Ficar de fora é algo inédito para Ninkovich

É comum ouvirmos que o futebol americano é um esporte violento. Ainda que essa afirmação geralmente venha de pessoas que não acompanham de perto a modalidade, não se pode negar que existe verdade nela.

Com jogadores grandes e fortes e contato constante, é comum que haja lesões. Honestamente, elas acontecem em praticamente todos os jogos. Contusões fazem parte, então, do cotidiano de todos os atletas? Não para Rob Ninkovich.

Ficar de fora é algo inédito para Ninkovich

Rob Ninkovich chegou aos Patriots em 2009, depois de passagens por New Orleans Saints e Miami Dolphins. Em sua primeira temporada em Foxborough, Ninko disputou 15 partidas, ou seja, praticamente toda a temporada. De 2010 a 2015, o defensive end dos Patriots não perdeu um jogo sequer!

Trata-se de um feito notável, ainda mais levando-se em conta que Ninkovich joga na linha defensiva, onde os embates ferozes com a linha ofensiva adversária são constantes.

Em 09 de agosto, durante os treinos em conjunto com os Saints, Ninkovich rompeu o tríceps. Foi a primeira vez que o jogador foi afastado dos gramados por lesão desde sua temporada de calouro, nos próprios Saints.

Ninkovich não esconde que a situação o deixa desconfortável, tendo geralmente evitado o contato com a imprensa. Em uma de suas raras entrevistas desde a lesão, falou:

“Eu estou trabalhando o mais duro possível, me recuperando, tentando voltar o mais rápido possível. Vou continuar trabalhando duro e ver como me sinto.”

Surpreendentemente, Ninko retornou aos gramados poucos dias depois da lesão. No entanto, a expectativa dos médicos é que Rob Ninkovich fique afastado dos gramados até outubro, quebrando a impressionante sequência de jogos consecutivos.

“É muito difícil. Eu não tive que lidar com isso por muito tempo. Estou trabalhando o máximo possível, e tentando fazer a única coisa que eu sei fazer.”

Mesmo limitado, Ninkovich não está parado. Além de poder manter seu treinamento de condicionamento físico, o defensive end está aproveitando o período para trabalhar a parte mental do jogo.

“Você pode assistir aos vídeos, você assiste aos treinos, assiste aos tapes dos jogos e faz o melhor que pode para absorver o que está acontecendo.”

Não há dúvidas de que os Patriots sentirão falta de Ninkovich enquanto ele estiver fora, principalmente pelo fato de outros jogadores da posição, como Jabaal Sheard e Shea McClellin, estarem lidando com lesões.

Esperamos que o “homem de ferro” dos Patriots volte o mais rápido possível para aterrorizar os quarterbacks adversários.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem um comentário

  1. Muito legal o vídeo. Ninko é de ferro mesmo ! e quantas interceptações.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.