Eu sou Patriota : Felipe Von Zuben

Hoje estou aqui para a coluna Eu Sou Patriota, mas não como Felipe integrante do site e sim como o torcedor Felipe que é apaixonado por futebol americano.

Eu sou Patriota : Felipe Von Zuben

Vou falar um pouco desta minha viagem para o estado do Texas, um lugar onde como eles mesmo dizem: football is religion!

Viajamos eu e minha noiva Naiara e infelizmente (ou não) para ela, o roteiro foi repleto de visitas e atrações onde o futebol americano estava presente!

Nossa primeira influência do esporte começou logo na chegada ao aeroporto de Dallas onde na imigração nos foi perguntado o motivo principal da viagem.

Eu logo respondi: Viemos para o jogo dos Patriots!

Prontamente veio a resposta da oficial: Não, você veio para o jogo dos Cowboys! – Com um sorriso no rosto mostrando que a provocação saudável da torcida já começaria ali!

Após isso pegamos um carro e viajamos por 3 horas para o sul do estado até a cidade de Austin. Cidade que vem se colocando no mapa com eventos importantes como o X Games e a etapa americana de formula 1, mas que não pode fugir de sua raiz que é ser a cidade da universidade do Texas, a UT Longhorns.

Passamos pelo campus e pelo estádio que é absurdamente lindo, quase inacreditável que uma universidade tenha um complexo maior e mais organizado do que uma equipe profissional de soccer aqui do Brasil! Esta foi a primeira de 3 universidades que visitamos e não imaginávamos que veríamos tanta coisa linda!

foto-UT

Ainda em Austin fomos até a exposição do Hall Of Fame da NFL que está postada até 2016 na cidade junto com o principal museu.

É uma exposição pequena mas com muitos detalhes legais, como camisas utilizadas em momentos de recordes e algumas atrações interativas. Nos divertimos bastante na cabine de replay dos árbitros -onde você deve ver o replay de uma jogada e decidir se foi first down ou não – e também tentando entender a chamada da jogada do treinador ouvindo pelo capacete, que até para quem tem inglês avançado é complicado de entender!

Ainda na exposição, vimos algo muito interessante, eles fizeram réplicas dos braços e pernas de jogadores, para você comparar com o seu tamanho. Isso foi impressionante, ninguém ali presente no momento chegou perto de ter membros de tamanho parecido dos apresentados!

exposicao-nfl

Nossa viagem continuou com nossa passagem pela cidade de Waco, casa da universidade de Baylor (local onde RGIII estudou). O complexo fica bem ao lado da estrada principal e apesar do estilo arquitetônico ser bem diferente da UT, é sem dúvidas a mais bonita que vimos. Muito bem planejada e com espaço de sobra, o campus dá vontade de voltar a estudar até para quem já se formou!

Mais uma cidade, mais uma universidade, TCU (Texas Christian University) em Fort Worth. O campus mais simples que vimos, sem muito luxo mas bem feita (como tudo no USA). O estádio está em obras e pelo que vimos estão construindo uma nova entrada para os torcedores. Por estar bem mais perto de Dallas, esta foi a maior torcida que vimos durante os dias da viagem. Ficamos 3 dias pela redondeza e observei muitas pessoas usando camisetas e acessórios de TCU. Universidade aliás em que estudou Andy Dalton, quarterback dos Bengals.

No sábado em Dallas tivemos a oportunidade de visitar a State Fair of Texas, uma espécie de feira agropecuária onde aconteceu o Red River Bowl entre Texas x Oklahoma.

Apesar do calor intenso e da multidão de pessoas presentes no local, foi interessante ver como os jogos universitários movimentam a paixão das pessoas por lá. O local estava tomado por torcedores de Oklahoma (estado vizinho ao norte) e vimos desde crianças até senhores de idade presentes com sua camiseta, rosto pintado e sua paixão pela universidade que estudou!

redriver

Chegamos em Arlington na quinta feira e tinhamos o tour do estádio para fazer. Porém estávamos atrasados e foi uma verdadeira corrida contra o tempo pelas estradas e ruas da cidade para chegarmos no estádio antes das 4PM. Chegamos as 3:45PM e entramos direto para o tour. Infelizmente entendemos errado a informação de horário e após 5 minutos de visita, tivemos que parar a visita! Achávamos que poderíamos entrar até as 4, mas na verdade só se podia ficar no tour até as 4.

Porém isto fez com que víssemos o quanto os americanos são responsáveis e preocupados com o que vendem/proporcionam aos seus clientes. O responsável pelo campo percebeu que só tivemos 5 minutos e de vontade própria veio falar com a gente sobre o acontecido.

