Entenda como a demora em definir o QB pode prejudicar os Pats

pats

A menos de um mês para o chamado “Ano Novo” da temporada 2021 da NFL, quando começa a free agency, os Pats continuam com a situação na posição de quarterback completamente indefinida, com somente Jarrett Stidham e Jake Dolegala sob contrato para o ano.

Embora esteja examinando agressivamente o mercado de trocas, New England ainda não “puxou o gatilho” para trazer nenhum signal caller, principalmente por esbarrar nos preços inflacionados pedidos pelas outras franquias.

Contudo, segundo o jornalista Jeff Howe, do The Athletic, os Pats e Bill Belichick estão analisando todos os nomes possíveis para troca, ou seja, nenhuma opção foi descartada, tampouco a volta de Cam Newton, apesar de, neste momento, ser improvável.

Todavia, os Pats ainda não fizeram nenhuma investida pesada, e estão esperando os preços se normalizarem para não ter que dar um indesejável overpay.

Não obstante essa postura mais conservadora de Bill Belichick seja plausível, é importante que os Patriots tenham em mente que uma demora demasiada pode causar um efeito dominó no planejamento da franquia, especialmente no que tange a free agency.

Com cerca de $63M projetados para poder gastar na agência livre, é esperado que os Pats sejam bastante ativos no mercado, tentando reforçar o elenco em posições de extrema carência, como wide receiver e tight end.

Porém, para trazer os melhores disponíveis, New England terá que batalhar com outras franquias, e muitas vezes somente a questão salarial não é o suficiente para convencer um recebedor, haja vista que sua produção está diretamente relacionada com quem o lançará a bola.

Logo, caso os Pats entrem na free agency sem ter resolvido quem será seu quarterback, isso poderá afastar os “peixes grandes” de Foxborough. E um exemplo é o tight end Hunter Henry, o melhor da posição que poderá testar o mercado, cujo comentou sobre seu futuro em entrevista recente:

“Eu quero jogar em algum lugar onde tenha um bom quarterback. Isso é importantíssimo para mim. Facilita bastante as coisas.”

Portanto, New England possivelmente largará atrás dos concorrentes para atrair os atletas mais renomados. Uma forma de compensar essa desvantagem é pagando a mais do que o previsto e recomendado, fazendo “propostas irrecusáveis”, o que certamente não é o estilo de Belichick.

Assim, Bill precisará saber equilibrar muito bem suas ações, pois o overpay que ele deseja fugir no mercado de troca de quarterbacks, poderá sair mais caro na free agency, e com juros de mora.


Acompanhe o Patriotas no Instagram para todas as informações dos Pats!

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.