Missões na free agency: Renovar com Trey Flowers

flowers

A free agency 2019 do New England Patriots deverá ser bastante movimentada, devido ao alto número de agentes livres do time. Faltando menos de um mês para o início dela, Bill Belichick terá diversas missões. Hoje, analisaremos a primeira delas: estender o contrato do DE Trey Flowers.

Missão #01: Renovar com o DE Trey Flowers

Não tem para onde correr: Bill terá que colocar a mão no bolso para segurar o melhor jogador do front-seven dos Pats nos últimos três anos.

Apesar de não ter sido selecionado para o All-Pro, como Stephon Gilmore, Trey Flowers foi o verdadeiro MVP (quando levamos o significado do prêmio ao pé da letra) da defesa de New England em 2018, afinal, a discrepância de qualidade quando ele estava em campo e quando não estava era gigantesca, como pôde ser observado nas partidas contra Jaguars e Lions. Não é nenhum exagero afirmar que os Pats não teriam chegado tão longe se não fosse a produção em altíssimo nível do defensive end.

Agora, saindo de seu contrato de calouro, Flowers será um dos peixes grandes da free agency. Com 25 anos e dois anéis conquistados, ele terá a primeira chance de assinar um vínculo “com vários zeros” e garantir sua situação financeira pro resto da vida, ainda mais por sua posição ser uma das mais bem pagas da liga, o que aumenta seu potencial de ganho.

Por isso, a negociação para manter Trey não deverá ser fácil, e há até chance da franchise tag ser usada, o que o faria renovar automaticamente com New England por uma temporada, com valores próximos a $18,5M, e daria mais tempo para o time trabalhar numa extensão.

Diante da iminente chegada da free agency, em entrevista recente ao jornalista Jeff Howe, do The Athletic, o bicampeão comentou que dinheiro não é o que o motiva jogar, pelo contrário:

“Ter sucesso, vencer, colocar meu time numa posição para ganhar, essa é minha motivação. Eu jogo futebol americano porque quero vencer. Todo outro resto – o contrato, o dinheiro – nunca me motivou. É assim que eu sempre fui, é assim que serei.”

Vale lembrar que os Patriots costumam trocar estrelas que estão entrando no ano final de contrato, como Chandler Jones, Jamie Collins e Jimmy Garoppolo, para não “sair de mão vazia”. E como Flowers não foi negociado, isso ratifica a informação do próprio Jeff Howe, que em fevereiro de 2018 reportou que o camisa 98 e New England iriam iniciar as conversas sobre um novo vínculo na reta final daquela offseason.

Sendo assim, presume-se que os Patriots entrarão forte no páreo para contar com os serviços do produto da Universidade de Arkansas. Como comparação, ano passado, o DE Danielle Hunter renovou com o Minnesota Vikings por 5 temporadas, recebendo $72M, sendo $40M garantidos. Portanto, espera-se que Flowers assine algo nessa faixa.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 2 comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.