Resumindo esta história, um dos gerentes do Cowboys nos deu outro ticket para o dia seguinte pois segundo ele: Nós pagamos pela experiência e não havíamos usufruído dela!

Isso foi muito legal de se ver e apesar de um erro que não era deles, fizeram de tudo para que voltarmos no dia seguinte para aproveitar o passeio!

Feito isso, fomos ao tour do estádio na sexta-feira. Tour que é super barato de se fazer e que vale MUITO a pena. Infelizmente não são todos os estádios da NFL que proporcionam esta visita (Gillette Stadium é um deles) mas recomendo a todos olharem no site do estádio que for visitar e procurar pelo tour.

No AT&T Stadium é especial, pudemos entrar no campo, visitar os vestiários das Cheerleaders e dos jogadores dos Cowboys. Confesso que tentei entrar no visitante para ver se achava algo dos Pats mas estava fechado! rs

tour-stadio

No gramado, artificial, qualquer pessoa vira uma criança. A sensação de estar no meio daquele monstro, com um telão absurdamente grande acima da sua cabeça e estar pisando no logo da NFL é única e indescritível.

Eles liberam você levar bolas para brincar, como eu estava com a minha noiva tive que fazer amizades para aproveitar o momento. Encontrei 2 rapazes do Arizona e em segundos já estávamos fazendo um QB WR x CB. Isso me deu a chance de poder falar que já lancei um touchdown em um campo oficial da NFL! 🙂

Dia do jogo e fomos cedo ao estádio. A partida começaria as 3:30PM e chegamos por volta das 11h30 no estádio. Estacionamos no Walmart que fica ao lado e o mercado estava lotado de torcedores, todos comprando coisas para o tailgate. Nossa surpresa foi ver o número de torcedores dos Patriots que estavam presentes, ali já percebemos que a presença dentro do estádio seria grande e ela se confirmou.

Sentamos bem em frente a entrada do nosso portão e conversamos com um grupo de amigos de Dallas e 3 Canadenses que estavam ali para o jogo de baseball que aconteceria mais tarde.

Após entrar no portão aproveitamos um pouco a “balada” que estava acontecendo no palco fora do estádio e depois fomos para os nossos lugares.

Estávamos na seção 407, fileira 21 lugares 9 e 10.  Lugar bem alto, mas que não atrapalhou nossa visão do jogo. Nas fotos e video a visão parece ser pior, mas podíamos identificar tranquilamente os jogadores em campo e ver as jogadas.

fotos-jogo

Na verdade, para a minha noiva que não é fanática por NFL, foi um bom lugar, pois ela conseguiu ver a partida numa visão mais superior e assim identificar as jogadas e como ela disse: achar a bola mais facilmente.

O clima do jogo foi super tranquilo com a forte torcida dos Patriots gritando o tempo todo. Como disse no podcast, por muitas vezes nós fazíamos mais barulho do que a torcida dos Cowboys.

O telão é sim absurdamente lindo e gigante, ele vira uma televisão para quem está lá mostrando os detalhes e replay das jogadas. A uníca curiosidade é que as imagens do telão são feitas pelos Cowboys, então não tivemos nenhum jogador dos Patriots aparecendo no telão sem capacete em nenhum momento do jogo!

Basicamente os Patriots não estavam lá! rs

Bom para não estender ainda mais este texto que já está longo, deixo minha sugestão para todos guardarem um dinheiro e visitarem um jogo da NFL.

É uma sensação incrível que só indo para saber como é!

Aproveito também para agradecer publicamente minha noiva que aceitou fazer tantos passeios relacionados ao futebol americano mesmo sem ser uma viciada como eu!


 

Se você também quer demonstrar o seu amor aos Patriots, ou qualquer outro assunto que tenha a ver com a nossa tão amada equipe, mande para nós no newenglandpatriotas@gmail.com com o assunto: Eu Sou Patriota!

Lembrando que para ser publicado, o texto não pode conter palavrões, insultos, apologia a qualquer atividade ilegal e claro, um bom português!

Obs: Este não é um artigo original do site Patriotas e é de responsabilidade do seu escritor.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 2 comentários

  1. Desculpe a minha falta de interpretação de testo, mas quando você esta falando sobre visitas a estádios e dia que o Gillette é um deles, quer dizer que ele autorizam conhecer ou não? Obrigado mesmo

    #GoPats

    1. Fala Eduardo! Acho que na verdade meu texto ficou confuso!
      O Gillette Stadium não tem essa opção… infelizmente!

      Abraços e obrigado pelo comentário!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.