É hora de se preocupar com Sony Michel?

Sony Michel

Depois de muitos questionamentos sobre sua escolha no 1º round, Sony Michel fez uma grande temporada de estreia na NFL e nos deixou com a certeza de qualidade no backfield de New England pelos próximos anos.

Chegou 2019 e, após 3 rodadas, já é possível perceber a preocupação crescendo nos torcedores: Sony Michel não manteve o padrão da última temporada.

Resolvemos dar uma olhada nos números do running back para tentar chegar à conclusão sobre se há realmente motivos para preocupação.

É hora de se preocupar com Sony Michel?

Início de temporada

Passados 3 jogos, resolvemos comparar o início de temporada de Michel com o da temporada passada, seu primeiro ano na liga.

Michel não jogou a semana 1 de 2018. Então seus primeiro 3 jogos foram:

Semana 2, @Jaguars: 10 corridas, 34 jardas.

Semana 3, @Lions: 14 corridas, 50 jardas.

Semana 4, Dolphins: 25 corridas, 112 jardas, 1 TD.

No total, 49 corridas, 196 jardas e 1 TD, com uma média de 4 jardas por corrida.

Já em 2019, vimos até aqui:

Semana 1, Steelers: 15 corridas, 14 jardas.

Semana 2, @Dolphins: 21 corridas, 83 jardas, 1 TD.

Semana 3, Jets: 9 corridas, 11 jardas, 1 TD.

Chegamos a um total de 45 corridas, 108 jardas e 2 TDS, com uma média de 2,4 jardas por corrida.

De cara percebemos que houve uma queda vertiginosa na média de jardas por tentativa de Sony. Em 2019, o running back viu sua média cair quase à metade.

Há outros culpados pela queda de desempenho?

Podemos dizer que a queda de rendimento de Sony não é culpa exclusiva do running back. Outros fatores relacionados ao elenco estão contribuindo para a diminuição na produção do camisa #26 de New England.

Um deles é a linha ofensiva. Se em 2018 tivemos um ano de estabilidade no setor, 2019 começou com diversos problemas.

O center David Andrews está fora da temporada para tratar de problemas de saúde. O right tackle Marcus Cannon se lesionou na semana 1 e perdeu o segundo jogo. Já Isaiah Wynn, que herdou o posto de left tackle, foi posto na injured reserve e já perdeu duas partidas.

Jogadores novos no elenco tiveram que assumir o papel dos ausentes, e o entrosamento de uma linha ofensiva não é algo que se consiga de uma hora para outra.

Outro fator é a lesão do fullback James Develin. O paredão de New England se lesionou na segunda partida e, após ficar de fora do terceiro jogo, foi posto na injured reserve. Todos sabemos como Develin é competente em abrir espaços para corridas.

Por fim, os Patriots perderam simplesmente um dos melhores tight ends bloqueadores da história. A aposentadoria de Rob Gronkowski deixou um vácuo na posição de tight end. Os jogadores presentes no elenco nem de longe se aproximam do talento de Gronk bloqueando para corridas.

Ingressos New England Patriots NFL Fã Clube Patriotas

Se repetir a evolução de 2018, Sony Michel vai melhorar

O início de 2018 de Sony, ainda que melhor que o de 2019, não foi espetacular. No entanto, nos playoffs, Michel teve um desempenho fora de série, batendo o recorde de touchdowns em playoffs por um running back novato.

O jogo terrestre de New England explodiu na pós-temporada e o time impôs sua vontade no jogo terrestre, muito graças a Michel.

Assim, o início lento este ano não deve ser motivo de grande preocupação, já que, quando a linha ofensiva se reestruturar, a tendência é que Sony consiga mais espaços e tente se aproximar do desempenho que rendeu tantos frutos aos Patriots na pós-temporada.


Acompanhe o Patriotas no Instagram clicando aqui.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.