Jordan Richards, draft reach?

Na segunda rodada do Draft 2015, o New England Patriots selecionou, para surpresa de muitos, Jordan Richards, safety vindo da Universidade de Stanford.

A seleção surpreendeu pelo fato de que os analistas achavam que Richards só seria escolhido no 3º dia do draft, ou seja, após o 3º round. Tratar-se-ia do chamado “reach”, como é chamado quando um time utiliza uma escolha valiosa para selecionar um jogador que provavelmente estaria à disposição em rounds mais adiante no draft.

Após a escolha, torcedores e analistas partiram para tentar entender porque Bill Belichick havia utilizado uma escolha de segundo round com Jordan Richards. Descobriram que o que levou BB a selecionar o safety não foi sua força, tamanho ou velocidade, mas a inteligência, o conhecimento do jogo.

Embora muitos questionem a seleção, uma pessoa apoia totalmente a escolha de Belichick: Duane Akina, coordenador defensivo da Universidade de Stanford e ex-técnico de Richards. Recentemente Akina concedeu entrevista ao repórter Christopher Price, e nela elogiou bastante o novo safety dos Patriots.

hi-res-58f10b9cec1e909762612d0954a09510_crop_north

Jordan Richards, por Duane Akina

Duane Akina tem mais de 30 anos de experiência como técnico de defesa, tendo trabalhado nas universidades de Hawaii, Arizona, Texas e Stanford.

Nesse período, vários jogadores de renome na NFL já foram trabalhados por ele, como é o caso do ótimo safety do Seattle Seahawks Earl Thomas.

Akina treinou Jordan Richards por um ano, e acredita que ele tem o necessário para alcançar o nível de Thomas:

“Na minha primeira semana aqui, quando eu estava conhecendo as coisas, eu ouvi muito sobre ele. Eu assisti 12 jogos, e tive uma impressão do quão bom ele era e quão importante ele era para a defesa. Eu descobri rapidamente que se Jordan fizesse uma chamada defensiva e outra pessoa achasse que deveria ser uma chamada diferente, nós deveríamos fazer o que Jordan disse.”

Após pouco tempo juntos, Akina descobriu que podia confiar em Richards para tomar conta de sua defesa dentro de campo:

“Eu fiz questão de que ele fizesse todas as chamadas defensivas. Chegou a um ponto na sala de reuniões que eu fazia uma pergunta aos jogadores, e imediatamente eu dizia ‘Jordan, não diga nada’, porque todo mundo já esperava que ele respondesse.”

Jordan Richards fez parte da seleção da conferência Pac 12 em 2014. Em quatro anos em Stanford, o safety disputou 54 jogos, com 152 tackles, 1 sack e 9 interceptações.

No entanto, por não ser um jogador tão alto ou forte, Richards caiu nas previsões do draft, ficando atrás de outros jogadores de secundária.

Perguntado sobre se a escolha no 2º round foi um “reach”, Akina respondeu:

“Ele foi selecionado exatamente onde eu achei que seria. Eu achei que ele seria escolhido no 2º ou 3º round. As pessoas não fazem ideia. Todos querem medir os jogadores por altura ou velocidade, e algumas medidas são importantes. Mas ao mesmo tempo, se você entender que Jordan não corre as 40 jardas em 4,37 segundos como Earl Thomas, tudo bem, mas você tem que entender que ele compensa essa velocidade com seu intelecto”.

usa-today-8402074.0

Questionado sobre jogadores da NFL a quem Jordan Richards poderia ser comparado, Duane Akina deu uma resposta surpreendente:

“Eu igualo Jordan a Tedy Bruschi, com quem trabalhei na Universidade de Arizona. Tedy era pequeno e lento, e veio de Arizona. Mas se tornou um grande profissional por conta de coisas que você não pode medir.”

O que esperar de Jordan Richards em New England, jogando no sistema de Bill Belichick? Para Duane Akina, os torcedores dos Patriots não precisam se preocupar:

“Em um sistema como o de New England que exige muito dos safeties e da sua habilidade de fazer a escolha certa no momento certo, você simplesmente não consegue sair e achar caras como Jordan. Você simplesmente não acha caras que façam jogadas ou que tenham a capacidade de tomar decisões que ele tem. Eu treinei alguns safeties ao longo dos anos, e eu acho que todos em New England ficarão satisfeitos com Jordan.”

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.