A Incerteza Da Posição De Quarterback nos Patriots

A Temporada 2019/2020 terminou para os Patriots na sua rodada de Wild Card, não foi uma grande surpresa tendo em vista o que o time apresentou no final da temporada regular, mas de qualquer forma, foi um duro golpe.

A temporada 2020/2021 da NFL ainda não começou oficialmente para os Patriots, mas já traz algumas preocupações: Quem será o Quarterback titular em New England para a temporada 2020/2021?

Dúvida Na Posição De Quarterback

A próxima temporada em Foxborough vai trazer muita dor de cabeça à Robert Kraft, Bill Belichick e cia, com uma lista longa de Free Agents, os Patriots precisarão se organizar, recontratar e/ou fazer contratações pontuais para suprir suas necessidades.

A posição de QB talvez seja uma das que mais preocupa, tendo em vista que nenhum dos lados (Patriots e Brady) deram alguma pista se há um futuro juntos. A data 18 de março de 2020 marca o fim do contrato do QB com a franquia que o draftou e devido à reformulação do seu contrato, os Patriots não poderão usar a Franchise Tag no jogador.

Toda e qualquer narrativa que tracemos nesse momento sobre o futuro de Brady na franquia seria meramente especulativa, tendo em vista de que não se há notícias concretas. Mas o nosso trabalho aqui é avaliar as opções do mercado de Quarterbacks para a próxima temporada.

Vale lembrar que não há como mensurar o impacto financeiro dessas contratações, então nosso papel aqui é listar nomes que possam ser interessantes.

Como não é possível abranger todos os Quarterbacks disponíveis, listamos aqui os principais nomes.

Para facilitar o entendimento, separamos em três categorias:

– QB’s provenientes do Draft;

– QB’s via Trade;

– QB’s Free Agents.

Quarterbacks Via Draft:

  • Joe Burrow:

O jogador de 23 anos do LSU Tigers teve uma grande ascensão nessa temporada, sendo a partida contra o Florida Gators o fator que o projetou a ser considerado um calouro de primeira rodada. O jogador conseguiu mostrar em campo atitude e liderança (características essenciais para um QB). Apesar do seu bom desempenho, Burrow ainda deixa uma dúvida: “Será que toda essa crescente foi apenas por um ano?”

  • Jacob Eason:

Produto da Universidade de Washington, o QB de 22 anos foi classificado pela Rivals como calouro cinco estrelas, durante a temporada 2018 não pôde atuar por conta das regras de elegibilidade de transferência da NCAA (ele saiu da Universidade de Georgia para Washington). Na temporada 2019 demonstrou bons números, um rating de 143,9.

  • Justin Herbert:

Participou essa temporada do Rose Bowl atuando pelo Oregon State, o jogador de 21 anos foi eleito o Offensive MVP e liderou a sua equipe a um recorde de 12-2. Alguns analistas o colocam como o QB #3 dessa classe, abaixo de Tua e Burrow.

  • Tua Tagovailoa:

Foi mais uma temporada difícil para um bom QB, mas que apresenta um histórico de lesões. No sexto jogo da última temporada do College contra Tennessee no início do segundo quarto, sofreu uma entorse no tornozelo. Realizou uma cirurgia no qual o afastou dos campos por três semanas. É considerado um QB de primeira rodada, mas dada a sua lesão, seu valor pode cair no Draft da NFL.

___________________________________________________________________________________________

Sendo bem realista, é pouco provável que na escolha #23 algum desses QB’s estará disponível, a única possibilidade seria se New England fizesse alguma trade up para suprir a necessidade da posição.

Quarterbacks Via Trade:

Pelo motivo citado acima, uma outra opção é realizar uma trade por picks no draft com times que tenham contrato com algum QB que os Patriots tenham interesse. Sendo assim, seguem alguns nomes:

  • Jacoby Brissett, Colts:

Um ex-Patriots que sabe como funcionam as coisas em Boston! Atualmente o jogador tem contrato com os Colts, mas pode ser uma opção para troca.

  • Gardner Minshew, Jaguars:

Estreou na NFL contra o Chiefs em setembro após Foles ter se lesionado no campo. Foi draftado pelos Jaguars na escolha #176 da sexta rodada do Draft de 2019.

  • Cam Newton, Panthers:

Esse talvez seja um dos mais improváveis, o QB de 30 anos se lesionou já na pré-temporada e durante alguns jogos, escondeu a gravidade da sua lesão, antes de ser inserido na lista dos jogadores que não retornariam para a temporada 2019/2020.

A verdade é que Newton não é mais considerados por muitos um quarterback de elite. O jogador tem contrato para pelo menos mais uma temporada nos Panthers.

  • Josh Rosen, Dolphins:

Esse talvez seja um dos nomes que alguns torcedores dos Patriots até cogitaram no time. Mas a temporada 2019/2020 foi mais uma de inconsistência do QB. Que em vários jogos não atuou ou foi subsistido por Fitzpatrick.

Rosen tem contrato para mais três temporadas com os Dolphins. Se especula que os Dolphins poderá fazer alguma troca envolvendo Rosen, pois muitos analistas colocam o time de Miami como um dos times que tem interesse em Tua Tagovailoa.

  • Alex Smith, Redskins

O quarterback se lesionou durante uma partida contra os Texans na temporada 2018/2019, ficou toda a temporada 2019/2020 fora dos campos e após 17 cirurgias se espera que Smith possa jogar próxima temporada.

O jogador de 35 anos seria uma aposta arriscadíssima, mas se retornar saudável, é mais um nome a ser considerado.

Quarterbacks Free Agents:

Aqui listamos os quarterback que não possuem nenhum contrato com nenhuma franquia, logo os Patriots não precisaria trocar nenhuma pick do draft. Nessa lista se deve levar mais em consideração Custo x Beneficio.

  • Tom Brady;
  • Teddy Bridgewater;
  • Andy Dalton;
  • Marcus Mariota;
  • Philip Rivers;
  • Ryan Tannehill.

Claro que também não podemos esquecer da nossa escolha #133 da quarta rodada do Draft de 2019. Mas será que o calouro daria conta de substituir o G.O.A.T.?

E você torcedor Patriota, o que acha das opções de New England? Deixe sua opinião nos comentários abaixo e continuem acompanhando a equipe Patriota nas redes sociais TwitterFacebook e Instagram para mais informações.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem um comentário

  1. Pensamentos sobre TB12:
    1) passa pela cabeça dele provar que é um jogador acima dos Patriots, coisa que Joe Montana tentou. Assim, ele sairia para ganhar ao menos um titulo em outro time. Mas isso depende de um time em condições de ganhar. Manning conseguiu.
    2) já para o time, não valeria a pena manter TB12, pois é claro o seu declínio. O interessante seria começar a reconstrução do time com um QB veterano para fazer a transição, pois Brady não aceitaria esse papel. Tal QB poderia ser Dalton ou Bridgewater. Um QB do draft aprendiz.
    3) TB12 só ficaria no time, e BB concordar, se tiverem jogadores capazes de ganhar títulos, coisa que não serve no ataque esse ano. A saída de Gronk foi negligenciada. Se a defesa mantiver o nível, um RB de porte (Sony Michel não rompe tackles), um jogo terrestre potente.
    4) em resumo, existem mais condições hoje para a saída de TB12 do que o contrário. Tanto para ele como para o time. Os Patriots são maiores que Brady (isso não é heresia), e não vão se sujeitar a algo como os Lakers fizeram com Bryant e sua turnê de despedida.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.