Gronk merece: sua camisa 87 precisa ser imortalizada

gronk

O quão difícil é achar e se identificar com um ídolo atualmente? No futebol, casos como os de Rogério Ceni e Marcos são cada vez mais raros. Passar toda carreira vestindo as mesmas cores e, mais importante ainda, tendo sucesso durante a jornada é algo para pouquíssimos. Na NFL não é diferente. Conta-se nos dedos os atletas não-quarterbacks que defenderam apenas uma franquia.

Infelizmente, ontem, dia 24/03/19, mais um desses casos raros de amor eterno chegou ao fim dentro de campo, e ele merece ser homenageado à altura.

Gronk merece: sua camisa 87 precisa ser imortalizada

522 recepções, 7,861 jardas, 79 touchdowns, 5 Pro Bowls, 4 first-team All-Pros e 3 Super Bowls. E ainda é clutch, sendo o tight end com mais recepções, jardas e touchdowns na história dos playoffs. Só essas estatísticas já seriam argumentos suficientes para elencar Rob Gronkowski como um dos melhores recebedores de todos os tempos. Contudo, ele consegue ter um significado ainda maior.

Gronkowski foi a principal arma que o ataque dos Patriots já teve em toda sua história. Foram nove temporadas de um desequilíbrio absoluto. Adversários arrastados, tackles quebrados, bloqueios arrasadores e, sobretudo, spikes feitos na endzone. Sem mencionar no extracampo, com suas aventuras na offseason e entrevistas sempre bem humoradas, não podendo também esquecer as inúmeras ações para caridade.

Resultado de imagem para rob gronkowski cut hair cancer
Ano passado, Rob raspou seu cabelo para apoiar a fundação One Misson, que ajuda crianças que lidam com câncer.

Muito mais que um jogador fora de série, Gronk é uma pessoa espetacular. E isso pôde ser comprovado com as diversas homenagens que vem recebendo nas redes sociais. Todavia, para um atleta dessa grandeza, a gratificação tem que ser consoante. Tem que ser inédita.

Até agora, nenhum jogador dos Patriots, no século XXI, teve sua camisa aposentada. O caso mais recente foi do tackle Bruce Armstrong, que atuou de 1987 a 2000. Chegou a hora de mais um número entrar para eternidade: o 87.

Afinal, nunca haverá outro Rob Gronkowski. Atletas acima da média sempre existirão e passarão pelos Pats. Um dia, talvez, um tight end melhor que Gronk vista o manto Patriota. Entretanto, o valor e importância da cria de Arizona para a torcida de New England jamais será igualado.

Eu, e provavelmente você, caro leitor, nunca vi uma temporada dos Patriots sem Rob no plantel. Quando a de 2019 começar, não posso negar, vai ser estranho. Vai dar um vazio no peito, uma saudade. Um sentimento de “está faltando algo”, pois não é apenas um ótimo jogador que se aposentou, é um ídolo. E um ídolo se trata da melhor maneira possível, dando-lhe a imortalidade. Portanto, Patriots, é a hora de aumentar os números aposentados para 8, já que a #87 tem um dono vitalício: Robert Gronkowski.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.