Disputas No Elenco Dos Pats 2020: Running Backs

Os treinos “de verdade”, ou seja, com full pads, dos Pats estão previstos para começar dia 17/08 (segunda-feira), ocasião em que os jogadores vão disputar uma vaga para o elenco final.

Sem mais delongas, hoje falaremos sobre nosso último disputas no elenco dos Pats e traremos nossa projeção para o backfield.

Disputas No Elenco Dos Pats 2020: Running Backs

Os Pats possuem um time de running backs sólido, que não deve vir diferente da última temporada, afinal apenas um RB foi contratado como UDFA, além da recém-chegada do veterano Lamar Miller.

A diferença neste ano deve ocorrer na posição de fullback, com a aposentadoria de James Develin.

Atualmente, o depth chart do New England Patriots conta com 7 jogadores no backfield:

  • James White
  • Sony Michel
  • Rex Burkhead
  • Damien Harris
  • J.J. Taylor
  • Lamar Miller
  • Jakob Johnson (FB)

Assim, dividiremos esses jogadores em três categorias: os já garantidos no elenco final, os que estão na disputa e os que correm por fora.

Garantidos no elenco final

Aqui não teremos muito mistério.

O RB James White, que vai para o seu último ano de contrato, tem seu lugar de confiança cativo no ataque. Com sua versatilidade, White é arma importante no jogo corrido e também recebendo passes curtos. Além disso, White tem sido um pilar no grupo dos running backs, recebendo bem os novos colegas e dando dicas sobre o dia a dia em Foxboro.

Outro jogador que conquistou seu espaço desde seu ano de calouro foi Sony Michel. Em 2019 o jogador não teve o mesmo rendimento que teve como rookie em 2018, mas não era possível estabelecer um jogo corrido em 2019 com tantos problemas na OL.

Michel já passou por uma artroscopia no joelho em 2019 e também fez uma cirurgia no pé nessa offseason. Com isso, o jogador foi posto na PUP List e não está liberado para treinar, mas com certeza estará no roster final.

PATS
Patriots running backs Brandon Bolden, Sony Michel e James White. O primeiro não irá participar da temporada por conta do covid-19.

Na disputa

Indo para o seu quarto ano no New England Patritos, Rex Burkehad conquistou seu espaço aparecendo em momentos chave, além de também ser versátil recebendo a bola e atuando nos special teams. O que atrapalha o jogador são as lesões. Em 2018 passou boa parte da temporada na IR e em 2019 perdeu 3 jogos por lesão no pé.

No começo de julho, Burkhead reestruturou seu último ano de contrato com os Pats, liberando $1 milhão de dólares no cap, o que não significa necessariamente que o jogador já está garantido no elenco, mas certamente ganhou crédito com Belichick.

Já falamos aqui que Damien Harris pode ser um seguro para a posição em 2020. Harris não teve oportunidades em seu ano de calouro, mas com Michel passando por recuperação e também levando em conta os ajustes que a OL deve sofrer para este ano, é esperado que Damien tenha a oportunidade de trazer para os Pats um RB sem medo de enfrentar bloqueadores na hora da corrida, que sabe se utilizar de sua força sem deixar de proteger a bola.

PATS
Damien Harris em Pats x Jets no MetLife Stadium.
Créditos: Steven Ryan/Getty Images

A questão Jakob Johson é interessante. O alemão, que está na NFL via NFL’s International Pathway Program, teve oportunidade de integrar o roster na última temporada, jogou 3 partidas e até fez uma recepção para 5 jardas. Mas sofreu uma lesão no ombro na Semana 6.

Nessa offseason, Johnson treinou como tight end com Dalton Keene, uma das escolhas dos Patriots no Draft 2020. Sabemos que a comissão técnica gosta muito de um FB capaz de fazer recepções, e agora sem a opção de ter Danny Vitale, é praticamente certo que Jakob terá uma segunda chance.

Corre por fora

O jogador não draftado J.J. Taylor tem qualidades que impressionam. Apesar de baixinho, Taylor tem velocidade, atua como kick returner e em 2018 teve uma temporada com mais de 1000 jardas terrestres percorridas. O que dificulta para Taylor é o fato do time ter um grupo que já possui experiência na equipe e o pouco tempo para se habituar e treinar com o time. Assim, nesse momento, o practice squad aparenta ser uma opção mais viável.

Recém-chegado no elenco dos Patriots, o veterano Lamar Miller chega nos Pats de supetão, mas sua vinda pode fazer sentido.

A última vez que Lamar Miller jogou foi no ano de 2018 e o jogador conseguiu 210 carregadas para 973 jardas, 5 TDs terrestres e 25 recepções para 163 jardas e 1 TD aéreo. Em 2019, o jogador rompeu o ACL que o deixou de fora de toda a temporada.

A questão aqui é a seguinte: o New England Patriots tem a incerteza quanto à disponibilidade de Sony Michel para a Semana 1, pois o jogador está na PUP list.

Miller pode auxiliar durante os treinos e, antes de cravar algo com relação ao jogador, o time precisa ver como o RB retorna de sua lesão. Ter um jogador com a experiência de Miller com duas temporadas com mais de 1.000 jardas corridas é um bom negócio para os Pats. É como um win-win para ambas as partes.

Projeção final do grupo de RBs dos Pats

No ano de 2019, os Pats fecharam o roster com 5 running backs + o fullback James Develin. Porém, neste ano essa é a projeção final para o grupo de running backs:

  • James White
  • Sony Michel
  • Rex Burkhead
  • Damien Harris
  • Jakob Johnson (FB)

________________________________________________________________

Concordam ou discordam? Deixem suas opiniões nos comentários e em nossas redes sociais. Já nos seguem no Instagram?

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.