História ensina que os Patriots não devem menosprezar os Dolphins

Dolphins

Olhando para o que aconteceu na semana 1 da temporada 2019, somos levados a crer que o confronto entre Patriots e Dolphins no próximo domingo será extremamente desequilibrado em favor do time de New England.

Enquanto os Patriots atropelaram os Steelers na estreia, os Dolphins sofreram a maior “goleada” da rodada, perdendo por 59 x 10 para o Baltimore Ravens.

No entanto, o histórico da rivalidade entre as equipes de New England e Miami nos ensina que é bom ter prudência. Enfrentar os Dolphins fora de casa nunca é garantia de vitória.

História ensina que os Patriots não devem menosprezar os Dolphins

Miami, uma pedra no sapato dos Pats

Os Patriots têm sido um time tão dominante nas últimas décadas que nos acostumamos a ver a equipe vencer bem as diversas equipes da liga mesmo atuando fora de casa.

Um lugar, porém, parece ter uma força contrária que não permite aos Pats jogarem seu melhor football: Miami.

Geralmente não importa como esteja o time dos Dolphins, o confronto na Flórida sempre traz grandes dificuldades a Tom Brady e companhia.

Nas últimas seis viagens a Miami, os Patriots possuem uma vitória e cinco derrotas. A última delas na temporada passada, quando New England vencia até estouro do cronômetro e os Dolphins conseguiram milagrosamente a virada em uma jogada “de rugby”.

Nesses seis últimos jogos, os Pats marcaram em média 23 pontos por jogo, contra 25,3 dos Dolphins.

Em sua carreira, Brady tem mais vitórias em finais da conferência (9) que triunfos em Miami (7). São 6 Super Bowls contra 7 vitórias fora de casa contra os Dolphins. É incrível como a máquina emperra na Flórida.

Um dos motivos para esse mau retrospecto é o calor.

Quando a tabela da temporada é divulgada, uma das primeiras preocupações é saber se o confronto em Miami ocorre no começo da temporada, como este ano.

Em setembro, jogar na Flórida é certeza de um calor extenuante. A previsão para domingo é de 32º.

New England não tem tido sucesso contra ex-Patriots

Bill Belichick é para a maioria esmagadora dos que acompanham NFL o maior técnico da história do esporte. Diversos técnicos de sucesso têm visto ao longo dos anos suas pretensões de escrever o nome na história destroçadas pelos times do tio Bill.

No entanto, quando olhamos para times comandados por técnicos que já integraram os Pats, a coisa muda de figura, e os Patriots encontram dificuldades.

Só na última temporada o time de Foxborough perdeu duas partida para times comandados por ex-técnicos ou jogadores dos Patriots: Lions (Matt Patricia) e Titans (Mike Vrabel).

Além disso, nas duas últimas temporadas o time encontrou grandes dificuldades para vencer os Texans de Bill O’Brien, ex-coordenador ofensivo em New England.

Brian Flores, coordenador defensivo do time campeão do último Super Bowl, é o head coach em Miami.

Além de Flores, os Dolphins contam em sua comissão técnica com Chad O’Shea, Josh Boyer, Dave Deguglielmo e Jerry Schuplinski, todos ex-integrantes do coaching staff dos Patriots.

Será que o histórico de dificuldades contra as “crias” de Belichick vai continuar?


Fique por dentro da temporada dos Patriots acompanhando o Patriotas no Twitter e Instagram.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.