que a imprensa pôde acompanhar os OTAs.

Edelman demonstrou a vontade, a raça e a de sempre. Já Amendola parece ter mantido a fase ascendente em que se encontra desde os playoffs da temporada passada.

Dion Lewis chamou a atenção com sua agilidade e capacidade de receber passes.

O recém-chegado Andrew Hawkins, teve uma boa atuação como gunner. Já que o setor de WR parece definido, Hawkins poderá tentar pelo special teams uma vaga no elenco.

Aqui também cabe a ressalva de que foi um treino sem pads, sem contato, o que dificulta a análise principalmente dos running backs.

Malcolm Butler

Após a conturbada offseason, onde vimos a contratação de Stephon Gilmore e a quase ida de Butler para os Saints, alguns especulavam que o herói do Super Bowl XLIX poderia faltar os OTAs, em represália a não ter recebido um novo contrato dos Patriots.

Butler fez questão de dissipar essas ideias:

“Eu não prejudicaria ninguém a não ser eu mesmo se faltasse aos treinos. É hora de melhorar, e é para isso que eu estou aqui”.

Felizmente, tudo indica que teremos Butler 100% focado nos Patriots, ainda que essa possa ser a última temporada do cornerback em New England.

 

Foto de capa: Patriots.com

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 3 comentários

  1. Se o Cyrus Jones ficar dando mole vai acabar sendo cortado. O mau tempo não pode ser desculpa, pois muitos jogos em Foxborough durante a temporada costumam ter vento, chuva ou neve.

  2. Alguma notícia do Josh Gable?
    Não sei, mas empolguei com um cara que marca FG a 70 jardas.

    1. Depois do minicamp, não saiu mais nenhuma notícia sobre ele.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.