Destaques de Patriots x Colts

New England Patriots

A partida de Patriots x Colts já está nos livros.

A despeito do time de New England entrar na Semana 15 embalado por sete vitórias consecutivas e descansados após a semana de bye, saiu com a derrota contra o Indianapolis Colts.

Falhas nos três lados da bola e uma demora em responder dentro de campo custaram a vitória e também a Seed #1 na AFC, que ficou mais distante com o 9-5.

Muita coisa precisa ser arrumada para a próxima partida, que definitivamente será a mais importante da temporada.

Porém, ainda falando da Semana 15 que ainda não acabou, nem tudo foi muito ruim.

Confira a seguir.

Destaques de Patriots x Colts

Mac Jones (+)

Começando por um destaque positivo e logo por ele, o signal caller do time.

Em Patriots x Colts, mais uma vez, Mac Jones mostrou que é duro na queda.

O primeiro tempo foi muito difícil para os Patriots, o ataque teve sua participação nisso, incluindo Mac Jones.

Jones lançou duas interceptações, sendo uma na red zone, que colocou fim a uma campanha na qual os Pats poderiam ao menos ter marcado três pontos do FG.

Mas isso não abalou Mac Jones, que ressurgiu no terceiro drive, ainda liderando o time para dois TDs no último quarto.

Foram 26/45 passes, para 299 jardas, 2 TDs e 2 INTs.

A quantidade de passes tentados entrega o fracasso do jogo corrido, mas a quantidade de 26 passes recebidos é boa.

Mac foi pressionado em 31,9% dos drop-backs. Não coincidentemente, nas 5 derrotas do New England Patriots, ele sofreu mais de 30% de pressão nos drop-backs.

Ainda, Jones tinha em média 3,13 segundos com a bola antes de lança-la. E ainda assim liderou bem o ataque no segundo tempo.

Linha ofensiva (-)

Ao contrário do que foi visto no primeiro jogo contra Buffalo, em Patriots x Colts a linha ofensiva foi completamente dominada nas trincheiras.

O jogo corrido foi pouco acionado após alguns erros de execução do ataque, como por exemplo, o tackle que Wynn deu em Stevenson para a perda de 3 jardas.

O fato da linha ofensiva não estar funcionando bem pode ter sido um dos motivos que fez Josh McDaniels abandonar o jogo corrido.

Contudo, mais chamadas de passe, chamou mais pressão, o que a linha também não segurou tão bem.

Isaiah Wynn, o maior perdedor dentre os 5 homens da OL, cedeu 1 sack, 3 hurries e 4 pressões. No total, foram 11 pressões cedidas pelas OL. Inclusive de Mason e Andrews, que costumam sair “limpos” das partidas.

Faltas (-)

Não é a primeira vez que a questão faltas aparece dentre os pontos negativos do time em alguma partida.

Em Patriots x Colts foram oito penalidades que custaram aos Patriots 50 jardas.

As faltas incluem false star, delay of game, bloqueio ilegal pelas costas e interferência de passe ofensivo.

A indisciplina custa caro, pois complica a vida do time quando em boas posições no avanço do campo.

Defesa contra o jogo corrido (-)

Era sabido que seria uma partida difícil contra o jogo corrido adversário, afinal, o Indianapolis Colts possui o melhor RB da liga no momento.

Jonathan Taylor, sozinho, teve 29 carregadas para 170 jardas, e marcou o derradeiro TD de 67 jardas no fim da partida.

No total, os Colts tiveram 39 carregadas para 226 jardas.

A defesa falhou nos fundamentos, na leitura da chamada pré-snap, e no segundo nível com os LBs.

Tudo é ajustável, claro!

Special Teams (-)

Responsável por 10 pontos tomados em Patriots x Colts, o Special Teams deixou a desejar.

Não somente no punt bloqueado, as coisas não pareceram favoráveis desde o início da partida, quando Gunner Olszewski sofreu um fumble no retorno de kickoff, mas a bola saiu pela lateral do campo antes de ser recuperada.

E então, o punt bloqueado. E não apenas isso. Bailey não foi bem o suficiente como usualmente é, não demonstrando tanta força e distância em seus chutes, o que sempre deixou os Colts em uma posição confortável em campo.

Alfim, Brandon King cometeu um false start em um chute de field goal dos Colts, no qual Michael Badlgey havia errado o primeiro chute, mas acertou no segundo.

Belichick e Cam Achord têm um longo trabalho durante a semana.

Hunter Henry (+)

Para finalizar, o homem de segurança de Mac Jones na red zone e também fora dela.

Henry liderou as recepções do ataque em Patriots x Colts, com 6 recepções para 77 jardas e 2 TDs.

Com 9 TDs totais, Henry já atingiu a melhor meta de TDs marcados de sua carreira.

E que bom que Mac pode contar com Henry.

Para a próxima semana, no momento, os Patriots possuem apenas 2 WRs saudáveis no 53-man roster.

Agholor e Harry sofreram uma concussão na partida de sábado e Kendrick Bourne foi colocado na COVID-list na segunda-feira, sobrando apenas Jakobi Meyers e Gunner Olszewski.

A semana poderá ser dura para New England.

______________________________________________________________________________

Siga o Patriotas no Twitter e também no Instagram!

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.