O que poderá dar dor de cabeça aos Patriots em 2017?

Patriots

O atual elenco dos Patriots é considerado o mais forte da franquia desde 2007.

Porém, como não existe um “time perfeito” e não queremos passar a imagem aos leitores de que só há maravilhas para 2017, viemos hoje destacar alguns quesitos que poderão dar dor de cabeça aos Pats.

O que poderá dar dor de cabeça aos Patriots em 2017?

A demora para o pass rush engrenar

A linha defensiva de New England foi o setor da equipe que mais sofreu mudanças na offseason. Jabaal Sheard e Chris Long deram lugar a Derek Rivers, Deatrich Wise, Kony Ealy e Lawrence Guy.

Somado a isso, Rob Ninkovich deverá atuar cada vez mais como linebacker – função que vem exercendo com mais frequência no decorrer dos últimos anos.

Portanto, o parceiro de Trey Flowers (absoluto na posição) será um dos três introduzidos ao time neste ano – Guy atuará mais no interior.

Uma demora de encaixe no setor não seria uma surpresa, assim como ocorreu ano passado.

A ausência de Logan Ryan

Para todos os jogadores que deixaram o time na free agency, outros da mesma posição foram trazidos. No caso específico, a saída de Logan Ryan teve como reposição – até mesmo de um nível superior – o ex-Bills Stephon Gilmore.

Todavia, mesmo ambos sendo cornerbacks, suas funções em campo são diferentes. Ryan finalizou a temporada sendo o slot corner dos Pats, após Eric Rowe não conseguir ir bem na função.

Já Gilmore chega para ser o outside cornerback dos Patriots, responsável por marcar o melhor wide receiver adversário.

No elenco, para a função de slot CB, New England tem Cyrus Jones, que não passa confiança, e Jonathan Jones, que apesar de estar fazendo essa função nos treinos, só jogou pelos special teams em 2016.

Os linebackers contra RBs versáteis

O grupo de linebackers dos Pats será um dos melhores de acompanhar nesta temporada. O setor conta com uma estrela (Dont’a Hightower), um veterano renomado (David Harris) e outros três entrando no segundo ano de time (Elandon Roberts, Shea McClellin e Kyle Van Noy), além de Jonathan Freeny e o UDFA Harvey Langi.

Apesar de não ser um grupo que se sobressaia no elenco, as formações que poderão ser montadas com cada peça abrem um leque de possibilidades para Matt Patricia.

Contudo, quando enfrentando dois RBs versáteis, como a dupla Devonta Freeman e Tevin Coleman, do Atlanta Falcons, os Pats deverão estar atentos.

Isso porque alinhando Hightower ao lado de Harris, a defesa ficaria em desvantagem com a falta de velocidade do combo, dando espaço para os corredores adversários conquistarem jardas.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem um comentário

  1. Como sempre nossa maior preocupação é a defesa. …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.