Destaques do segundo dia do NFL Combine 2019

NFL Combine 2019

Dando sequência à nossa série de posts sobre os principais momentos do NFL Combine 2019, ontem foi o dia mais aguardado por muitos. Quarterbacks, wide receivers e tight ends foram a campo para os drills.

NFL Combine 2019: Quarterbacks

Kyler Murray, vencedor do Troféu Heisman e principal assunto antes do início oficial das atividades, decidiu não participar de nenhum dos exercícios, mas outros prospectos mostraram seus talentos para os scouts, jornalistas e torcedores presentes em Indianapolis.

Como aprendemos com um certo ex-camisa 10 de Michigan, o desempenho de um futuro quarterback da NFL no Combine não determina o seu sucesso na liga. De qualquer forma, não deixa de ser interessante acompanhar como os principais prospectos se portam tanto nos drills físicos quanto nos exercícios de lançamento. O Combine é, além de tudo, um importante primeiro contato dos calouros com o ambiente profissional e a pressão dele decorrente.

Provável escolha de primeira rodada, Dwayne Haskins, de Ohio State, lançou passes em profundidade e mostrou ter um braço muito potente.

Outro prospecto que gera expectativa entre os QBs e pode ser selecionado na primeira rodada, Drew Lock, de Missouri, mostrou muita precisão nos passes.

Na parte mais física dos drills, destaque para Trace McSorley de Penn State e Tyree Jackson de Buffalo que marcaram 4.57 e 4.59 segundos no tiro de 40 jardas, respectivamente.

NFL Combine 2019: Tight ends

O destaque disparado da tarde entre os tight ends foi Noah Fant, de Iowa. Ele liderou a posição no tiro de 40 jardas com impressionantes 4.51 segundos, tempo melhor que o de jogadores famosos pela velocidade como o WR DeAndre Hopkins. Noah foi também o melhor tight end no salto vertical, salto em altura e three cone drill. Domínio absoluto.

Com a aposentadoria de Rob Gronkowski no horizonte, muitos acreditam que Bill Belichick e o restante da comissão estejam buscando um substituto para a posição, e a provável dispensa de Dwayne Allen reforça essa possiblidade. Muitas estimativas de draft colocaram Noah Fant como uma escolha que faria muito sentido para os Patriots na primeira rodada. Resta saber se este desempenho fantástico despertará o interesse de outras franquias que escolherão antes de New England.

T.J. Hockenson, outro tight end de Iowa cotado para ser uma escolha de primeira rodada, não impressionou pela velocidade, correndo as 40 jardas em 4.71 segundos, mas teve performance excepcional em todos os outros exercícios, se credenciando como um prospecto de muita força física e enorme potencial para ser escolhido cedo.

NFL Combine 2019: Wide Receivers

Reconhecidamente a posição com os jogadores mais velozes da liga, os wide receivers sempre chamam atenção no tiro de 40 jardas. Este ano não foi diferente. Paris Campbell, de Ohio State, conseguiu o belo tempo de 4.31 segundos para se tornar o mais veloz neste exercício em 2019. de acordo com a marcação oficial.

O tempo foi melhor que o de wide receivers consagrados como Antonio Brown, Odell Beckham Jr. e Julio Jones.

Outra marca de destaque entre os recebedores foi a de Mecole Hardman, de Georgia, que correu para 4.33 segundos. D.K. Metcalf, de Ole Miss, chamou atenção no salto vertical atingindo 40.5″, pouco mais de 1 metro, e também conseguiu os mesmos excelentes 4.33 segundos nas 40 jardas.

Algum tempo depois do encerramento das atividades do dia, a imprensa americana começou a relatar que o tempo do WR Andy Isabella, de UMass, inicialmente apontado em 4.56 segundos foi marcado de forma incorreta pelo laser utilizado pela NFL. O sistema de métrica utilizado pelos times durante o Combine indicaria uma impressionante marca de 4.27 segundos, a melhor do ano. A NFL corrigiu o tempo dele para os 4.31 também atingidos por Paris Campbell, empatado portanto com a melhor marca.

Wide Receiver também é uma posição que interessa aos Patriots e já há alguns prospectos sendo analisados mais de perto. Durante a semana foi divulgado que alguns WRs já se encontraram ou ainda se encontrarão com a comissão técnica, incluindo Isabella.

É sempre difícil prever o que Bill e companhia farão, mas como temos o excelente problema (já que causado por mais um Super Bowl conquistado) de escolher por último, os destaques do Combine dificilmente pintam em Foxborough. De qualquer forma, continuaremos de olho, até para entender os caminhos que a liga toma.

Amanhã é dia de analisar os prospectos de linha defensiva e linebackers.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.