Destaques positivos e negativos dos Pats na S1

Tivemos na semana 1, um jogo incrível, daqueles que se você não percebeu que a NFL voltou, agora não tem mais como! A vitória veio para os Pats no último lance, mas analisando a partida, temos pontos positivos e negativos a serem destacados.

Destaques positivos dos Pats

Jimmy Garoppolo

Claro! Não tinha como começar de outra forma. Jimmy mostrou ao mundo todo que é um quarterback.
Seus números foram: 24 passes acertados de 33 tentados (72,7%), 264 jardas e 1 touchdown.

Porém não são só os números que mostram que ele foi bem. Garoppolo acertou passe curto, passe longo e mais do que tudo, mostrou uma tranquilidade no pocket que poucos conseguiriam.

A todos que estavam com aquele medo na espinha com Jimmy, a semana 2 será de mais confiança após a apresentação do QB.

LeGarrette Blount

Sim, Blount teve aquele fumble horrível, mas vimos um running back diferente daquele que tanto reclamamos no ano passado. Ele parece sim estar mais ágil e não está perdendo tanto tempo parado encontrando um caminho para correr.

Obviamente não podemos deixar de destacar sua força. Blount é um trator correndo e mesmo o forte front 7 dos Cardinals sofreu para segurar o RB. Aquele TD arrastando 6 jogadores da defesa, é pra fazer um quadro com a foto!

Julian Edelman

Que diferença faz Julian Edelman em campo. O começo avassalador do ataque dos Pats teve um nome: Incredelman.

Jules foi a fonte de segurança de Jimmy e não só recebeu como correu em diversas oportunidades, sem contar o bloqueio monstruoso em uma das corridas de Blount. No jogo todo, foram 7 passes em sua direção e 7 bolas agarradas para 66 jardas.

Special Teams

O final do jogo nos provou o quanto a “neura” de Belichick com o special teams não é exagerada.

Gostkowski e sua turma foram incríveis na partida. Nos momentos em que o ataque não conseguiu finalizar o drive com touchodown, Gost veio e colocou a bola no meio do Y.

E não foram chutes fáceis, 2 dos 3 acertados foram para mais de 45 jardas!

Além do bom trabalho no field goal, vimos um ótimo desempenho dos jogadores nos kickoffs. Gostkowski estava perfeito, forçando o retorno e contando com o seu rápido grupo que chegava e anulava o avanço antes da linha de 25.

Destaques negativos dos Pats

Turnovers e Faltas

Esses dois quesitos quase nos custaram a vitória. Drives em que o ataque caminhava bem foram interrompidos por faltas bestas, principalmente vindas da linha ofensiva e por turnovers que custaram pontos no placar para a equipe de Arizona.

Foram 2 fumbles perdidos que deram 14 dos 21 pontos para os Cardinals. Esses dois problemas se aprendem e se melhoram nos treinos, então esperamos um trabalho forte da comissão técnica nessa semana.

Secundária

Falamos isso no pré-jogo ao vivo. O trabalho da secundária era de extrema importância nesta partida. Temos um dos melhores grupos dos últimos anos mas os jogadores não entregaram o que se esperava em campo.

Butler sofreu em algumas bolas e, principalmente, Logan Ryan, que não conseguiu parar Fitzgerald no final da partida. Sim, Fitz é um dos melhores WRs da NFL, mas nós temos que achar uma forma de parar esses jogadores, principalmente nos momentos decisivos.

Faltou também uma ação da comissão técnica. Já que não estava funcionando, poderiam ter alternado os marcadores por exemplo para quem sabe melhorar o que não estava bom.


Nós queremos a sua opinião Patriota, concorda com os pontos acima? Adicionaria mais algum? Dê sua opinião!

Já somos mais de 5 mil pessoas no twitter, junte-se a nós!

Foto capa: Patriots.com

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 4 comentários

  1. Sinceramente, não sei se dá para criticar muito a secundária. As recepções do Fitzgerald no último quarto estavam com uma ótima cobertura. Foi mais mérito dele do que demérito dos corners. No geral nenhum dos WRs do Cardinals alcançou 100 jardas, o que é algo positivo. Além dos turnovers acho que o nosso outro ponto negativo foram os nossos tackles. No maior avanço do Fitzgerald ele quebrou alguns tackles. Na corrida de 45 jardas do David Johnson ele quebrou tackles atrás da linha de scrimmage.

    1. O Butler eu n acho que tem como criticar mto, ele tava com cobertura boa, mas o Ryan realmente tava dando espaço DEMAIS, toda hora ele tava em uma distância muito longa do recebedor.

  2. Eu não sou admirador dos nosso CBs! Acho eles fracos e limitados! Espero estar cornetando aqui e que eles queimem minha língua. Mas em situações “clutch” não podemos contar com ela! Fitz é uma das melhores mãos de recebedores da NFL mas ele comeu com farinha nossos CBs!
    Bom, vamo que vamo que a temporada é longa e tenho certeza que vamos ao SB! Acho a AFC fraca pra gente! Somos melhores que todos!

  3. Sempre achei os CB do Pats limitados, principalmente quando enfrentamos WR atléticos, por escolha da comissão técnica nossos CB na sua maioria são menores e mais ágeis, dão muito espaço na marcação pela limitação de altura frente a WR maiores, gerando muito espaço pra rotas que eles voltam pro QB, Butler por ser mais agressivo reduz essa deficiência já Ryan não. Gostaria de ver outra dupla de CB como Butler e Cyrus!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.