Danny Etling: adaptar para sobreviver?

Danny Etling

As coisas mudam rapidamente na NFL. Algumas mudanças são esperadas, outras pegam todos de surpresa, como foi o caso da estréia de Danny Etling no training camp 2019 dos Patriots.

A surpresa decorreu do fato de que Etling participou do treino, mas não como quarterback.

Danny Etling: adaptar para sobreviver?

Com cada quarterback draftado pelos Patriots vem de brinde a pergunta: “será este o sucessor de Tom Brady?” Com Danny Etling não foi diferente.

No entanto, o primeiro ano de Etling na NFL quase que sepultou as esperanças de que estejamos diante do herdeiro do melhor quarterback de todos os tempos.

Em 2019, em sua segunda offseason, Danny não mostrou muito que pudesse alterar a percepção sobre ele gerada na temporada anterior. No minicamp, por exemplo, ele praticamente não lançou passes nas atividades do time.

2019 teve ainda mais um golpe nas esperanças de Danny: os Patriots selecionaram Jarrett Stidham no draft.

A dúvida passou então a ser sobre a quem caberia o posto de terceiro quarteback do time atrás de Brady e Hoyer: Etling ou o calouro Stidham?

Essa questão foi respondida no primeiro minuto do primeiro treino do training camp, quando Etling entrou em campo sem a camisa vermelha tradicional dos quarterbacks, que significa que aquele jogador não pode ser alvo de contato físico.

Sem a “non contact jersey”, Danny perdeu o posto de terceiro quarterback para Stidham, e passou a gerar especulações sobre em que posição iria tentar se encaixar para continuar na luta por uma vaga no elenco.

Inicialmente se pensou em special teamer, mas quando as atividades de posição tiveram início, vimos Danny Etling se juntar primordialmente aos wide receivers (ainda que posteriormente tenha participado de algumas atividades dos times especiais).

Será que os Patriots estão diante de um novo “Julian Edelman”, que entrou na NFL como quarterback para posteriormente fazer a transição para wide receiver? Calma.

Inicialmente, trata-se de uma conversão dificílima. Raros são os casos em que o atleta muda entre posições tão distintas e obtém sucesso profissionalmente.

Segundo, porque os traços físicos de Etling, com exceção de sua altura, não são exatamente os exigidos para um recebedor.

No Combine, Danny teve um tempo de 4,76 segundos no tiro de 40 jardas e 7,09 no 3 cone drill. A título de comparação, os tempos de Edelman nos mesmos exercícios, antes de fazer a mudança para wide receiver, foram, respectivamente, 4,52 e 6,62.

Em terceiro lugar, a concorrência na posição em 2019 é violenta. Julian Edelman, Phillip Dorsett, Demaryius Thomas, N`Keal Harry, Braxton Berrios, Maurice Harris e possivelmente Josh Gordon encontram-se indiscutivelmente acima de Etling no depth chart.

Além deles, Ryan Davis e Gunner Olszewski impressionaram bastante em seu primeiro treino, também se colocando à frente de Danny.

Em seu primeiro treino como wide receiver, Danny Etling não teve nenhuma recepção nas atividades coletivas, nem ao menos mostrou velocidade capaz de intrigar os expectadores sobre a mudança de posição.

O jogador falou sobre sua mentalidade nesse momento de transição:

“Eu acho que eu sempre soube, especialmente na temporada passada, que semana a semana você terá diferentes papéis e responsabilidades. Uma coisa certa no football é que sempre há uma mudança constante. Você definitivamente quer continuar a desenvolver o máximo de habilidades e talentos que você puder para ajudar o time e ajudar seu papel a expandir”.

Ingressos New England Patriots NFL Fã Clube Patriotas

Não é certo, mas é improvável que Etling consiga ficar no time como wide receiver. Certeza mesmo só há no fato de que ele não ficará no time ocupando uma das vagas destinadas aos quarterbacks.

Em sua defesa, deve-se reconhecer que Danny Etling teve coragem e humildade para, diante das dificuldades em sua posição de origem, tentar a mudança. Adaptar para sobreviver.

Mesmo que a troca de posição não sirva para deixar Etling entre os 53 do elenco final, poderá ser útil no sentido de garantir-lhe mais um ano de practice squad, e uma chance de contribuir com o time. Veremos.


Acompanhe a melhor cobertura do training camp dos Patriots no nosso Twitter e Instagram.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.