Gunner Olszewski: Da segunda divisão, para o atual campeão

Gunner Olszewski New England Patriots

Nos últimos 16 anos ao menos um jogador que não foi escolhido no Draft, os chamados undrafted free agents, consegue uma vaga no elenco final do New England Patriots. Neste ano foram dois, Jakobi Meyers e Gunner Olszewski, que traz uma história muito legal para os Pats.

Kaleb Gunner Olszewski tem 22 anos, é o filho do meio de três irmãos e nasceu no estado do Texas, mais precisamente na cidade de Alvin, com 24 mil habitantes. Em sua cidade natal, ficou até terminar o colegial onde se formou na Alvin High School e jogou football e baseball .

Quando chegou a hora de ir para a faculdade, Olszewski foi para o estado de Minnesota, onde estudou e atuou como cornerback e retornador de punts na Bemidji State University, um time da segunda divisão do College Football.

Gunner atuando pela Bemidji State Beavers

Na segunda divisão, o cornerback conseguiu algum destaque. Foi escolhido como o novato do ano na região em sua primeira temporada e na última, como sênior, o melhor jogador defensivo na região e All American First Team da segunda divisão pela associação dos treinadores. Seus números na faculdade foram 310 tackles, 3 interceptações, 1.331 jardas combinadas e um touchdown de retorno de punt.

Esses números o levaram a ser convidado para o Pro Day da Universidade de Minnesota onde foi visto por um dos olheiros dos Patriots que o convidaram para participar dos OTAs na offseason.

Eu estava com a minha família fazendo bife para o jantar e recebi uma ligação dos Patriots. Eles falaram que tinham comprado uma passagem de avião para Boston em menos de 1 hora… acabei nem comendo bife aquele dia, sai correndo arrumar minhas coisas para estar naquele avião!

Assim que chegou em Boston já foi avisado que os planos eram de ele jogar como recebedor. O jogador não hesitou e nem quis questionar. Apenas aceitou a proposta.

Na sua carreira, chegou a atuar brevemente como recebedor no colegial e chegou até a receber um touchdown lançado pelo seu irmão mais velho. Mas uma mão quebrada terminou seus snaps no ataque até chegar na NFL.

Nos Patriots foi crescendo e ganhando espaço apesar do seu tamanho. Mas foi como retornador que Gunner Olszewski conseguiu se encaixar no time. Porém, tudo parecia perdido quando no sábado, por volta do meio dia, foi cortado do elenco.

Com uma esperança de conseguir uma vaga no practice squad de New England, Gunner ficou em Foxborough e foi assistir College Football na casa do punter Jake Bailey, até que cerca de 5 horas depois da primeira ligação, seu telefone tocou novamente.

Foi a melhor ligação da minha vida cara. Foi muito bom eu fiquei com um sorrisão na cara. Fiquei muito feliz por ter um emprego.

Faltando 15 minutos para a entrega da lista final, os Patriots trocaram o CB Keion Crossen para Houston e abriram uma vaga no elenco, que ficou para o então cortado atleta de Alvin, Texas.

Gunner fez questão de ligar para cada um da sua família para contar a novidade e principalmente para os dois irmãos, que fizeram dele um jogador de football.

Sabíamos que eles me fariam um jogador como o do Madden e jogariam um dia com o meu personagem. Esse sempre foi o nosso sonho. Eu tive que ligar para eles assim que eu soube.

Após usar a camisa 72 e a 9, Olszewski assumiu o número 80 dos Patriots para a temporada. Camisa que recentemente foi de Danny Amendola, mas que é eternizada pelo tri-campeão do Super Bowl Troy Brown, a quem o novato fez questão de pedir permissão para usar o número.

Gunner é o típico jogador de Bill Belichick. Desconhecido, que atua em diversas frentes e traz humildade e garra para dentro do campo. Nos resta torcer e presenciar tudo o que Kaleb fará para orgulhar ainda mais os seus irmãos e nos dar alegrias como torcedor.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem um comentário

  1. Torcendo por ele desde já !

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.