Gilmore vs Julio Jones: 3 razões para escolher o CB

Primeiramente é importante frisar que essa história não passa de uma suposição. Não necessariamente os Patriots precisam se desfazer de seu melhor jogador para trazer o WR, no entanto iremos discorrer esse tema: Gilmore vs Julio Jones: razões para escolher o CB hoje.

Instagram Fã Clube Patriotas

1 – Gilmore já está adaptado ao esquema

The Immediate Impact of Losing Stephon Gilmore -

Decerto a primeira coisa que se fala a respeito dos WRs dos Patriots é sobre o quão difícil é se adaptar ao complexo playbook ofensivo de New England.

Dessa forma, qual a garantia de que o futuro HOF teria uma boa adaptação ao esquema já estabelecido por Belichick e Cia?

Com toda a certeza é óbvio que Julio Jones é uma ameaça em qualquer circunstância, no entanto nessa hipotética troca esse fator seria um empecilho.

Enquanto o veterano recebedor teria um tempo de adaptação, Gilmore seria a pedra fundamental da defesa desde a semana 1.

Assim sendo, Gilmore seria essencial para que os reforços trazidos para o front 7 pudessem render seu melhor, visto que o camisa 24 praticamente anula o melhor recebedor adversário.

Não à toa o DB acumulou ao longo das últimas 3 temporadas 43 passes defendidos e 9 interceptações, além de vencer o prêmio de Defensor do Ano em 2019.

2 – WRs bons são essenciais, mas um ótimo CB é insubstituível

Agent's Take: Julio Jones is poised to break the bank, but here's how a new  contract could compare to Antonio Brown - CBSSports.com

De fato Julio Jones é um dos melhores, senão o melhor, recebedor de sua era. Ao longo da carreira o camisa 11 acumulou números que mostram isso.

Contudo, no setor ofensivo é possível obter um ataque prolífico com nomes sem badalação e dessa forma se manter competitivo.

Assim sendo, podemos verificar que na última temporada 16 WRs acumularam mais de 1.000 jardas e 15 recebedores anotaram 8 ou mais TDs durante o ano.

Evidentemente isso não significa que esses caras impactem o jogo de tantas formas quanto Julio Jones, porém mostra que no ataque as coisas fluem mais fácil.

Visto esses números, quantos CBs possuem a capacidade de limitar recebedores elite como Gilmore faz?

Decerto há uma minúscula lista de jogadores com essa característica na NFL atual, que provavelmente formam se tanto um Top 5.

Nos Pats, por exemplo, temos o ótimo JC Jackson como CB2. No entanto o camisa 27 foi exposto quando teve que enfrentar a nata entre os recebedores.

Já em outra amostragem do que vimos em 2020, Gilmore relegou DeAndre Hopkins a apenas 55 jardas, mostrando que é insubstituível.

Ademais, com uma hipotética saída do camisa 24 os Patriots teriam apenas JC como um CB confiável no plantel.

Com isso teríamos dificuldades contra diversas equipes da NFL que possuem 2 bons WRs, como Dolphins e Bills, por exemplo.

3 – QB ainda é uma incógnita em New England

Patriots: Cam Newton, Stephon Gilmore active for Week 6

Com toda a certeza o talento de Julio Jones é indiscutível. O WR é um pesadelo para qualquer defensor pelo combo que traz consigo.

Porém, devemos ponderar o importante “fator quarterback” quando falamos de um recebedor, não importa quem seja.

Dessa forma, temos que lembrar que New England provavelmente terá Cam Newton como titular na semana 1 mais uma vez.

Assim sendo, qual a garantia de que o signal caller terá a capacidade de alimentar seus recebedores com eficácia em 2020?

Nessa situação é esperado que Mac Jones atue somente caso Cam vá muito mal e, entrando na fogueira, também não sabemos como ele se sairá.

Já no caso de manter Gilmore – nesse hipotético cenário – teríamos a garantia de um pilar defensivo em campo, que ajudaria a amenizar um eventual desempenho ruim dos QBs.

Com isso é possível afirmar que diante de nossa atual situação entre os signal callers o CB seria uma certeza de sucesso muito maior hoje.

Gilmore vs Julio Jones à parte, o WR é bem-vindo

Evidentemente muitos podem discordar do que foi relatado acima, até por ser uma temática que aceita várias teses com facilidade.

No entanto é possível adquirir o WR sem envolver Gilmore e, dessa forma, seriam de longe os dois melhores jogadores de New England.

Belichick teria assim seu playmaker defensivo para auxiliar o pass rush e McDaniels seu WR HOF e, com isso, os Pats se tornariam um dos times mais perigosos da NFL.

Por isso, com toda a certeza, Belichick necessariamente tem que ao menos tentar incorporar o WR ao roster dos Pats.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.