Como os Pats podem abrir mais espaço no salary cap?

pats

Passado o NFL Scouting Combine 2019, o foco agora das equipes se volta para a free agency. Nela, quanto mais espaço disponível na folha salarial, maior é a chance de atrair os melhores jogadores. Por isso, analisamos algumas movimentações que os Pats podem fazer para entrar mais fortes na agência livre.

Como os Pats podem abrir mais espaço no salary cap?

Após o corte do TE Dwayne Allen, na última semana, New England possui $24,3M disponíveis para contratações, de acordo com o excelente Miguel Benzan, do PatsCap. Essa quantia, no entanto, ainda é baixa, pois o time tem quase 20 free agents, e dentre eles nomes que custarão caro para renovar, como o DE Trey Flowers, que está projetado para receber de $14M a $17M anuais.

Portanto, separamos as duas principais movimentações que Bill Belichick poderá fazer para aliviar um pouco a folha salarial e abastecer as chances do time na free agency. Vamos a elas:

Reestruturar o contrato do S Devin McCourty

Desde 2010 nos Pats, D-Mac é inegavelmente um dos melhores safeties que já vestiram a camisa da franquia e um capitão exemplar. Todavia, o veterano – que após deixar em aberto uma possível aposentadoria decidiu continuar jogando – será o terceiro a ocupar mais espaço no salary cap em 2019, custando $13,435M.

Apesar de ser uma das peças mais vitais da defesa de New England, tanto dentro de campo como fora dele (ainda mais agora que há apenas um treinador de posição defensiva remanescente de 2018), Devin está sendo overpaid. Ele é atualmente o terceiro mais bem pago da posição, mas foi avaliado como “apenas” o décimo primeiro melhor safety da NFL em 2018, pelo Pro Football Focus.

Dessa forma, assim como aconteceu em 2016, quando foi liberado quase $3M na folha salarial, é imprescindível que os Pats negociem com D-Mac uma reestruturação salarial. Porém, de acordo com o jornalista Kevin Duffy, New England ainda não discutiu essa possibilidade com o camisa 32.

Resultado de imagem para devin mccourty patriots super bowl
O produto de Rutgers foi escolhido por New England na primeira rodada do Draft 2010.

Estender o vínculo com o QB Tom Brady

Com contrato até o fim desta nova temporada, é bastante provável que Tom Brady renove nesta offseason com os Patriots e diminua seu impacto no salary cap em 2019, que atualmente é o maior do time ($27M).

Essa movimentação já vem sendo de praxe entre os Pats e Brady ao longo de sua carreira, e aumenta ainda mais o respeito e admiração da torcida pelo G.O.A.T, já que ele aceita não ser o QB mais bem pago da liga para conseguir manter o time competitivo e brigando por Super Bowl toda temporada.

Com desejo de jogar até os 45 anos, Tom possivelmente assinará uma extensão de duas temporadas, deixando-o sob contrato até o fim de 2021. O próprio dono dos Pats, Robert Kraft, afirmou na semana do Super Bowl LIII que a renovação tem tudo para ocorrer.

Resultado de imagem para tom brady patriots super bowl 53
Indo para sua vigésima temporada, Tom Brady completará 42 anos no dia 3 de agosto.

Transações secundárias

Além dessas duas movimentações, há outras secundárias que, caso feitas, ajudariam ainda mais o time na free agency. Uma delas é estender o vínculo com o LB Kyle Van Noy. O camisa 53 foi um dos melhores jogadores defensivos de New England em 2018, e custará quase $6,3M no cap. Assim como no caso de Brady, uma renovação poderia aliviar o espaço preenchido na folha salarial em 2019, pois redistribuiria a quantia para os outros anos de contrato.

Já outra transação interessante seria a troca ou dispensa do DE Adrian Clayborn, caso Trey Flowers fique no time (ou independente disso). O veterano não rendeu o esperado em 2018, ficando até inativo de jogo por opção técnica. Sua saída de Foxborough liberaria quase $4M no salary cap.

Resultado de imagem para adrian clayborn patriots
Clayborn anotou apenas 2,5 sacks na temporada passada. Em 2017, pelos Falcons, o pass-rusher fez o quarterback adversário comer grama 9,5 vezes.

Por fim, vale ressaltar que a reestruturação contratual do LB Dont’a Hightower também seria uma ótima movimentação para aumentar o espaço na folha salarial, já que ele está previsto para ocupar aproximadamente $11M. Contudo, essa opção não foi analisada aqui pois o jornalista Doug Kyed informou que o camisa 54 não está disposto a ter seu contrato alterado.

Além dessas possibilidades para aliviar o cap, há também a chance de Rob Gronkowski se aposentar, como todos sabem. Se isso ocorrer, quase $10M serão liberados. Entretanto, New England não contaria mais com o serviço do talvez melhor TE de todos os tempos. Sendo assim, apesar de reforçar o caixa, seria uma perda irreparável.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.