Julio Jones nos Patriots: é possível? O que custaria?

julio jones

Um possível troca pelo wide receiver Julio Jones tem sido o assunto do momento.

O que isso custaria para o New England Patriots? O que a vinda de Julio Jones traria para o New England Patriots?

Essas e outras questões serão levantadas e respondidas a seguir.

Julio Jones nos Patriots: é possível? O que custaria?

Ao passo que o New England Patriots está trabalhando nas OTAs e teve o primeiro treino aberto para a imprensa na quinta-feira, outro assunto envolvendo o time está quente.

O wide receiver Julio Jones informou ao seu time, Atlanta Falcons, que deseja ser trocado.

Além disso, segundo alguns repórteres, Jones teria dito que gostaria de jogar com Cam Newton. Ou seja, o New England Patriots é um destino almejado.

No tocante ao New England Patriots, a recíproca é verdadeira!

O time tem se mostrado bastante interessado em adquirir Julio Jones e muitas conversas internas têm movimentado o staff do time.

Mas afinal, quanto Julio Jones custaria para os Patriots? Do que o time teria que abrir mão?

Quanto vale Julio Jones?

Primeiramente é importante dizer que não estamos falando de uma troca cotidiana na NFL.

Não é normal vermos um time trocar uma de suas maiores estrelas e, além disso, um dos maiores recebedores da liga na atualidade.

Na liga desde 2011, Julio Jones ficou entre os três maiores recebedores de jardas da liga de 2014 a 2019, sendo que em 2015 e 2018 Jones foi o líder de de jardas recebidas da NFL.

Posto isso, estamos falando de um jogador que não custará barato.

Alguns jornalistas que acompanham de perto o New England Patriots já fizeram especulações.

Por exemplo, Mike Reiss da ESPN disse que o time poderia negociar uma escolha de segundo round de 2022 e o quarterback Jarrett Stidham.

Reiss ainda explicou que o New England Patriots poderia reestruturar o contrato de Julio Jones, convertendo parte de seu salário base de US$ 15,3 milhões em bônus de assinatura.

Já Jeff Howe, do The Athletic, especulou para uma troca envolvendo o WR N’Keal Harry e uma escolha condicional do terceiro round do Draft de 2022, que poderia virar de segundo round se Jones jogar 15 partidas em 2021.

Pois bem, são especulações.

Uma troca semlhante seria a de DeAndre Hopkins entre os Texans e os Cardinals, onde os Texans receberam uma escolha de segunda rodada do Draft de 2020 – acabou sendo a #40, uma de quarto round do Draft de 2021 e um RB.

Contudo, o general manager do Atlanta Falcons não é tão ingênuo. Ou se espera que não seja.

O Atlanta Falcons estaria pedindo uma escolha de primeira rodada e tem time disposto a dar, segundo Diana Russini da ESPN.

Para o New England Patriots uma escolha de primeiro round não é interessante, principalmente pela fase de reconstrução que o time está vivendo.

Além disso, Julio Jones já não é mais jovem. Atualmente com 32 anos, o WR sofreu uma lesão no posterior da coxa na temporada passada que o deixou de fora de 7 jogos.

Ou seja, ainda que seja um jogador de alto nível, a idade chega e pode acarretar em um certo declínio.

Julio Jones vale a pena?

A resposta é óbvia: sim! Mas pelo preço justo.

Como dito em linhas pretéritas, N’Keal Harry poderia ser um nome envolvido em uma possível negociação de Jones.

Isto porque além da possível vinda de Julio Jones dificultar ainda mais a vida de Harry na briga para ser o WR1 ou mesmo um WR de confiança, tem ainda outra questão.

Desenvolver wide receivers novatos tem sido uma grande questão para Bill Belichick. O maior exemplo disso é o próprio N’Keal Harry.

Escolha do primeiro round de 2019, seja pela lesão que infelizmente sofreu em 2019, seja por não estar sendo utilizado da forma como era acostumado a jogar no College, Harry não entrega um bom jogo em campo.

Assim, trazer um wide receiver tão experiente, seria um bom negócio para o New England Patriots. Tal qual como foi a vinda de Randy Moss em 2007.

O destino de Jones deve ser revelado em breve

A troca de Julio Jones tem boas chances de acontecer no final desta semana.

Isso porque 1º de junho, dentre outras coisas, é o prazo final que determina quanto de bônus não pago se acelera no cap do time e impactará no cap disponível.

Em outras palavras, no caso de Julio Jones, o jogador tem como bônus 36 milhões de dólares a ser recebido até 2023 e dos quais o Atlanta Falcons já pagou US$ 12,75 milhões entre 2019 e 2020.

Caso Jones seja trocado até 1º de junho, os US$ 23,25 milhões restantes que o jogador tem direito a receber seriam cobrados de maneira adiantada e o dead money da equipe seria muito alto.

Deste modo, efetuando a troca após o dia 1º de junho, os Falcons ganham um prazo a mais para lidar com esse bônus, pois teriam que pagar cerca de US$ 7,75 milhões em 2021 e teriam um período maior de tempo para amortizar os US$ 15,3 milhões restantes.

A despeito de a vinda de Jones poder acarretar consequências em outras posições na equipe, a troca é plenamente capaz de se concretizar.

Os Pats têm condições de acomodar o salário base de Julio Jones no cap, embora teriam que fazer transações mais simples para ter uma “reserva” pro decorrer da temporada, e o interesse é mútuo. Os Falcons estão dispostos a ouvir a proposta do New England Patriots.

______________________________________________________________________________

Siga o Patriotas no Twitter e no Instagram.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.