Como Scarnecchia melhorou a Linha Ofensiva?

Ano passado, vivemos o pesadelo de semana após semana sofrermos com uma linha ofensiva que não conseguia trabalhar e proteger Brady.

O jogo corrido então, era pior ainda, não víamos um bom espaço aberto para nenhum dos nossos RBs conseguirem correr.

Este ano, tudo mudou, temos bloqueio para corrida, temos proteção ao Brady e até os screen pass voltaram a funcionar.

Como a Linha Ofensiva melhorou?

Falamos antes da temporada (veja aqui) como Scar pretendia começar do zero os trabalhos com a OL. No training camp, chegamos a perguntar isso ao treinador (que na ocasião sofria com ausência de vários dos jogadores) como estava sendo esse processo. Dante deixou claro que o trabalho dele não era feito somente na grama, mas que as reuniões e análises de vídeos eram um fator importante nessa renovação.

E claro que Scar estava certo. Seu trabalho é visível e a linha ofensiva é outra após a volta do coach. Veja abaixo alguns detalhes que ajudam no sucesso deste grupo.

Criatividade nos bloqueios

No De Dentro do Campo, já cansamos de mostrar como essa OL usa e abusa dos pull blocks. Aqueles em que o bloqueador passa por trás da linha e vai fazer um block “surpresa” do outro lado.

Bem diferente dos bloqueios chatos e óbvios que víamos em 2015, onde se para nós era simples de prever o que seria feito, imagina para um linha de defesa com experiência na liga.

Isso está fazendo muita diferença e sem dúvidas tem a mão de Dante.

Escolha dos jogadores

Sua forma serena e tranquila de passar o que quer, cativa o grupo. Muito se fala também da didática diferenciada que Dante usa para explicar o que deseja.

Porém, nada disso teria sucesso, se os jogadores em campo não aplicassem o que foi treinado e pedido pelo coach.

A chegada de Thuney, que veio a princípio como um Tackle, chegou a ser cotado como Center e assumiu de forma incrível o lado esquerdo dos Guards é um diferencial grande para esse grupo. Thuney tem o talento e a tranquilidade necessária para a posição. Está tendo uma primeira temporada incrível com poucos erros e formando uma dupla muito interessante com Solder no lado esquerdo.

Mais um ano em que o Center David Andrews brilha de forma quieta. É até difícil lembrar e acreditar que ele está apenas em seu segundo ano na liga, sendo os dois como titulares. Andrews não só chegou e assumiu o posto, como foi um dos responsáveis pelo corte do até então intocável Bryan Stork.

Não podemos deixar de falar de Marcus Cannon. Um dos jogadores que mais teve reclamação da torcida em 2015. Fiz questão de escrever este texto, pois eu fui um dos que mais pedi a saída de Cannon após a temporada passada. Hoje venho aqui falar do tamanho do trabalho que Marcus está fazendo.

E o mérito é todo dele, que perdeu peso, ganhou mais agilidade e aproveitou um dos melhores coaches para sugar e evoluir.

Cannon não só teve atuações incríveis contra Miller e Watt, mas como vem fazendo uma temporada toda muito boa como Right Tackle.

Sequência de jogos

Este é um fator que sai um pouco das mão dos jogadores e de Scarnecchia, mas que tem que ser observado. Em 2015, foram tantas as lesões, que nós do Patriotas chegamos a fazer a Lista de Lesionados, um post semanal para mostrar quem era o novo machucado do time. No total, foram 16 jogadores na Injured Reserve e lesões que iam e voltavam a todo momento.

Com a demissão de Harold Nash, responsável pelo condicionamento físico, e a promoção de Moses Cabrera, até então assistente de Nash, esse problema melhorou e muito.

Quando olhamos na OL titular de 2015 vemos:

Titulares da Linha Ofensiva Patriots 2015

Foram 4 jogadores diferentes usados como LT; 3 diferentes como LG; 2 como Center; 2 como RG; 4 diferentes como RT, somando 13 formações titulares distintas da linha ofensiva em 2015.

Já na de 2016:

Titulares da Linha Ofensiva Patriots 2016

Foram 2 jogadores como LT; 1 jogador como LG; 1 como Center; 2 como RG e 2 como RT.

Somando 3 formações diferentes, sendo que da semana 2 para frente, só não repetimos a formação na S5 com Fleming no lugar do Cannon.


Temos sim um dos melhores coaches de linha ofensiva fazendo um trabalho tremendo para nós. Mas o esforço e talento dos jogadores, junto com a melhora no preparo físico e diminuição das lesões, fazem dessa OL 2016 muito melhor do que a do ano passado.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.